Os 10 mandamentos dos novos guias de infarto com ST da ESC

Los 10 mandamientos de las nuevas guías de infarto con ST de la ESC

Os autores elaboram um editorial e um resumo muito aprazível dos pontos mais importantes e das diferenças entre os novos guias de infarto com supradesnivelamento do segmento ST e os anteriores de 2014. A enumeração do mais importante em 10 pontos à imagem dos “mandamentos” faz com que valha a pena uma leitura rápida, proposta bem diferente da sempre maçante tarefa de ler um guia completo.
Los 10 mandamientos de las nuevas guías de infarto con ST de la ESC

1) Os sistemas de emergências devem poder antecipar o tempo entre o diagnóstico de infarto e a reperfusão mediante angioplastia primária para que seja possível escolher a melhor estratégia de reperfusão. Se o tempo de demora vai ser ≤ 120 minutos deve-se encaminhar o paciente diretamente a angioplastia primária e se a demora vai ser superior ao tempo referido acima, deve-se realizar a imediata fibrinólise (dentro dos 10 minutos de realizado o diagnóstico) e, de qualquer forma, transferir o paciente a um centro com capacidade de angioplastia.


Leia também: Novos guias de Hipertensão Arterial”.


2) Os sobreviventes de uma parada cardíaca que evidenciam supradesnivelamento do segmento ST no ECG pós-reanimação devem ser submetidos a angioplastia primária. Nos casos em que não for observado supradesnivelamento do ST mas houver uma suspeita de que a parada cardíaca foi de causa isquêmica deve-se realizar uma angiografia dentro das 2 horas depois de terem sido excluídas o mais rapidamente possível as causas não coronarianas.

 

3) O oxigênio só está recomendado para aqueles pacientes com uma saturação arterial < 90%.

 

4) A angioplastia primária inclui a reperfusão dentro dos 90 minutos do diagnóstico, a utilização do acesso radial como rotina e a utilização de stents farmacológicos (DES) como rotina. Também está prevista a administração prévia de aspirina e prasugrel/ticagrelor e anticoagulação com heparina não fracionada.


Leia também: FOURIER: pacientes com doença vascular periférica ou infarto prévio se beneficiam do tratamento com Evolocumab”.


5) A fibrinólise deve ser realizada com um agente fibrino-específico. Deve ser administrada aspirina e clopidogrel e anticoagulação com enoxaparina. Em pacientes com ≥ 75 anos deve ser ajustada a dose de tenecteplase e a carga de clopidogrel. Mesmo que a reperfusão seja bem-sucedida, a angiografia de rotina está indicada entre as 2 e as 24 horas após a administração do bólus de lítico.

 

6) Os pacientes devem ser monitorados por ao menos 24 horas após a reperfusão. A deambulação precoce e a alta precoce são a melhor opção em pacientes sem complicações.

 

7) Um ano de dupla antiagregação plaquetária (aspirina mais prasugrel ou ticagrelor) é o padrão. Em pacientes com alto risco de sangramento é possível considerar apenas 6 meses e continuar somente com aspirina. Há controvérsias, mas naqueles pacientes que toleraram bem um ano de dupla antiagregação e apresentaram um alto risco isquêmico pode-se considerar estender o tempo de dupla antiagregação em até 3 anos.


Leia também: DACAB: o ticagrelor e a aspirina melhoram a perviedade das pontes venosas”.


8) Devem ser indicadas precocemente altas doses de estatinas visando a um LDL < 70 mg/dl. Caso esta meta não seja alcançada deve-se considerar o acréscimo de outro hipolipemiante.

 

9) Aqueles pacientes com infarto e coronárias normais comumente chamados MINOCA pelo acrônimo em inglês Myocardial Infarction With no Obstructive Coronary Aterosclerosis devem ser submetidos a estudos diagnósticos adicionais para identificar a etiologia e adequar a terapêutica que pode ser diferente da do infarto típico.

 

10) É importante estabelecer indicadores e auditar a prática para melhorar os resultados nos pacientes da vida real. Esta é a única maneira de reduzir a brecha entre as recomendações baseadas na evidência e a prática diária.

 

Título original: ‘Ten Commandments’ of the 2017 ESC STEMI Guidelines.

Referência: Borja Ibanez y Stefan James. Eur Heart J. Volume 39, Issue 2, 7 January 2018, Pages 83.

 

Descargar (PDF, Unknown)

“]


Gostaria de receber um resumo semanal com os últimos artigos científicos?








Sua opinião nos interessa. Pode deixar abaixo seu comentário, reflexão, pergunta ou o que desejar. Será mais que bem-vindo.

Authors

*

Top