Cardiopatia crónica articles

El FFR ahorra síntomas a los pacientes y costos a los financiadores de salud

O FFR representa uma diminuição de sintomas para os pacientes e uma redução de custos para os financiadores da saúde

O FFR representa uma diminuição de sintomas para os pacientes e uma redução de custos para os financiadores da saúde

Estudos prévios que guiaram a revascularização exclusivamente com a angiografia constataram que a angioplastia coronariana não melhora significativamente os resultados quando comparada com o tratamento médico ótimo em pacientes com angina crônica estável. O estudo FAME 2 (Fractional Flow Reserve Versus Angiography for Multivessel Evaluation) comparou a angioplastia guiada por fluxo fracionado de reserva (FFR)

FFR no invasivo: la tomografía evoluciona de la anatomía a lo funcional

FFR não invasivo: a tomografia evolui da anatomia ao funcional

Mais de 4 milhões de pacientes com angina crônica estável se submetem a um estudo diagnóstico por suspeita de doença coronariana nos Estados Unidos. A maioria desses estudos são funcionais e podem conduzir a uma coronariografia invasiva seguida de revascularização. A tomografia surgiu como uma alternativa graças a sua precisão diagnóstica para excluir doença coronariana (valor

Doble puente mamario para reducir la chance de nuevas revascularizaciones

Dupla ponte mamária para reduzir a chance de novas revascularizações

De acordo com estudos prévios, os pacientes que recebem ponte mamária bilateral na cirurgia de revascularização miocárdica têm uma melhor sobrevida que aqueles que recebem somente uma ponte mamária. Não está claro nesses estudos a que se deve dita melhor sobrevida, e muito menos se realmente há uma redução da taxa de revascularizações repetidas. Esta análise comparou

La complejidad de la angioplastia puede definir el tiempo de doble antiagregación

A complexidade da angioplastia pode definir o tempo de dupla antiagregação

O estudo DAPT concluiu que continuar com uma tienopiridina mais aspirina para além de um ano após uma angioplastia coronariana se associa a uma diminuição da taxa de trombose do stent e dos eventos cardiovasculares maiores. No entanto, dito procedimento tem como contrapartida um aumento significativo do sangramento moderado ou severo quando comparada a continuar somente com

tricss-compressor (1)

TRICS III: a transfusão restritiva foi não inferior à liberal em pacientes submetidos a cirurgia cardíaca

Um grande estudo conduzido em 19 países demonstrou que a política restritiva com as transfusões de glóbulos vermelhos durante a cirurgia cardíaca é tão efetiva e segura quanto uma política mais liberal. O TRICS III incluiu 5.243 pacientes e foi apresentado nas sessões científicas do congresso da American Heart Association (AHA) e publicado simultaneamente no New England

FAME 2 a 3 años: mejores resultados con angioplastia y a un costo similar que el tratamiento médico

TCT 2017 | FAME 2 em 3 anos: melhores resultados com angioplastia e a um custo similar ao tratamento médico

Gentileza da SBHCI. A angioplastia em pacientes com angina crônica estável e lesões coronarianas funcionalmente significativas melhora os resultados clínicos e a qualidade de vida a longo prazo quando comparada com o tratamento médico ótimo unicamente. Além disso, a estratégia invasiva se torna cada vez mais custo-efetiva à medida que os anos passam. Previamente o FAME

TCT 2017 | ORBITA: el efecto placebo de la angioplastia

TCT 2017 | ORBITA: o efeito placebo da angioplastia

Gentileza da SBHCI. Os pacientes com angina crônica estável e lesões coronarianas severas que recebem angioplastia de um vaso não mostram melhores resultados em termos de sintomas e capacidade de exercício que aqueles que recebem um procedimento placebo “sham procedure”, conforme os resultados deste trabalho apresentado no TCT e publicado simultaneamente na Lancet. O curioso

HREVS: la revascularización híbrida no ofrece ventajas en la enfermedad de múltiples vasos

HREVS: a revascularização híbrida não oferece vantagens na doença de múltiplos vasos

Gentileza da SBHCI. A revascularização híbrida, que combina a cirurgia de bypass com a angioplastia, falhou em reduzir a quantidade de isquemias miocárdicas e os eventos cardiovasculares maiores quando comparada com a cirurgia de revascularização miocárdica ou a angioplastia por separado. No entanto, este pequeno trabalho não dá uma resposta definitiva e são necessários estudos randomizados com o

Fentanilo en la angioplatia: ¿Cuál es el precio de un mayor confort en el procedimiento?

Fentanil na angioplastia: qual é preço de um maior conforto no procedimento?

O fentanil é um potente opiáceo comumente administrado na sala de cateterismo. Recentemente surgiram perguntas sobre a segurança dessa droga, já que investigações recentes demonstraram que a administração de morfina intravenosa retarda significativamente a absorção dos inibidores orais do receptor P2Y12. O mecanismo poderia ser uma demora do esvaziamento do estômago. O estudo Platelet Aggregation

Frecuencia y evolución de la perforación cardíaca en CRM previa

Frequência e evolução da perfuração cardíaca em pacientes com CRM prévia

Gentileza do Dr. Carlos Fava. A perfuração coronariana (PC) é muito pouco frequente (≈0.4%), já que pode se associar a complicações severas com risco de morte. Usualmente, esse procedimento tem se relacionado com pacientes com cirurgia de revascularização miocárdica (CRM) prévia. No entanto, dito grupo costuma apresentar menos tamponamento cardíaco, devido à fibrose do pericárdio

Se rompe el mito de la isquemia silente en los diabéticos

Cai o mito da isquemia silente nos diabéticos

Os pacientes com diabetes mellitus geralmente apresentam uma doença coronariana mais difusa, uma progressão mais rápida das lesões e um maior risco de reestenose após uma angioplastia coronariana. Para além disso, o grau em que essas diferenças anatômicas se traduzem em uma clínica diferente com relação aos pacientes não diabéticos não é um tema dilucidado.

Top