PRISON IV: DES com polímero absorvível vs. DES com polímero permanente em oclusões totais

Gentileza da SBHCI

PRISON IV: DES com polímero absorvível vs. DES com polímero permanente em oclusões totaisO estudo PRISON IV comparou o stent farmacológico eluidor de sirolimus com struts ultrafinos e polímero biodegradável com o stent de segunda geração eluidor de everolimus e polímero permanente em recanalizações de oclusões totais crônicas. O presente trabalho é um subestudo com tomografia de coerência ótica (OCT).

 

O estudo incluiu 330 pacientes, dos quais 85% foram seguidos com angiografia em 9 meses. Além disso, 60 desses pacientes foram avaliados com OCT.

 

A área luminal mínima, a área mínima do stent, a área neointimal máxima e a espessura neointimal foram similares entre os dois dispositivos. A porcentagem de struts descobertos foi significativamente maior para o stent eluidor de everolimus (p = 0,04), enquanto que a porcentagem de struts mal posicionados foi maior para o stent eluidor de sirolimus (p = 0,004).

 

Conclusão

Este subestudo com OCT em pacientes que receberam angioplastia em uma oclusão total crônica mostrou uma melhor cobertura de struts para o stent ultrafino com polímero degradável eluidor de sirolimus, ainda que simultaneamente se tenha observado um maior grau de aposição neste dispositivo.

 

Gentileza da SBHCI.

 

Dr. Koen Teeuwen

Dr. Koen Teeuwen.

Título original: Optical coherence tomography findings: insights from the “randomized multicenter trial investigating angiographic outcomes of hybrid sirolimus-eluting stents with biodegradable polymer compared with everolimus-eluting stents with durable polymer in chronic total occlusions” (PRISON IV) trial.

Apresentador: Koen Teeuwen.

 

 

Descargar (PDF, Unknown)


Gostaria de receber um resumo semanal com os últimos artigos científicos?








Sua opinião nos interessa. Pode deixar abaixo seu comentário, reflexão, pergunta ou o que desejar. Será mais que bem-vindo.

*

Top