Novo dispositivo para ter maior proteção na angioplastia carotídea

Este novo sistema chamado “Paladin” para pós-dilatar durante a angioplastia carotídea foi seguro e pôde efetivamente diminuir o número de partículas que alcançam o cérebro com a conseguinte diminuição do risco de AVC periprocedimento.

Nuevo dispositivo para tener mayor protección en la angioplastia carotídeaEste trabalho avaliou a segurança e eficácia do sistema Paladin, um novo balão de pós-dilatação integrado a um filtro de proteção distal desenhado para aumentar a segurança durante um dos momentos mais críticos do procedimento: a pós-dilatação.

 

Embora o risco de eventos maiores seja equivalente entre a endarterectomia e a angioplastia, devemos reconhecer que a angioplastia apresenta maior quantidade de AVC menores, e a maioria deles ocorre no momento da pós-dilatação.

 

Incluíram-se 106 pacientes em 5 centros da Alemanha com um desfecho de morte por qualquer causa, infarto agudo do miocárdio e AVC durante os 30 dias após a realização do procedimento.


Leia também: Efeito de uma angioplastia carotídea expeditiva sobre os eventos recorrentes.


De toda a coorte, 30 pacientes foram avaliados com uma ressonância com difusão antes e depois do procedimento, buscando novas lesões.

 

Foi feita uma análise retrospectiva com relação aos controles históricos.

 

O sucesso do procedimento e do dispositivo foi de 100%. A taxa de eventos combinados (morte, infarto e AVC) no momento da alta e nos 30 dias posteriores ao implante foi de 0% e de 1%, respectivamente.


Leia também: Segurança da angioplastia carotídea precoce em pacientes sintomáticos.


Este único evento foi um AVC que ocorreu no 12º dia e acredita-se que não teve relação com o dispositivo ou com o procedimento.

 

Novas lesões foram observadas na ressonância com difusão em 36,7% dos pacientes. Dentre elas, 30% foram ipsilaterais.

 

Em todos os filtros foram encontrados detritos e em 90% estas partículas foram < 100 µm.

 

Conclusão

O sistema Paladin para pós-dilatar com maior proteção após implantar o stent em uma angioplastia carotídea é efetivo e poderia reduzir o número de partículas que se embolizam, com a seguinte redução dos AVC periprocedimento.

 

Título original: Double Filtration During Carotid Artery Stenting Using a Novel Post-Dilation Balloon With Integrated Embolic Protection.

Referência: Ralf Langhoff et al. J Am Coll Cardiol Intv 2019;12:395–403.


Gostaria de receber um resumo semanal com os últimos artigos científicos?








Sua opinião nos interessa. Pode deixar abaixo seu comentário, reflexão, pergunta ou o que desejar. Será mais que bem-vindo.

*

Top