A importância da etiologia da insuficiência mitral

Gentileza do Dr. Carlos Fava.

A etiologia da insuficiência mitral (IM) pode ser primária, orgânica ou degenerativa e secundária ou funcional. Estas duas entidades apresentam uma fisiopatologia diferente. A estratégia para seu tratamento é diferente e na atualidade a terapia edge-to-edge com MitraClip surge como uma alternativa válida nos pacientes de alto risco.

TAVI en bajo riesgo con “cero” mortalidad y “cero” strokeAnalisaram-se 943 pacientes com IM e alto risco cirúrgico. Aduziram-se causas funcionais (FMR) a 668 deles e causas degenerativas (DMR) a 275.

 

Os pacientes com FMR apresentaram uma idade média de 72 anos, EuroSCORE II de 7,4 e fração de ejeção de 33%.

 

365 pacientes receberam MitraClip, outros 95 foram submetidos a cirurgia (na maior parte dos casos, de reparação valvar) e os 228 restantes receberam tratamento médico.


Leia também: TCT 2018 | REDUCE-FMR: Anuloplastia indireta em insuficiência mitral secundária.


Os grupos exibiram diferenças. Aqueles que receberam MitraClip eram mais idosos em comparação com o grupo submetido a cirurgia mas de idade similar ao grupo que recebeu tratamento médico. Entretanto, o escore de risco e as comorbidades foram maiores que nos outros dois grupos.

 

No MitraClip o procedimento foi bem-sucedido em 97% dos casos.

 

Foi feito um propensity score match e Coxx regression para homogeneizar os grupos.


Leia também: TCT 2018 | COAPT: MitraClip em pacientes com insuficiência mitral secundária.


No seguimento de 3 anos o tratamento médico apresentou maior mortalidade em comparação com o MitraClip (hazard ratio [HR] 1,79, 95% confidence interval [CI]: 1,34 a 2,39; p < 0,001). Por outro lado, não houve diferenças entre a cirurgia e o MitraClip (HR 0,86, 95% CI: 0,54 a 1,38; p = 0,541).

 

Nas DMR não houve diferenças significativas entre as diferentes estratégias.

 

Conclusões

Em pacientes de alto risco com FMR o MitraClip mostrou uma redução da mortalidade em comparação com o tratamento médico.

 

Gentileza do Dr. Carlos Fava.

 

Título original: Impact of mitral valve treatment choice on mortality according to etiology.

Referência: Friso Kortlandt, et al. EuroIntervention 2019;14:1733-1739.


Gostaria de receber um resumo semanal com os últimos artigos científicos?








Sua opinião nos interessa. Pode deixar abaixo seu comentário, reflexão, pergunta ou o que desejar. Será mais que bem-vindo.

*

Top