ESC 2020 |O ticagrelor pode aumentar os sangramentos e a mortalidade em idosos

Na comparação entre o ticagrelor e o clopidogrel, o primeiro gera mais sangramentos e inclusive uma maior mortalidade em pacientes idosos de mais de 80 anos que cursaram um infarto agudo do miocárdio recentemente. 

ESC 2020 |El ticagrelor puede aumentar los sangrados y la mortalidad en añosos

Ao contrário do que foi observado na população geral, estes dados do registro SWEDEHEART em pacientes pós-infarto com mais de 80 anos mostram um maior sangramento e uma maior mortalidade com ticagrelor que com clopidogrel. 

Os achados deste registro foram apresentados no Congresso da ESC 2020 e simultaneamente publicados no Circulation. Os números exibidos vão na mesma linha do POPular AGE, no qual o clopidogrel mostrou ser superior aos antiagregantes mais potentes em pacientes de mais de 70 anos cursando uma síndrome coronariana aguda sem supradesnivelamento do segmento ST. 

O registro SWEDEHEART incluiu 14.005 pacientes pós-infarto (31,6% com supradesnivelamento do ST) com 80 anos ou mais. A maioria dos pacientes (60,2%) recebeu alta com clopidogrel, mas a partir da introdução do ticagrelor, em 2012, foi aumentando a indicação até alcançar 72,5% em 2017.


Leia também: ESC 2020 | A rivaroxabana pode reduzir os eventos cardíacos, cerebrais e periféricos.


Após um ano de seguimento os pacientes que receberam ticagrelor apresentaram menos eventos isquêmicos (infartos ou AVCs) mas aumentaram sua mortalidade e hospitalizações por sangramento. 

Este risco superou o benefício em eventos isquêmicos inclinando o benefício clínico líquido a favor do clopidogrel nos idosos de 80 anos ou mais. 

Para a população com menos de 80 anos a balança entre isquemia e sangramento ficou equilibrada sem ter sido observado um benefício clínico a favor de nenhuma droga (HR 0,95; IC 95% 0,89-1,01). 


Leia também: ESC 2020 | Infarto agudo e anemia: a transfusão é necessária?


Estes resultados contrastaram com os do estudo PLATO, no qual não foi observada interação entre o a idade e o tratamento. Sempre vemos este tipo de diferenças entre uma população selecionada mais rigorosamente de um estudo clínico e uma população da “vida real” nos registros. 

A seleção ótima de um inibidor do receptor P2Y12 (ticagrelor, doses baixas de prasugrel ou clopidogrel) em pacientes idosos que cursaram um infarto do miocárdio pode ser desafiante e existem múltiplos fatores que devem ser levados em consideração. 

Descargar (PDF, Unknown)

Título original: Comparison between ticagrelor and clopidogrel in elderly patients with an acute coronary syndrome: insights from the SWEDEHEART registry.

Referência: Szummer K et al. Circulation. 2020; Epub ahead of print y presentado en el congreso de la ESC 2020.


Gostaria de receber um resumo semanal com os últimos artigos científicos?

Sua opinião nos interessa. Pode deixar abaixo seu comentário, reflexão, pergunta ou o que desejar. Será mais que bem-vindo.

*

Top