Válvula Aórtica articles

El alta en el mismo día luego de una angioplastia coronaria es cada vez más popular pero todavía no es regla

Alta no dia seguinte pós-TAVI: a segurança é a mesma para todas as válvulas?

Alta no dia seguinte pós-TAVI: a segurança é a mesma para todas as válvulas?

Há evidência (ainda relativamente escassa) de que parece seguro dar alta no dia seguinte aos pacientes que recebem a válvula balão expansível e que cumpram com certas condições. O mesmo ainda não estava escrito para uma válvula autoexpansível. Este trabalho agrega algo de informação para este último tipo de válvula quando a estratégia foi minimalista

Endocarditis y TAVI, una complicación rara pero devastadora

Endocardite e TAVI, uma complicação rara mas devastadora

O lado bom desta notícia é que a incidência da endocardite pós-TAVI não é maior que após a cirurgia segundo este trabalho recentemente apresentado no EuroPCR 2019 realizado em Paris. Existe muita evidência que descreve incidência, prognóstico, fatores de risco, etc. da endocardite após uma cirurgia de troca valvar a céu aberto. No entanto, sabemos

valve in valve

Valve-in-Valve com a prótese autoexpansível: o que ocorre com os gradientes após um ano?

As biopróteses cirúrgicas degeneradas podem ser tratadas com sucesso com a CoreValve ou a CoreValve Evolut com a técnica “valve-in-valve”. Os resultados clínicos e hemodinâmicos após um ano são excelentes e foram alcançados em uma população não selecionada da prática clínica habitual, isto é, do “mundo real”. O registro VIVA (Valve-in-Valve), realizado em 23 centros,

A presença de hipertensão pulmonar não deve contraindicar o TAVI

Na maioria dos pacientes que apresentam estenose aórtica severa e hipertensão pulmonar, o implante percutâneo da valva aórtica (TAVI) reduziu os valores sistólicos de pressão pulmonar. Aqueles pacientes cujos valores de pressão pulmonar se reduziram após o TAVI apresentaram menor risco e menor mortalidade por qualquer causa a curto, médio e longo prazo. De posse

TAVI en bajo riesgo de moda en todas las publicaciones

TAVI em baixo risco em voga em várias publicações

O implante percutâneo da valva aórtica em pacientes de baixo risco com estenose aórtica severa sintomática parece seguro após um ano. No seguimento tomográfico pôde-se observar somente uma minoria com engrossamentos com hipoatenuação das valvas após 30 dias, embora os mesmos não tivessem um impacto hemodinâmico a longo prazo. Cabe recordar que ainda não temos

Estenosis aórtica severa asintomática en añosos: ¿cuándo intervenir?

Quando 80 parece o ponto de corte para indicar o TAVI, 90 poderia ser a contraindicação?

Segundo este grande registro global, a mortalidade após o implante percutâneo da valva aórtica (TAVI) é duas vezes superior nos nonagenários em comparação com o grupo “mais jovem” (de menos de 90 anos) apesar da menor prevalência de comorbidades basais nos nonagenários. Além disso os nonagenários apresentaram um maior risco de AVC, sangramento maior ou

Es posible realizar MitraClip sin anestesia general

Monitoramento ambulatorial do ritmo pós-TAVI: poderia nos ajudar a evitar o uso de tantos marca-passos?

O bloqueio tardio de alto grau pós-implante percutâneo da valva aórtica (TAVI) passa despercebido em pacientes que recebem TAVI e que não tinham transtornos de condução prévios já que na maioria das vezes ocorre no período intra-hospitalar ou imediatamente pós-procedimento. O bloqueio completo do ramo direito é um fator de risco, mas com uma pobre

Novos bloqueios do ramo esquerdo pós-TAVI a longo prazo: são neutros ou requerem atenção?

De acordo com este trabalho que em breve será publicado no J Am Coll Caradiol Intv, um novo bloqueio do ramo esquerdo (BCRE) não se associou a uma maior mortalidade ou a internações por insuficiência cardíaca após uma média de seguimento de 3 anos pós-TAVI. Para além do anteriormente afirmado, o BCRE sim se associou

Degeneración de las válvulas biológicas aórticas: un desafío cada vez más frecuente

Boas notícias após 3 anos para o “valve-in-valve”

Nesta nova era se inaugura a mudança de paradigma de tratar todo o espectro de pacientes com implante percutâneo da valva aórtica (TAVI) sem contemplar o risco como fator preponderante. Com a ampliação do espectro instaura-se o problema da durabilidade, motivo pelo qual qualquer trabalho com seguimento de longo prazo em qualquer contexto que se

EuroPCR 2019 | Ultimo meta-análisis de TAVI, el espectro de tratamiento alcanza a todos los pacientes

EuroPCR 2019 | Última metanálise de TAVI: o espectro de tratamento abrange todos os pacientes

Esta nova metanálise combina todos os estudos randomizados de implante percutâneo da valva aórtica (TAVI) vs. substituição cirúrgica da valva aórtica e expande a abrangência do TAVI. A evidência que existe em todo o espectro de risco estudado respalda uma mudança de paradigma nos pacientes com estenose aórtica severa sintomática. A superioridade clínica do TAVI

EuroPCR 2019 | Leaflex: nuevo dispositivo para fracturar el calcio pre TAVI

EuroPCR 2019 | Leaflex: novo dispositivo para fraturar o cálcio pré-TAVI

Os pesquisadores deste pequeno estudo acreditam que fraturar os nódulos rígidos de cálcio das valvas com este novo dispositivo pode postergar a necessidade de TAVI ou facilitar o implante da nova válvula. Este dispositivo mostrou uma palpável melhora no movimento das valvas bem como uma diminuição do gradiente médio. O sistema Leaflex Performer (Pi-Cardia) foi

Top