Busca: angioplastia

Angioplastia coronariana com balões eluidores de sirolimus

Na atualidade a maioria das angioplastias coronarianas percutâneas (ATC) são realizadas com stents eluidores de fármacos (DES). No entanto, os balões eluidores de fármacos (DEB) têm mostrado benefícios em casos de reestenose e em angioplastias de vasos pequenos com lesões de novo.&nbsp; O ultrassom intravascular (IVUS) demonstrou sua eficácia nas ATC de tronco da coronária<a href="https://solaci.org/pt/2024/06/13/angioplastia-coronariana-com-baloes-eluidores-de-sirolimus/" title="Read more" >...</a>

EuroPCR 2024 | Influência e eficácia dos padrões fisiopatológicos da doença coronariana na segurança e eficácia da angioplastia coronariana

A revascularização coronariana tem como finalidade melhorar o fluxo coronariano. No entanto, após uma angioplastia coronariana percutânea (PCI) bem-sucedida, um número significativo de pacientes pode experimentar uma fisiologia coronariana subótima. Observou-se que um fluxo fracionado de reserva (FFR) baixo depois da PCI se relaciona com um prognóstico desfavorável. Além disso, a melhora no FFR após<a href="https://solaci.org/pt/2024/05/16/europcr-2024-influencia-e-eficacia-dos-padroes-fisiopatologicos-da-doenca-coronariana-na-seguranca-e-eficacia-da-angioplastia-coronariana/" title="Read more" >...</a>

Inteligencia artificial. Simposio internacional de cardiología intervencionista

Inteligência artificial em casos de angioplastias complexas 2° Simpósio internacional de cardiologia

A Sociedade Latino-americana de Cardiologia Intervencionista convida a comunidade a participar do 2º Simpósio Internacional de Cardiologia intitulado Inteligência artificial em casos de angioplastias complexas. O evento contará com transmissões de casos ao vivo e com a participação de importantes dissertantes internacionais e terá lugar nos dias 17 e 18 de maio de 2024 no<a href="https://solaci.org/pt/2024/05/03/inteligencia-artificial-em-casos-de-angioplastias-complexas-2-simposio-internacional-de-cardiologia/" title="Read more" >...</a>

Endarterectomia carotídea vs. angioplastia carotídea em pacientes sintomáticos e assintomáticos: resultados em 30 dias

A doença carotídea extracraniana representa entre 15% e 20% de todos os casos de acidente vascular cerebral (AVC). A revascularização carotídea desempenha um importante papel na prevenção primária e secundária de eventos cerebrovasculares. Duas estratégias de revascularização comuns são a endarterectomia carotídea (CEA) e a angioplastia carotídea com stent (CAS), tendo sido ambas objeto de<a href="https://solaci.org/pt/2024/04/25/endarterectomia-carotidea-vs-angioplastia-carotidea-em-pacientes-sintomaticos-e-assintomaticos-resultados-em-30-dias/" title="Read more" >...</a>

Nuevas estrategias en el territorio femoropoplíteo

Angioplastia com balões eluidores de fármacos em CTO femoropoplíteas: intraluminal ou subintimal?

Os pacientes com doença vascular periférica frequentemente apresentam comprometimento do território femoropoplíteo (FP). Estima-se que aproximadamente 50% das lesões nessa área são oclusões totais crônicas (CTO). Embora a taxa de sucesso técnico do tratamento das CTO periféricas tenha melhorado, ainda não estão completamente determinados os resultados clínicos a longo prazo.&nbsp; Em investigações anteriores, foram avaliados<a href="https://solaci.org/pt/2024/04/19/angioplastia-com-baloes-eluidores-de-farmacos-em-cto-femoropopliteas-intraluminal-ou-subintimal/" title="Read more" >...</a>

AHA 2023

AHA 2023 | ORBITA-2: Angioplastia coronariana vs. placebo em angina estável para a redução de sintomas

A angioplastia coronariana (ATC) é, com frequência, realizada para aliviar os sintomas em pacientes com angina crônica estável. Persiste ainda, contudo, a incerteza sobre o fato de a ATC proporcionar ou não um alívio sintomático superior ao placebo em pacientes que não estão usando mediação antianginosa.&nbsp; Foi levado a cabo um estudo controlado e randomizado<a href="https://solaci.org/pt/2023/11/13/aha-2023-orbita-2-angioplastia-coronariana-vs-placebo-em-angina-estavel-para-a-reducao-de-sintomas/" title="Read more" >...</a>

Impella

Impella em angioplastia coronariana de alto risco antes do TAVI

É de amplo conhecimento que a idade da população está experimentando um incremento, fato este que tem uma estreita relação com a presença de estenose aórtica. Esta afecção, como bem se sabe, está associada com a doença coronariana em aproximadamente 50% dos casos. É mister levar a cabo, em se apresenta dita associação, intervenções como<a href="https://solaci.org/pt/2023/11/08/impella-em-angioplastia-coronariana-de-alto-risco-antes-do-tavi/" title="Read more" >...</a>

FFR Post Angioplastia

Angioplastia coronariana complexa em pacientes idosos: solução ou problema?

A doença cardiovascular é a principal causa de morte em pacientes idosos (definidos como pessoas de 75 anos de idade ou mais). Por sua vez, a cardiopatia coronariana é uma das principais causas de mortalidade em dita população. Além da complexidade anatômica, é necessário levar em consideração outros fatores adicionais que dificultam o manejo dos<a href="https://solaci.org/pt/2023/10/17/angioplastia-coronariana-complexa-em-pacientes-idosos-solucao-ou-problema/" title="Read more" >...</a>

Angioplastia de tronco da coronária esquerda: em que cenário poderíamos não utilizar IVUS?

As lesões no tronco da coronária esquerda (TCE) não protegido continuam representando um desafio significativo. A utilização de imagens coronarianas antes da angioplastia (ATC) demonstrou sua utilidade para analisar a lesão, identificar a presença de calcificação e sua localização, bem como determinar o comprimento das lesões no TCE, na descendente anterior e na circunflexa.&nbsp; Distintas<a href="https://solaci.org/pt/2023/10/10/angioplastia-de-tronco-da-coronaria-esquerda-em-que-cenario-poderiamos-nao-utilizar-ivus/" title="Read more" >...</a>

indicación de tratamiento con estatinas

Terapêutica antilipídica em pacientes com angioplastia coronariana: monoterapia com estatinas ou combinação?

Em pacientes com doença aterosclerótica de alto risco, como os afetados por doença coronariana, foi demonstrado em vários estudos que atingir os níveis alvo de LDL por meio de um tratamento de alta intensidade com estatina leva a uma diminuição significativa de eventos cardiovasculares a longo prazo. Portanto, o manejo da dislipidemia se tornou um<a href="https://solaci.org/pt/2023/10/03/terapeutica-antilipidica-em-pacientes-com-angioplastia-coronariana-monoterapia-com-estatinas-ou-combinacao/" title="Read more" >...</a>

Top