Doença coronária articles

Highlights TCT 2019

TCT 2019 | Angioplastia em lesões estáveis: antes do TAVI, durante o TAVI ou nunca?

TCT 2019 | Angioplastia em lesões estáveis: antes do TAVI, durante o TAVI ou nunca?

Gentileza da SBHCI. Este interessante trabalho apresentado no TCT 2019 e simultaneamente publicado no Am J Cardiol nos diz que a angioplastia em lesões estáveis não parece reduzir o risco em pacientes com estenose aórtica severa que recebem implante percutâneo da valva aórtica (TAVI). Segundo os pesquisadores, a não ser que os pacientes tenham sintomas,

Highlights TCT 2019

TCT 2019 | IVUS-XPL: 5 anos de seguimento para a angioplastia guiada por angiografia vs. IVUS

Gentileza da SBHCI. O objetivo deste trabalho apresentado nas sessões científicas do TCT 2019 e simultaneamente publicado no JACC Intv. foi demonstrar o benefício do IVUS na angioplastia. O estudo IVUS-XPL randomizou 1.400 pacientes com lesões coronarianas longas (≥ 28 mm) a angioplastia guiada por IVUS (n = 700) vs. guiada por angiografia (n =

Highlights TCT 2019

TCT 2019 | COMPLETE: subestudo para conhecer o momento ótimo da revascularização completa no infarto

Gentileza da SBHCI. O estudo COMPLETE foi feito para avaliar o benefício da revascularização completa vs. a revascularização do vaso culpado isoladamente no contexto de um infarto agudo do miocárdio com supradesnivelamento do segmento ST. Este subestudo do COMPLETE, que foi apresentado nas sessões científicas do TCT 2019 e simultaneamente publicado no JACC, avalia o

Highlights TCT 2019

TCT 2019 | EURO-CTO: resultados do seguimento de 3 anos de recanalização de oclusões vs. tratamento médico

Gentileza da SBHCI. Entre 16% e 18% das lesões em pacientes com doença crônica estável são oclusões totais crônicas. A revascularização das mesmas pode beneficiar pacientes sintomáticos, mas não temos definições categóricas em relação à segurança de um procedimento tão complexo a longo prazo devido aos resultados de outros estudos sobre angioplastia em doença crônica

Highlights TCT 2019

TCT 2019 | EXCEL: a angioplastia do tronco da coronária esquerda apresenta resultados favoráveis no seguimento de 5 anos

Gentileza do Dr. Carlos Fava. A ATC do tronco da coronária esquerda não protegido (TCE NP) com stents eluidores de droga emergiu como uma estratégia aceitável em um grupo selecionado de pacientes, com resultados comparáveis aos da cirurgia de revascularização miocárdica (CRM) em 2 ou 3 anos. No entanto, para além desse período não dispúnhamos

Highlights TCT 2019

TCT 2019 | MODEL U-SES: Mais dispositivos para alto risco de sangramento e dupla antiagregação curta

Gentileza da SBHCI.. Este trabalho testou a segurança da antiagregação plaquetária por somente três meses após o implante de um stent eluidor de sirolimus com polímero bioabsorvível (Ultimaster). Foi objetivo secundário deste trabalho investigar a possibilidade de continuar com monoterapia de um inibidor do receptor P2Y12 após os três meses em vez de aspirina. Foram

Highlights TCT 2019

TCT2019 | EVOLVE Short DAPT: apenas 3 meses de dupla antiagregação em alto risco de sangramento

Gentileza da SBHCI. Este trabalho utilizou o stent de cromo-platina de hastes finas com polímero biodegradável na superfície abluminal e eluidor de everolimus (basicamente o stent Synergy). A eluição da droga e a degradação do polímero dentro dos meses facilitam a endotelização, o que permitiria um tempo mais curto de dupla antiagregação. Apresentado durante as

Highlights TCT 2019

TCT 2019 | IDEAL-LM: DES com polímero absorvível vs. permanente para o tronco da coronária esquerda

Gentileza da SBHCI. Este trabalho demonstrou que a estratégia de utilizar um stent eluidor de everolimus com polímero degradável (Synergy) com posterior esquema de dupla antiagregação plaquetária de 4 meses foi segura e efetiva em comparação com a utilização de um stent eluidor de everolimus com polímero permanente (Xience) com os convencionais 12 meses posteriores

Highlights TCT 2019

TCT 2019 | Onyx ONE: Polímero durável vs. stent sem polímero com somente um mês de dupla antiagregação

Gentileza da SBHCI. Este é o primeiro estudo randomizado que comparou um stent farmacológico com polímero permanente (Onyx eluidor de zotarolimus) vs. um stent farmacológico sem polímero (BioFreedom eluidor de biolimus A9) com somente um mês de dupla antiagregação plaquetária em pacientes com alto risco de sangramento. O Onyx ONE foi um estudo do qual

Tasa de stroke post cirugía vs angioplastia coronaria en un análisis de más de 10.000 pacientes

Os melhores dutos e os melhores cirurgiões para o melhor resultado

A cirurgia de revascularização miocárdica continua sendo uma das estratégias de tratamento mais efetivas para a doença coronariana. Uma das maiores vantagens da cirurgia com relação à angioplastia é a possibilidade de alcançar uma revascularização completa. Isso comprovadamente melhora a sobrevida dos pacientes e reduz a incidência de eventos cardiovasculares. A escolha dos dutos para

Zotarolimus con polímero permanente vs. biolimus con polímero degradable

Exerce o polímero alguma função nos stents farmacológicos?

O fato de o polímero poder se degradar após a eluição da droga parece uma hipótese interessante quando há alguma evidência de que esse pode produzir inflamação (fundamentalmente infiltração de eosinófilos) com as possíveis consequência de tal fenômeno. No entanto, as teorias aparentemente perfeitas muitas vezes se chocam contra a parede da realidade, e a

Top