Farmacologia articles

Diabetes y enfermedad vascular periférica: viejas drogas con nueva evidencia

Podemos começar a reduzir o tempo de DAPT nos diabéticos?

Podemos começar a reduzir o tempo de DAPT nos diabéticos?

A DAPT de curta duração após uma ATC com DES tem ganho cada vez mais impulso, especialmente nas síndromes coronarianas crônicas e também com alguma evidência nas agudas.  Porém, como sabemos, a diabete é um fator de risco, tanto para a reestenose quanto para a trombose, já que nos pacientes que padecem dita comorbidade as

Podemos utilizar DAPT durante 3 meses nas síndromes coronarianas agudas?

No que às síndromes coronarianas agudas se refere, as diretrizes atuais recomendam 12 meses de dupla antiagregação plaquetária (DAPT) após uma angioplastia (ATC) com implante de DES, devido ao risco de eventos trombóticos.  Os stents mais modernos, finos e ultrafinos, comparados com suas versões anteriores, têm demonstrado ser mais eficazes em termos de trombose do

Aspirina o clopidogrel post TAVI: Guías y estudios llenos de contradicciones

É seguro usar clopidogrel como monoterapia depois de 1 mês de dupla antiagregação em pacientes diabéticos?

Muitos estudos randomizados atuais têm sugerido que a estratégia de dupla antiagregação (DAPT) administrada em um período curto seguida de monoterapia reduz os sangramentos maiores sem aumentar os eventos cardiovasculares maiores após uma angioplastia coronariana (ATC). Uma metanálise de 6 estudos randomizados demonstrou o benefício da monoterapia com ticagrelor após um esquema curto de DAPT.

Fentanilo en la angioplatia: ¿Cuál es el precio de un mayor confort en el procedimiento?

Ticagrelor ou Prasugrel pós-angioplastia coronariana em pacientes da prática diária

O estudo ISAR-REACT 5 evidenciou uma redução significativa no desfecho composto de morte, infarto do miocárdio (IAM) ou acidente vascular cerebral (AVC) com o uso de prasugrel em comparação com ticagrelor em pacientes com síndrome coronariana aguda (SCA), principalmente impulsionada pela redução do IAM.  O mencionado trabalho mudou a prática clínica embora tenham sido criticadas

Como manejamos a antiagregação nos sangramentos Tipo I após o infarto agudo do miocárdio?

A dupla antiagregação plaquetária (DAPT) após o infarto agudo do miocárdio (IAM) demonstrou sua grande utilidade na diminuição dos eventos trombóticos, mas uma de suas desvantagens é o sangramento, especialmente nos pacientes de idade avançada.  Dentre as complicações, os sangramentos de Tipo 1 da classificação BARC, também chamados de inocentes, são pouco frequentes, mas sua

El ticagrelor muestra beneficios en la función microvascular coronaria luego de un IAMSEST

Monoterapia Inibidores P2Y12 vs. Aspirina: “Resultados de uma metanálise em rede”

Classicamente, mediante guias de revascularização e antiagregação, recomendou-se a aspirina (AAS) como o fármaco de escolha na prevenção secundária de eventos cardiovasculares após a colocação de stent eluidor de fármacos (DES). No entanto, nos últimos anos dita estratégia tem entrado em discussão, a partir de estudos que tentaram demonstrar a superioridade da monoterapia (SAPT) com

¿La seguridad y eficacia de la monoterapia con Ticagrelor depende del índice de masa corporal?

A segurança e eficácia da monoterapia com Ticagrelor dependem do índice de massa corporal?

O sobrepeso está crescendo de forma significativa no mundo, independentemente do nível de renda. Assim, por exemplo, nos EUA, 53% dos adultos são obesos, e na União Europeia, 53% apresenta sobrepeso. Não há uma boa análise sobre o impacto do índice de massa corporal (IMC) elevado nos antiagregantes DAPT ou SAPT. Algumas análises sugerem maior

TCT 2022

TCT 2022 | Inibidor de PCSK9 em pacientes com IAMCEST para reduzir colesterol LDL

Em pacientes com infarto agudo do miocárdio com elevação do segmento ST (IAMCEST), o início precoce do tratamento intensivo com estatinas – apesar dos níveis de colesterol LDL – é uma prática padronizada em todo o mundo. O acréscimo de um potente redutor de LDL como o inibidor PCSK9 demonstrou benefícios clínicos em pacientes com

apixaban en fibrilacion auricular tavi

Uso de apixabana e sua relação com a trombose valvular após o TAVI

O TAVI pode estar associado a trombose valvular precoce, entidade caracterizada por formação de trombo na válvula protética com ou sem disfunção valvular. Dita disfunção está associada a maior espessura e redução da motilidade da válvula, redução da área do orifício ou aumento do gradiente transvalvar. A tomografia computadorizada multicorte engatilhada (TC) permite a avaliação

Nueva y discrepante información sobre los vasos no culpables en el infarto

Pré-tratamento com heparina em tratamento do SCACEST: uma nova velha aliada?

Não há dúvida de que o tratamento da síndrome coronariana aguda com elevação do ST (SCACEST) é a terapia de reperfusão com angioplastia primária (PCI), bem como o pré-tratamento com antiagregantes mais potentes têm o seu lugar como parte da terapia do SCA. Em alguns centros se realiza também pré-tratamento com heparina não fracionada (HNF)

El ticagrelor muestra beneficios en la función microvascular coronaria luego de un IAMSEST

Prognóstico da aderência a inibidores P2Y12 na síndrome coronariana aguda

A não aderência à medicação nos pacientes com síndrome coronariana aguda é ainda uma questão não resolvida, já havendo sido formulado desde o uso de policomprimidos até um acompanhamento mais próximo dos pacientes (contato telefônico e grupos de motivação). Os guias de antiagregação recomendam dupla antiagregação plaquetária (DAPT) por pelo menos um ano após um

Top