arquivo articles

IVUS vs OCT para guiar la angioplastia ¿Cuál elegir?

IVUS vs OCT para guiar a angioplastia: o que escolher?

IVUS vs OCT para guiar a angioplastia: o que escolher?

Controlar a correta expansão do stent com tomografia de coerência ótica (OCT) utilizando uma estratégia baseada na medição da membrana elástica externa teve um resultado não inferior ao controle com ultrassom intravascular (IVUS) e superior ao da angiografia feita isoladamente. Somando a evidência deste trabalho à prévia, deveríamos utilizar a imagem intravascular que tivermos disponível.

ffr tomografia

Concordância entre tomografia e angiografia em pacientes do ISCHEMIA

A angiografia guiada por tomografia mostrou uma alta concordância com a angiografia convencional para identificar doença coronariana significativa e descartar doença do tronco.  Dita angiografia por tomografia foi feita em um grupo de pacientes antes da randomização no estudo ISCHEMIA.  Estes dados serão proximamente publicados no JACC imagens e somam muita evidência a favor do

SENTINEL: Protección cerebral en TAVI

Dispositivos de proteção cerebral durante o TAVI na prática clínica

Embora a teoria sobre os dispositivos de proteção cerebral durante o TAVI seja boa, sua comprovação nos estudos não é tão simples. Talvez a prática clínica com um número maior de pacientes possa mostrar mais evidência sobre como prevenir um dos eventos mais duros durante o TAVI.  Este trabalho analisou a base de TAVI de

Es posible esterilizar las máscaras N95 y los barbijos quirúrgicos

Uma análise associa a vacina da AstraZeneca com trombocitopenia e trombose

Esta é uma das primeiras publicações que documenta os raros efeitos trombóticos vistos na Áustria e na Alemanha com a vacina ChAdOx1 nCoV-19. Tais efeitos seriam uma forma de trombocitopenia após a inoculação da vacina desenvolvida conjuntamente entre a Universidade de Oxford e o laboratório AstraZeneca.  Este trabalho publicado nada menos que no NEJM captou

reserva fraccional de flujo

Tratar lesões vulneráveis com FFR negativo será o futuro da prevenção?

Para muitos pacientes a primeira manifestação da doença coronariana é um infarto agudo do miocárdio ou inclusive a morte súbita.  As modificações do estilo de vida e o tratamento médico são os pilares fundamentais para evitar esses sérios eventos, mas é impossível não nos fazermos a pergunta: poderia uma angioplastia preventiva evitar o problema? O

TAVI SURAVI

TAVI vs a válvula cirúrgica menos invasiva

As válvulas cirúrgicas de “liberação rápida” estão desenhadas para tornar mais fácil o trabalho dos cirurgiões em comparação com as válvulas biológicas convencionais que requerem múltiplos pontos de sutura. Essas válvulas, que encurtam os tempos cirúrgicos, poderiam competir com as válvulas implantadas por cateter (TAVI). O registro alemão de válvulas aórticas analisou 16.473 pacientes submetidos

pacientes anticoagulados por fibrilación auricular que reciben angioplastia tratamiento

O melhor anticoagulante em FA pós-TAVI

Os anticoagulantes diretos se associaram a uma menor mortalidade a longo prazo em pacientes com fibrilação atrial que recebem alta após o TAVI em comparação com os clássicos antagonistas da vitamina K.  O objetivo deste trabalho publicado no JACC Interv foi comparar os resultados a longo prazo entre os clássicos antagonistas da vitamina K e

Beta Bloqueantes

Os betabloqueadores devem ser tomados por toda a vida após um infarto?

Os pacientes tratados de maneira ótima após um infarto não parecem se beneficiar a longo prazo com o uso dos betabloqueadores quando não apresentam insuficiência cardíaca ou deterioração da função sistólica.  Este trabalho investigou se existe algum efeito cardioprotetor dos betabloqueadores (BB) após vários anos de seguimento em pacientes estáveis com antecedente de infarto e

Top