Artigos Científicos Mais Lidos articles

Lo más leído de Marzo en Solaci.org

Os Artigos Mais Lidos de Março em Cardiología Intervencionista

Os Artigos Mais Lidos de Março em Cardiología Intervencionista

1- O que fazer com níveis de pressão entre 130/80 e 139/89 mmHg? A decisão a tomar em um paciente livre de tratamento que apresenta cifras de tensão arterial acima de 160 mmHg de sistólica ou 100 mmHg de diastólica é fácil e está respaldada pelos guias: é necessário iniciar o tratamento imediatamente juntamente com

masleidodiciembre

Os 10 artigos mais lidos de Dezembro

1- Os stents eluidores de everolimus finalmente têm um rival e não somente um stent “não inferior” Neste grande estudo randomizado foram observadas diferenças significativas tanto em termos de falha da lesão alvo quanto no que se refere a infarto relacionado com o vaso, que persistem após 2 anos de seguimento e favorecem o stent

Los 10 artículos más leídos de septiembre

Os 10 artigos mais lidos de Setembro

1- As troponinas ultrassensíveis fizeram com que tudo fosse considerado infarto; a 4ª definição universal esclarece as coisas Infarto do miocárdio ou injúria miocárdica? A 4ª definição universal de infarto (uma atualização da definição de 2012) chega para deixar claro que nem todas as elevações das troponinas cardíacas representam um infarto agudo do miocárdio. Leia

Parabéns aos ganhadores das Jornadas Colômbia

Nos passados 05 e 06 de outubro celebraram-se em Bogotá as XXXIV Jornadas Regionais da SOLACI. Em dito evento, realizaram-se 2 importantes concursos: o de Imagens e o de Jovens Cardiologistas. O Dr. Gustavo Andrés Ortega Ramírez, da Universidade Pontifícia Bolivariana (Clínica CardioVID) obteve o 1º prêmio no Concurso de Casos Clínicos para Jovens Cardiologistas

El Impella otorga seguridad en la ATC del TCI no protegido de alto riesgo

O Impella oferece segurança na ATC do TCI não protegido de alto risco

Gentileza do Dr. Carlos Fava. A presença de lesões severas no tronco da coronária esquerda (TCI) não protegido oscila entre 4% e 8%, relacionando-se na maioria dos casos com lesões de múltiplos vasos. A utilização dos dispositivos de assistência ventricular esquerda nas angioplastias de tronco coronarianas (ATC) de alto risco está se incrementando, mas ainda

Más coincidencias de las esperadas entre válvulas bicúspides y tricúspides

Mais coincidência que as esperadas entre as valvas bicúspides e tricúspides

Há cada vez mais evidência de que as novas gerações de válvulas por cateter que originalmente foram desenhadas para valvas nativas tricúspides funcionam muito bem nas valvas bicúspides. Tomografias realizadas antes e depois do procedimento com os dispositivos mais comumente utilizados mostraram uma adaptação ao anel similar entre os pacientes padrão e aqueles com anatomia bicúspide. Leia

Lesión de múltiples vasos y enfermedad carotidea severa ¿Cómo proceder?

Lesão de múltiplos vasos e doença carotídea severa: como proceder?

A cirurgia de revascularização miocárdica (CRM) é a mais frequente de todas as cirurgias cardiovasculares e ainda se mantém como o padrão ouro para tratar pacientes com múltiplos vasos. A estenose carotídea concomitante afeta entre 6% e 8% desses pacientes e se associa a um aumento da taxa de AVC durante e após a cirurgia. O tratamento preventivo das

¿Fin de la discusión sobre el impacto del marcapaso post TAVI?

Fim da discussão sobre o impacto do marca-passo pós-TAVI?

O implante percutâneo da valva aórtica (TAVI) se associa frequentemente com o implante de marca-passo definitivo (MCP) entre 10% e 40% dos pacientes. Os fatores que predispõem ao MCP pós-TAVI foram detalhadamente estudados, mas seu impacto clínico a curto e longo prazo continua sendo controverso.   Recentemente publicou-se uma grande coorte de pacientes que mostraram um aumento significativo

La coronariografía precoz reduce la mortalidad en SCA sin supradesnivel del ST de alto riesgo

Coronariografia precoce em SCA sem supradesnivelamento do ST de alto risco

A coronariografia tem um papel central nos pacientes que são admitidos cursando uma síndrome coronariana aguda sem elevação do segmento ST (SCASEST) já que permite confirmar o diagnóstico, estratifica o risco e define a estratégia de revascularização e o manejo antitrombótico. Ninguém duvida do fato de ser necessário estudar de maneira invasiva esses pacientes. O

Enfermedad carotidea asintomática: ¿Endarterectomía o angioplastia?

Endarterectomia vs. angioplastia em doença carotídea assintomática

A eficácia e segurança relativas da angioplastia carotídea vs. a endarterectomia em pacientes assintomáticos continua sem consenso e, o que é pior, não há sinais de que o panorama se esclareça em um futuro próximo. Dada a falta de evidência definitiva nesse sentido, tem proliferado as metanálises e revisões sistemáticas que tentam lançar um pouco de luz sobre

Se rompe el mito de la isquemia silente en los diabéticos

Cai o mito da isquemia silente nos diabéticos

Os pacientes com diabetes mellitus geralmente apresentam uma doença coronariana mais difusa, uma progressão mais rápida das lesões e um maior risco de reestenose após uma angioplastia coronariana. Para além disso, o grau em que essas diferenças anatômicas se traduzem em uma clínica diferente com relação aos pacientes não diabéticos não é um tema dilucidado.

Top