Tag Archives: aneurisma de aorta abdominal

Oportunidades perdidas en pacientes con enfermedad vascular periférica

O que os pacientes estão dispostos a saber sobre sua doença?

O que os pacientes estão dispostos a saber sobre sua doença?

Quando dissemos que a mortalidade após 30 dias para reparar um aneurisma de aorta abdominal (AAA) é pelo menos o dobro com a cirurgia convencional quando comparada com o tratamento endovascular, muitos de nós pensamos que a escolha da estratégia é simples e isto está refletido nas últimas estatísticas. Mas, por outro lado, temos alguma

El tratamiento endovascular parece superior a la cirugía en aneurismas rotos

Vigilância após o implante de endoprótese: com que frequência e por quanto tempo?

Sugere-se que a vigilância após a reparação de um aneurisma de aorta abdominal deve ser mantida por toda a vida do paciente devido ao fato de, por um lado, não sabermos com precisão a durabilidade de cada um dos dispositivos (que cada vez proliferam mais) e, por outro, haver a possibilidade de surgimento de complicações

El tratamiento endovascular parece superior a la cirugía en aneurismas rotos

Várias características definem um colo hostil em aneurisma de aorta abdominal mas uma delas faz toda a diferença

Os pacientes com aneurisma de aorta abdominal (AAA) infrarrenal com um colo ≥ 30 mm têm 3 vezes mais risco de regurgitação tipo 1A e 5 vezes mais risco de ruptura do aneurisma no seguimento após o implante de uma endoprótese (EVAR), assim como uma menor sobrevida. Isso poderia alterar a indicação de reparação endovascular

El tratamiento endovascular parece superior a la cirugía en aneurismas rotos

O seguimento com ecografia pós-endoprótese diminui em 90% a necessidade do uso de tomografias, mas é seguro?

Esta análise retrospectiva de 4 anos mostrou que um protocolo de seguimento pós-reparação endovascular baseado em ecografia com contraste é seguro e efetivo. A mortalidade relacionada ao aneurisma, a taxa de reintervenções, a retração do saco e a detecção de endoleaks foram similares às dos protocolos de seguimento baseados em tomografias. Neste trabalho o eco-Doppler

Riesgo de isquemia colónica luego de la reparación de aneurisma de aorta abdominal

Risco de isquemia colônica após a reparação de aneurisma de aorta abdominal

Esta é a maior e mais contemporânea análise que demonstra que em pacientes eletivos a isquemia colônica ocorre mais frequentemente após a reparação aberta de um aneurisma de aorta abdominal (2,1% a 3,6%) que com a reparação endovascular (0,5% a 1%). A maior parte dos casos surgiu dentro dos primeiros sete dias. A evidência é

Importante estudio demuestra que debemos ocuparnos de la función renal en el TAVI

Significativa associação suprarrenal da endoprótese e deterioro da função renal

Segundo esta metanálise que será proximamente publicada no Eur. J. Vasc. Endovasc. Surg. as endopróteses de aorta abdominal que contam com fixação suprarrenal não alternam significativamente a filtração glomerular no ano do implante do dispositivo, embora tenhamos que reconhecer que os resultados a longo prazo são desconhecidos. A informação da literatura é muito dispersa na

¿Cómo afecta el implante de endoprótesis a la función renal?

Como o implante de endoprótese afeta a função renal?

A ocorrência de insuficiência renal depois de qualquer intervenção endovascular está associada a um aumento da morbidade e da mortalidade. Após uma intervenção coronariana – quer seja angioplastia ou cirurgia – a insuficiência renal multiplica por 20 a mortalidade. Na mesma linha com toda a informação prévia, o reparo cirúrgico de um aneurisma de aorta abdominal que evolui com insuficiência

Un seguimiento mínimo y apropiado reduce la mortalidad luego de una endoprótesis

Um seguimento mínimo e apropriado reduz a mortalidade após uma endoprótese

Nenhum estudo pôde demonstrar um benefício a longo prazo do seguimento regular com imagens após a reparação de um aneurisma de aorta abdominal com endoprótese. Isso é importante, já que o custo dos estudos é elevado e a dito custo é necessário somar a potencial morbidade da radiação e do contraste. Este trabalho tentou caracterizar a associação

screening aneurisma aorta abdominal

Triagem de AAA em homens de +65 reduz a mortalidade

A busca sistemática de aneurismas de aorta abdominal (AAA) para todos os homens com mais de 65 anos (e não somente para aqueles com fatores de risco) se associou a uma queda na mortalidade específica por esta doença segundo o Programa Nacional de Triagem Sueco.   Embora seja necessário realizar estudos em 667 homens para

Os Endoleaks Tipo II não se associam à mortalidade

Título original: Risk factors and consequences of persitent type II endoleaks. Referência: Ruby C. Lo et al. J Vasc Surg 2016;63:895-901   A presença de leaks tipo II é pouco frequente (entre 1 a 10%) e a maioria se resolve espontaneamente no transcurso de 12 meses. Se não for assim, a evidência é controversa e pode

Top