Tag Archives: angioplastia de tronco coronariana

La recanalización de las CTO mejora la calidad de vida

CTO: o acesso radial com resultados similares ao femoral

CTO: o acesso radial com resultados similares ao femoral

Gentileza do Dr. Carlos Fava. Um dos inconvenientes na estratégia das CTO é a utilização dos acessos femoral ou radial. Este último é mais seguro, mas ainda não foi bem analisado neste tipo de angioplastia. Foram analisados 3.709 pacientes submetidos a angioplastia de tronco da coronária (ATC) por CTO. Dentre eles, 2.157 (58,1%) receberam intervenção

La ATC es una alternativa válida en el TCI

A técnica na angioplastia do tronco pode modificar o tempo de dupla antiagregação

Até 20% dos pacientes que recebem angioplastia no tronco da coronária esquerda requerem uma técnica com 2 stents, e seria de se esperar que este número cresça após a publicação do DKCRUSH-V. No entanto, este trabalho contradiz o DKCRUSH-V e volta à teoria de que “mais simples é melhor”, já que os pacientes que receberam

ticagrelor vs clopidogrel en enfermedad vascular periferica

Qual é o melhor antiagregante nas pontes venosas?

Gentileza do Dr. Carlos Fava. A angioplastia transluminal coronariana (ATC) em pontes venosas (PV) é um dos grandes desafios atuais devido ao fato de, diferentemente do que ocorre com as artérias nativas, apresentarem material trombótico significativo, lesões difusas e longas, abundantes macrófagos e células inflamatórias, casualidades que tornam o procedimento mais complexo. Atualmente não está

Deterioro de la función renal: ¿Cómo impacta en la ATC y en la CRM?

Deterioro da função renal: como impacta na angiografia e na cirurgia?

Gentileza do Dr. Carlos Fava. A doença renal se encontra em ascensão e em um estágio final se relaciona com doença coronariana e aumento da mortalidade. Mas, além disso, sabemos que em muitas ocasiões, associa-se com diabetes. Atualmente, existe pouca evidência que compare a evolução da angioplastia de tronco da coronária e a cirurgia de

El Impella otorga seguridad en la ATC del TCI no protegido de alto riesgo

O Impella oferece segurança na ATC do TCI não protegido de alto risco

Gentileza do Dr. Carlos Fava. A presença de lesões severas no tronco da coronária esquerda (TCI) não protegido oscila entre 4% e 8%, relacionando-se na maioria dos casos com lesões de múltiplos vasos. A utilização dos dispositivos de assistência ventricular esquerda nas angioplastias de tronco coronarianas (ATC) de alto risco está se incrementando, mas ainda

Top