Risco de obstrução coronariana no reTAVI

À medida que a informação sobre a durabilidade do implante percutâneo da valva aórtica (TAVI) se consolida, o foco parece ir mudando para a factibilidade de um retratamento. Já não parece tão importante saber quanto vai durar a válvula, mas sim quão factível é um novo procedimento. 

TAVI SURAVI

A posição supra-anular das valvas e a altura do stent da prótese autoexpansível Evolut PRO e Evolut PRO + podem causar obstrução coronariana nos procedimentos de “TAVI in TAVI” ou complicar um futuro acesso às coronárias. 

O registro EPROMPT incluiu prospectivamente pacientes submetidos a TAVI com a última geração comercialmente disponível da prótese autoexpansível. Foi feita uma tomografia 30 dias após o procedimento para simular um futuro segundo procedimento de “TAVI in TAVI” e estimar tanto o risco de obstrução coronariana quanto a factibilidade do acesso às coronárias. 

81 pacientes contaram com uma tomografia interpretável que permitiria simular um segundo procedimento. 

Quase um quarto (23%) dos pacientes poderiam apresentar sequestro dos seios de Valsalva com a conseguinte obstrução coronariana durante um futuro “TAVI in TAVI” com a mesma prótese. 


Leia também: Gorduras saturadas: anjos ou demônios da dieta?


A simulação por tomografia também predisse que a porção mais alta das valvas poderia ocultar o acesso às coronárias em até 78% dos pacientes. 

Já em uma espécie de platô com relação às melhoras de design que os dispositivos podem apresentar para diminuir os eventos, o foco poderia estar em facilitar futuros procedimentos. 

Conclusão

É necessário redefinir o design e implementar melhoras nos dispositivos para diminuir o risco de obstrução coronariana perante um eventual implante valvar futuro. Isso deve incluir um melhor acesso às coronárias. 

Título original: Risk of Coronary Obstruction and Feasibility of Coronary Access After Repeat Transcatheter Aortic Valve Replacement With the Self- Expanding Evolut Valve. A Computed Tomography Simulation Study.

Referência: Brian J. Forrestal et al. Circ Cardiovasc Interv. 2020;13:e009496. DOI: 10.1161/CIRCINTERVENTIONS.120.009496.


Gostaria de receber um resumo semanal com os últimos artigos científicos?

(Visited 1 times, 1 visits today)

*

Top