Valvulopatias articles

EuroPCR 2020 | Valve in Valve aórtico a largo plazo

EuroPCR 2020 | Valve in Valve aórtico a largo plazo

EuroPCR 2020 | Valve in Valve aórtico a largo plazo

Los resultados de este trabajo son importantes para planear el reemplazo valvular de la prótesis más grande posible que permite la anatomía durante el procedimiento índice.  La tendencia en el mundo es que cada vez más pacientes están recibiendo válvulas biológicas que, aunque han mejorado mucho, tienden a deteriorarse y a requerir luego un procedimiento

EuroPCR 2020 | EVOQUE: nuevo sistema de reemplazo mitral por catéter, promesas a corto plazo y esperanzas para el futuro

EuroPCR 2020 | EVOQUE: novo sistema de implante mitral percutâneo, promessas a curto prazo e esperanças para o futuro

O implante percutâneo da valva mitral por acesso transeptal é uma alternativa menos invasiva que a cirurgia e com menos limitações anatômicas que a reparação por cateter (por exemplo, MitraClip) em pacientes com insuficiência mitral severa.  Os primeiros pacientes no mundo tratados com o novo sistema EVOQUE foram incluídos entre setembro de 2018 e outubro

tavi calcificación del anillo mitral

Ruptura contida do anel aórtico no TAVI: que procedimento adotar?

Gentileza do Dr. Carlos Fava. A ruptura do anel aórtico é um evento catastrófico que se apresenta em aproximadamente 0,9% dos casos, mas existe outra entidade que é a ruptura contida do anel. Esta última está relacionada com o oversizing do dispositivo e com a calcificação do anel e é diagnosticada mediante TAC com uma

TAVI: Balón expandible o autoexpandible ¿Cuál es la respuesta?

Válvula autoexpansível vs. balão-expansível: randomizado cabaça a cabeça

A “corrida armamentista” no universo das válvulas por cateter foi vertiginosa. Quando um estudo publicava os resultados a médio ou longo prazo de uma válvula já estávamos utilizando a geração seguinte na prática clínica.  Isso fez com que a informação sobre qual é a melhor válvula fosse escassa.  Na atualidade atravessamos um platô nessa “corrida

Sangrado y mortalidad en el reemplazo valvular aórtico por catéter

Fragilidade e sangramento: como impactam nos resultados do tratamento da valva aórtica?

Gentileza do Dr. Carlos Fava. É bem conhecido o fato de tanto o TAVI quanto a cirurgia de substituição valvar aórtica gerarem sangramento (entre 15% e 22% para o primeiro e entre 22% e 44% para a segunda). Um grupo particular é o dos pacientes frágeis. Não está analisado de forma cabal qual é seu

Engrosamiento e inmovilidad de las valvas en el Evolut Low Risk

Engrossamento e imobilidade das válvulas no Evolut Low Risk

O engrossamento e imobilidade das válvulas causados pela trombose têm sido relatados em relação às válvulas biológicas, tanto cirúrgicas quanto por cateter.  Tal fenômeno é diagnosticado pela hipoatenuação, engrossamento e falta de mobilidade observados na tomografia.  A incidência e principalmente as implicações clínicas de dito fenômeno não estão claras, mas são de grande interesse, especialmente

TAVI: Balón expandible o autoexpandible ¿Cuál es la respuesta?

TAVI: Balão-expansível ou autoexpansível: qual é a opção mais apropriada?

Gentileza do Dr. Carlos Fava. O TAVI já demonstrou seu benefício e atualmente encontra-se em uma etapa de forte avanço no que se refere ao alcance de pacientes de baixo risco, por um lado, ao campo das valvas bicúspides, por outro, e em menor medida ao da insuficiência valvar aórtica.   Porém, uma das perguntas a

¿Fin de la discusión sobre el impacto del marcapaso post TAVI?

Devemos finalizar o TAVI com estimulação atrial em alguns pacientes?

Gentileza do Dr. Carlos Fava. Os benefícios do TAVI são bem claros, mas o implante se realiza muito próximo ao nódulo A-V, ao feixe de His e ao ramo esquerdo do sistema de condução. Isso faz com que seja necessário o implante de um marca-passo definitivo (MPD) após o implante ou uma cirurgia de substituição

La angina microvascular podría tener gradientes de riesgo

Será o alinhamento da prótese às comissuras nativas o segredo da obstrução coronariana?

Prevenir a obstrução coronariana durante o implante percutâneo da valva aórtica (TAVI) continua sendo um desafio. Existem técnicas para prevenir (ou ao menos diminuir) a chance de que ocorra dita complicação, que pode ser catastrófica. No entanto, todas elas são – de alguma maneira – paliativas, isto é, servem para nos tirar da complicação.  A

Enfermedades malignas y estenosis aórtica ¿Se justifica el TAVI?

Doenças malignas e estenose aórtica: o TAVI é justificável?

Com a exceção de uma maior taxa de necessidade de implante de marca-passos que a população geral, esta metanálise nos mostra que os pacientes com doenças malignas ativas e estenose aórtica severa evoluem bem após o TAVI. Tais pacientes não devem ser abandonados a tratamentos meramente paliativos, ao menos no que diz respeito à estenose

¿Se debe tener en cuenta el género para revascularizar el tronco?

Fibrose miocárdica na estenose aórtica severa: será questão de gênero?

Gentileza do Dr. Carlos Fava. A calcificação da valva aórtica e sua consequente estenose leva a uma mudança hemodinâmica no ventrículo esquerdo, produzindo isquemia difusa que causa inflamação, incremento da matriz extracelular, necrose e posterior fibrose difusa.  Na atualidade, com a ressonância magnética (RMN) podemos analisar a arquitetura ventricular e sua função detectando a fibrose

Top