Risco de COVID-19 em trabalhadores de saúde vacinados

Os trabalhadores da saúde vacinados apresentam um risco de contrair o SARS-Cov-2 de aproximadamente 1%, uma porcentagem bastante mais elevada que as cifras reportadas nos estudos clínicos. 

Riesgo de COVID-19 en trabajadores de salud vacunados

Existem inúmeras razões para explicar dita diferença. No entanto, devemos colocar ênfase na importância crítica das medidas de proteção, tais como a utilização de máscara, o distanciamento social, a busca diária de sintomas e a realização regular de testes. 

Os trabalhos publicados no NEJM sobre as duas vacinas baseadas no RNA mensageiro – Pfizer e Moderna – mostraram uma eficácia de 95% e de 94,1%, respectivamente, para prevenir casos sintomáticos de COVID-19 7 dias (Pfizer) e 14 dias (Moderna) após a 2ª dose. 

Os trabalhadores da saúde de duas Universidades da Califórnia (San Diego e Los Angeles) começaram a ser vacinados em dezembro de 2020 dentro de uma estratégia de muito baixo limiar para se submeterem ao teste perante o menor sintoma e uma busca sistemática de assintomáticos com a realização de testes semanais de PCR. 

Entre dezembro de 2020 e fevereiro de 2021 28.158 trabalhadores receberam o esquema completo de alguma das duas vacinas baseadas no RNA mensageiro. 

Somente 8 pessoas foram positivas no teste de PCR entre os 8 e os 14 dias da 2ª dose e somente 7 pessoas depois dos 15 dias. 


Leia também: A infecção primária por COVID-19 protege de possíveis reinfecções?


Nesta coorte, o risco absoluto de apresentar um teste positivo para SARS-CoV-2 foi de 1,19% em San Diego e de 0,97% em Los Angeles. 

Ditos riscos estão acima dos reportados em ambos os trabalhos publicados sobre a eficácia destas vacinas. Podem surgir várias explicações, mas as duas mais óbvias são a realização exaustiva de testes para diagnosticar assintomáticos e a maior exposição ao vírus em comparação com a população geral dos estudos. 

Estes dados respaldam a eficácia das vacinas mas também colocam sobre a mesa a importância de manter todas as medidas de proteção. 

Descargar (PDF, Unknown)

Título original: SARS-CoV-2 Infection after Vaccination in Health Care Workers in California.

Referência: Jocelyn Keehner et al. N Engl J Med. 2021 May 6;384(18):1774-1775. doi: 10.1056/NEJMc2101927.


Gostaria de receber um resumo semanal com os últimos artigos científicos?

*

Top