Artículos Científicos COVID-19 articles

terapia antitrombótica triple

Após alta por COVID-19 são necessários os antitrombóticos?

Após alta por COVID-19 são necessários os antitrombóticos?

Segundo este recente trabalho (que proximamente será publicado no JAMA), a terapia antitrombótica não traz nenhum benefício clínico aos pacientes estáveis e ambulatoriais (mas sintomáticos) com COVID-19. Tanto a aspirina como a apixabana em doses terapêuticas profiláticas não conseguiram reduzir os eventos cardiovasculares maiores em comparação com o placebo. Esses eventos já são muito raros

Síntomas persistentes post COVID-19: mucho más frecuentes de lo que creíamos

Nova evidência em Israel para aplicar uma terceira dose contra a COVID-19

Segundo este estudo realizado em Israel, os pacientes com mais de 60 anos que receberam duas doses contra a COVID-19 há pelo menos 5 meses se beneficiam com uma dose adicional em termos de diminuição significativa de doença severa. Além disso, entre os que receberam a terceira dose e tiveram o azar de apresentar doença

Recomendaciones de la ACC con el nuevo coronavirus

As razões por trás do aumento dos diagnósticos de COVID-19 em uma população altamente vacinada

Em dezembro de 2020 os trabalhadores da saúde da Universidade de San Diego experimentaram um aumento surpreendente nos diagnósticos de COVID-19. Paralelamente, nesse mesmo mês teve início uma das campanhas de vacinação mais ambiciosas da história, que conseguiu inocular 76% da população até março de 2021 e 87% até julho do mesmo ano.  As infecções

SOLACI-CACI 2021 Virtual

SOLACI-CACI 2021 | Cardiovascular Disease Management and Cath Lab During the COVID-19 Pandemic

✔️ Veja a sessão sobre Cardiovascular Disease Management and Cath Lab During the COVID-19 Pandemic no Congresso SOLACI-CACI 2021. 👨‍🏫 Programa: 04:55 – Thromboembolic Complications in COVID – José Ceresetto 27:59 – Global Registry of Acute Myocardial Infarction of Primary PCI in COVID Era – Giuseppe De Luca 53:36 – Infectious Disease Care in Endovascular

ESC 2021 | Injuria aguda y crónica por COVID-19 y su impacto en la mortalidad

ESC 2021 | Injúria aguda e crônica por COVID-19 e seu impacto na mortalidade

Em pacientes convalescentes de COVID-19, tanto a injúria miocárdica aguda quanto a crônica impactam na sobrevida no seguimento de 6 meses. Além disso, embora o pico de risco se encontre no período mais precoce, não se restringe a este e pode chegar a vários meses mais.  Assim expressou este trabalho apresentado nas sessões científicas do

Historia natural de la infección asintomática por COVID-19

Eficácia das vacinas contra a variante Delta da COVID-19

A variante B.1.617.2 (delta) do vírus causante da COVID-19, detectada pela primeira vez na Índia, trouxe consigo um aumento significativo dos casos. Posteriormente, espalhou-se por todo o mundo.  A eficácia relativa das vacinas BNT162b2 (Pfizer–BioNTech) e da ChAdOx1 nCoV-19 (AstraZeneca) não era clara frente a esta nova variante. Estimou-se a eficácia da vacinação contra a

Recomendaciones de la ACC con el nuevo coronavirus

Anticoagulação com heparina em COVID-19 não crítico

Em pacientes que não estejam severamente comprometidos pela COVID-19, uma estratégia de doses terapêuticas de anticoagulação com heparina incrementa a probabilidade de sobreviver à alta hospitalar e reduz a necessidade de suporte respiratório e cardiovascular em comparação com doses usuais de tromboprofilaxia.  Estes dados eram esperados por toda a comunidade médica que há vários meses

Síntomas persistentes post COVID-19: mucho más frecuentes de lo que creíamos

Anticoagulação com heparina em pacientes críticos com COVID-19: resultados diferentes do resto

Em pacientes severamente afetados por COVID-19 uma estratégia inicial de doses anticoagulantes de heparina não trouxe nenhum benefício em comparação com o tratamento profilático padrão.  A trombose e a inflamação estão no olho do furacão quando falamos da morbidade por COVID-19. Isso fez com que se aventasse a hipótese de que um regime anticoagulante poderia

Síntomas persistentes post COVID-19: mucho más frecuentes de lo que creíamos

Sobrevivendo à COVID-19 com a velha heparina?

Os pacientes que são admitidos no hospital com diagnóstico de COVID-19 têm um alto risco de trombose, particularmente de trombose venosa. Esse dado não é nenhuma novidade: uma metanálise de 66 estudos já avaliou a prevalência de trombose venosa em pacientes com COVID-19 e encontrou uma incidência de entre 14,1% e 22,7% para aqueles que

Síntomas persistentes post COVID-19: mucho más frecuentes de lo que creíamos

Eficácia da vacina Novavax contra a COVID-19. Tecnologia de nanopartículas à prova

Duas doses da vacina NVX-CoV2373 (Novavax) em adultos sadios proporciona uma eficácia de quase 90% contra a infecção do SARS-CoV-2 para todo o espectro de severidade da doença. Além disso, a vacina mostrou ser efetiva contra a variante alfa (B.1.1.7). A vacina Novavax é uma nanopartícula recombinante que contém a glicoproteína spike completa. Ela já

Recomendaciones de la ACC con el nuevo coronavirus

Anosmia um ano após o diagnóstico de COVID-19

O número de pessoas com síndrome pós-COVID-19 parece aumentar de maneira exponencial, motivo pelo qual é necessário dispor de dados de longo prazo para que os médicos possam aconselhar corretamente os pacientes.   Entre os muitos sintomas que podem ser persistentes, a anosmia pós-COVID-19 tem um excelente prognóstico e uma recuperação praticamente completa em um

Top