Outros articles

ticagrelor vs. aspirina

Empagliflozina: melhor qualidade de vida para pacientes com insuficiência cardíaca e função preservada

Empagliflozina: melhor qualidade de vida para pacientes com insuficiência cardíaca e função preservada

A Empagliflozina melhora a qualidade de vida de maneira precoce e sustentada no tempo (por pelo menos um ano) em pacientes com insuficiência cardíaca e função preservada.  Os pacientes com insuficiência cardíaca e função preservada apresentam uma importante deterioração de sua qualidade de vida. O estudo EMPEROR-Preserved avaliou a eficácia da Empagliflozina em vários estados

Dieta proinflamatoria y su potencial para desencadenar eventos cardiovasculares

Diretrizes sobre dieta para melhorar a saúde cardiovascular em 2021

Uma dieta pobre em termos de qualidade se associa a um elevado risco de doença cardiovascular, com a conseguinte morbidade e mortalidade.  Este documento científico faz ênfase na importância de um padrão na alimentação que vá além das comidas ou dos nutrientes: sublinha o papel crítico da nutrição na infância, apresenta-nos elementos para construir hábitos

Estenosis aórtica moderada y disfunción ventricular ¿debería apurarse la indicación del recambio?

O cateter de Swan-Ganz se associa a melhores resultados no choque cardiogênico. A pergunta que fica é: seu uso voltará a se intensificar?

O cateter de Swan-Ganz tem sido usado na prática clínica nos últimos 50 anos, mas sua utilidade continua em debate e seu uso cai em picada.  Uma nova análise publicada no JAHA poderia trazê-lo de volta, pelo menos no cenário do choque cardiogênico, no qual provou melhorar o prognóstico e poder descomplexificar mais rapidamente o

AHA 2021 | CRAVE: Seguridad del café para los trastornos del ritmo

AHA 2021 | CRAVE: Segurança do café para os distúrbios do ritmo

Por um lado, a cafeína pode aumentar algumas arritmias e interferir com o sono. Por outro, contudo, ajuda as pessoas a se sentirem mais energizadas para realizar atividade física.  Esses dados se somam à evidência de que aqueles que apresentem ou estejam em risco de apresentar arritmias supraventriculares ou fibrilação atrial não devem necessariamente evitar

hipertensión refractaria

Aumentar a dose ou agregar novas medicações em pacientes com hipertensão arterial?

Agregar novas drogas a doses moderadas para controlar a hipertensão arterial tem a vantagem de maximizar a eficácia, reduzir efeitos adversos e minimizar custos, entre outras coisas. A grande desvantagem é que o pacientes tem que se lembrar de toda a lista de medicamentos e combinações, com a conseguinte perda de aderência ou esquecimento da

ESC 2021 | STEP: Valores de tensão arterial em idosos: uma discussão que não tem fim

Foram apresentados os resultados do estudo STEP no ESC 2021! A conclusão principal deste trabalho é que um objetivo ideal de tensão arterial de 110 mmHg ou de ao menos < 130 mmHg (em comparação com um objetivo de 130 mmHg ou ao menos < 150 mmHg) conseguiu uma redução absoluta do risco de eventos

ESC 2021 | GREENNESS: Sorpresivo nuevo factor protector contra la enfermedad cardiovascular

ESC 2021 | GREENNESS: Inesperado novo fator protetor contra a doença cardiovascular

O que é o “Greenness”? Em português talvez possamos chamá-lo de “verdor”, embora não exista uma tradução exata para o termo. Esse fator –que é tecnicamente definido como a proximidade ou a presença de vegetação, sendo a mesma medida por fotos de satélites – poderia funcionar como um novo protetor contra a doença cardiovascular.  Este

ESC 2021 | Empagliflozina en insuficiencia cardíaca con función deteriorada y preservada

ESC 2021 | Empagliflozina em insuficiência cardíaca com função deteriorada e preservada

Os resultados completos do EMPEROR-Preserved confirmam os resultados de que a Empagliflozina diminui o risco de morte ou hospitalizações por insuficiência cardíaca (ICC) tanto em pacientes com função deteriorada quanto preservada.  O desfecho primário (uma combinação de morte e hospitalizações por insuficiência cardíaca) foi reduzido em 21% em termos relativos com o inibidor do cotransportador

Pacientes que no siguen nuestro consejo y sorpresivamente tienen menos eventos

Polifarmácia em idosos: que medicamento não podemos suspender?

A polifarmácia é um problema inequívoco nos idosos. Esquecimentos, confusões de doses e de drogas podem gerar problemas diversos, somado ao fato de, com o tempo, muitos pacientes apresentarem deterioração cognitiva, o que torna ainda mais difícil o manejo de esquemas complicados.  Os médicos – cientes do problema – tentam simplificar os esquemas suspendendo algumas

ACC 2021 | Revive la denervación renal de la mano del RADIANCE-HTN TRIO

ACC 2021 | A denervação renal se reafirma com o RADIANCE-HTN TRIO

A denervação renal guiada por ecografia intravascular reduz significativamente a pressão arterial sistólica em comparação com o procedimento encoberto segundo este novo estudo apresentado no congresso do ACC 2021 e simultaneamente publicado na revista The Lancet. A denervação renal reduz a pressão sistólica ambulatorial diurna em 8 mmHg vs. 3 mmHg no ramo procedimento encoberto.

ACC 2021 | Sacubitril/valsartan no es superior al ramipril luego de un IAM

ACC 2021 | PARADISE-MI: Sacubitril/valsartana não é superior ao ramipril após um IAM

Nos pacientes pós-infarto imediato a combinação de Sacubitril/valsartana não diminuiu significativamente o risco de insuficiência cardíaca ou morte cardiovascular em comparação com o ramipril. Esses dados surgem do estudo PARADISE-MI apresentado hoje durante a sessões científicas do congresso do ACC 2021.  O sacubitril/valsartana contava com evidência prévia (basicamente o estudo PARADIGM-HF) sobre sua superioridade em

Top