Cardiopatia Isquêmica crónica articles

Ischemia

A anatomia de alto risco desafia os resultados do ISCHEMIA

A anatomia de alto risco desafia os resultados do ISCHEMIA

Segundo esta recente análise publicada no JAHA, os pacientes com angina crônica estável e anatomia de alto risco se beneficiam da revascularização a longo prazo vs. tratamento conservador.  Isso vai contra o trabalho apresentado por Reynolds H et al no congresso da AHA 2020. O trabalho do Dr. Reynolds foi um subestudo do ISCHEMIA no

Nuevo dispositivo para tener mayor protección en la angioplastia carotídea

Acesso percutâneo axilar para dispositivos de assistência ventricular

A evidência existente para a utilização da artéria axilar como acesso na colocação de um balão de contrapulsação é escassa, e quando falamos de um dispositivo microaxial de assistência ventricular (a família de dispositivos Impella) a evidência é inexistente.  Têm aumentado as indicações clínicas para utilização, durante um curto período, de um dispositivo de assistência.

El uso del ultrasonido intravascular en la angioplastia de tronco no protegido se asocia con mejores resultados en comparación con la angioplastia guiada solo por angiografía.

Imagens intravasculares, a abordagem universal para a otimização das angioplastias

Apesar da robusta informação que respalda o uso das imagens intravasculares durante as angioplastias coronarianas, seu uso na prática clínica continua sendo muito limitado. Este trabalho propõe incorporar um algoritmo prático para a tomada de decisões em cada passo do procedimento e assim poder ampliar sua utilização.  A taxa de falha do stent não mudou

Efecto a largo plazo de los balones liberadores con bajas dosis de paclitaxel

O FFR global como prognóstico em vez da isquemia

O fluxo fracionado de reserva (FFR) global consiste em somar o resultado da medição nos três principais vasos coronarianos. O número resultante representa o valor aterosclerótico fisiológico e pode predizer eventos a longo prazo que produzem isquemia em pacientes sem lesões estenóticas.  Este recente estudo publicado no JAHA analisou os eventos cardiovasculares maiores (morte, infarto

Protrusión de placa en angioplastia carotidea ¿Qué riesgo implica y cómo prevenirlo?

O volume de placa acima do grau de estenose

Todos os paradigmas mudam em algum momento. Após anos opacado pelo grau de estenose, emerge o volume de placa como um melhor preditor de eventos cardiovasculares e morte. Assim, pacientes com um grau comparável de carga aterosclerótica teriam um prognóstico similar sem importar o fato de as lesões serem ou não obstrutivas.  O objetivo deste

Dietas bajas en carbohidratos y progresión de la calcificación coronaria

Dietas com baixos teores de carboidratos e progressão da calcificação coronariana

As pessoas que começam a fazer dietas com baixos teores de carboidratos ainda na juventude apresentam um risco incrementado de progressão da calcificação coronariana, particularmente quando os carboidratos são substituídos por proteínas e gorduras animais.  Foram incluídos participantes do estudo CARDIA (Coronary Artery Risk Development in Young Adults) que submetidos a uma tomografia entre o

AHA 2020 | AFFIRM-AHF: Suplemento de hierro y menos hospitalizaciones por insuficiencia cardíaca

AHA 2020 | Efeito do evolocumabe em coronária complexa que requer revascularização

O evolocumabe, um inibidor do PCSK9, mostrou uma significativa redução do risco de desenvolver doença coronariana complexa que requer revascularização (seja angioplastia complexa ou cirurgia de revascularização miocárdica).  Os inibidores da pró-proteína convertase subtilisina/quexina tipo 9 (PCSK9) induzem regressão das placas e poderiam eventualmente reduzir a necessidade de revascularização, especialmente as revascularizações complexas.   O estudo

AHA 2020 | El riesgo aumenta cuando los operadores no “escuchan” al FFR

AHA 2020 | O risco aumenta quando os operadores não “escutam” o FFR

Quando a decisão de avançar com uma angioplastia é tomada apesar do resultado negativo do FFR (algo frequente na prática clínica diária) os resultados em 5 anos são muito piores. Esta informação surge de um grande registro canadense que foi apresentado nas sessões científicas da AHA 2020 e simultaneamente publicado no JAMA. Realizar uma angioplastia

AHA 2020 | El clopidogrel resiste como la mejor opción en pacientes electivos

AHA 2020 | O clopidogrel persiste como a melhor opção em pacientes eletivos

Os pacientes de alto risco que são submetidos a uma angioplastia eletiva e são tratados com um esquema antiplaquetário mais potente (ticagrelor) em vez do clássico clopidogrel, não têm nenhum benefício em termos de maior proteção em eventos periprocedimento, mas sim, maior custo econômico e sangramentos menores. Estes são os resultados do estudo ALPHEUS apresentados

Stress mental, activación de la corteza frontal y angina de pecho

Estresse mental, ativação do córtex frontal e angina de peito

Historicamente, pensamos que o estresse mental poderia induzir angina por aumento do nível de catecolaminas e do duplo produto de uma maneira similar ao que faz o estresse físico.  Este inovador trabalho publicado no Circ Cardiovasc Imaging mostra que a ativação de lugares específicos do cérebro se associa de maneira independente à angina e a

Angioplastia em pacientes estáveis sem aspirina e com prasugrel: a inovação avançada

Os inibidores potentes do receptor P2Y12 como o prasugrel e o ticagrelor foram testados principalmente no contexto de síndromes coronarianas agudas. Há pouca evidência em pacientes estáveis, especialmente para o prasugrel. Desenhar um estudo com este propósito já parecia bastante desafiante, mas o fato de tirar a aspirina do esquema de dupla antiagregação em pacientes

Top