Cardiopatia Isquêmica crónica articles

Inflamación crónica, enfermedad coronaria y cáncer: distintas caras de una misma moneda

Inflamação crônica, doença coronariana e câncer: distintas caras de uma mesma moeda

Inflamação crônica, doença coronariana e câncer: distintas caras de uma mesma moeda

Um grau leve de inflamação objetivado por uma elevação nos níveis plasmáticos de proteína C reativa são um fator de risco para a doença cardiovascular. Existe também evidência de que dita inflamação poderia estar relacionada com um maior risco de câncer.  Este estudo prospectivo avalia a relação entre graus baixos de inflamação sistêmica e o

Pretratamiento con estatinas para prevenir eventos peri angioplastia carotidea

Prevenção secundária: uma responsabilidade que não deveríamos delegar

Após uma angioplastia coronariana o uso de fármacos de comprovada eficácia na redução de eventos maiores vai declinando com o tempo, o que se relaciona com um pior prognóstico para nossos pacientes.  Às vezes, sem querer, podemos transmitir a sensação aos pacientes de que depois do implante do stent a artéria está “curada” ou que

La angina microvascular podría tener gradientes de riesgo

A angina microvascular poderia ter gradientes de risco

Este trabalho recentemente publicado no JACC abre o caminho para identificar os pacientes de maior risco entre aqueles que não têm doença coronariana específica, mas apresentam sintomas anginosos.  A evidência de vasoespasmo e de um incremento da resistência da microcirculação em pacientes com angina (mas sem doença obstrutiva epicárdica) se associa a um incremento do

AHA 2019 | ISCHEMIA-CKD: insuficiencia renal crónica y enfermedad coronaria estable

AHA 2019 | ISCHEMIA-CKD: insuficiência renal crónica e doença coronariana estável

Dentre os pacientes do ISCHEMIA global, aqueles com insuficiência renal crônica são um subgrupo de especial alto risco. No entanto, do mesmo modo que ocorreu com a população geral do estudo, uma estratégia invasiva com coronariografia seguida de revascularização não melhorou os eventos  Segundo a apresentação do Dr. Bangalore durante as sessões científicas do AHA

Ischemia

AHA 2019 | ISCHEMIA: A estratégia invasiva é similar ao tratamento médico

Após vários anos de seguimento, o International Study of Comparative Health Effectiveness With Medical And Invasive Approaches (ISCHEMIA) mostrou que a estratégia invasiva mais tratamento médico ótimo não oferece benefícios em prevenir eventos cardiovasculares maiores em comparação com o tratamento médico ótimo em pacientes estáveis com doença coronariana moderada a severa.  O anteriormente afirmado é

La ATC es una alternativa válida en el TCI

O caminho rumo a uma angioplastia “mais perfeita” já está sendo percorrido

O objetivo da revascularização, seja por angioplastia, seja por cirurgia, é reestabelecer um fluxo suficiente ao miocárdio. Isto é óbvio mas, depois de milhões de “bem-sucedidos” procedimentos feitos com a melhor tecnologia em stents farmacológicos e tratamento médico otimizado, continuamos tendo uma alta proporção de pacientes que evoluíram com novos eventos.  Um resultado angiográfico ótimo

¿La elevación de marcadores luego de una angioplastia electiva no debería preocuparnos?

A elevação de marcadores após uma angioplastia eletiva não deviria nos preocupar?

Após uma angioplastia coronariana em pacientes estáveis tratados com stents farmacológicos de última geração a elevação de marcadores continua sendo algo comum. No entanto, somente a elevação da Ck-Mb deveria nos preocupar, já que se associou a um aumento da mortalidade em um ano. Segundo este trabalho recentemente publicado no J Am Coll Cardiol Intv.,

¿Se debe tener en cuenta el género para revascularizar el tronco?

Diferenças de gênero nas medições de iFR e FFR: alguma é mais adequada que outra dependendo do sexo?

De acordo com esta análise post hoc do estudo DEFINE-FLAIR, o gênero dos pacientes parece afetar os resultados do FFR mas não os do iFR. Embora estes resultados não estivessem especificados no protocolo e tenham de ser confirmados, poderiam afetar o padrão ouro para a avaliação funcional das lesões.  Apesar do anteriormente afirmado, os resultados

La performance diagnóstica del iFR hace temblar al FFR

Discordância entre iFR e FFR: qual dos dois é o mais importante?

O Dr. Seung Hun e colaboradores publicarão nos próximos dias no J Am Coll Cardiol Intv 2019 um estudo que não só responde à pergunta enunciada no título, mas também nos traz tranquilidade em relação às decisões que tomamos com base em uma outra medição.  Este trabalho avaliou as características fisiológicas das lesões com resultados

Highlights TCT 2019

TCT 2019 | Angioplastia em lesões estáveis: antes do TAVI, durante o TAVI ou nunca?

Gentileza da SBHCI. Este interessante trabalho apresentado no TCT 2019 e simultaneamente publicado no Am J Cardiol nos diz que a angioplastia em lesões estáveis não parece reduzir o risco em pacientes com estenose aórtica severa que recebem implante percutâneo da valva aórtica (TAVI). Segundo os pesquisadores, a não ser que os pacientes tenham sintomas,

Highlights TCT 2019

TCT 2019 | IVUS-XPL: 5 anos de seguimento para a angioplastia guiada por angiografia vs. IVUS

Gentileza da SBHCI. O objetivo deste trabalho apresentado nas sessões científicas do TCT 2019 e simultaneamente publicado no JACC Intv. foi demonstrar o benefício do IVUS na angioplastia. O estudo IVUS-XPL randomizou 1.400 pacientes com lesões coronarianas longas (≥ 28 mm) a angioplastia guiada por IVUS (n = 700) vs. guiada por angiografia (n =

Top