Cardiopatia Isquêmica crónica articles

IVUS vs OCT para guiar la angioplastia ¿Cuál elegir?

IVUS vs OCT para guiar a angioplastia: o que escolher?

IVUS vs OCT para guiar a angioplastia: o que escolher?

Controlar a correta expansão do stent com tomografia de coerência ótica (OCT) utilizando uma estratégia baseada na medição da membrana elástica externa teve um resultado não inferior ao controle com ultrassom intravascular (IVUS) e superior ao da angiografia feita isoladamente. Somando a evidência deste trabalho à prévia, deveríamos utilizar a imagem intravascular que tivermos disponível.

ffr tomografia

Concordância entre tomografia e angiografia em pacientes do ISCHEMIA

A angiografia guiada por tomografia mostrou uma alta concordância com a angiografia convencional para identificar doença coronariana significativa e descartar doença do tronco.  Dita angiografia por tomografia foi feita em um grupo de pacientes antes da randomização no estudo ISCHEMIA.  Estes dados serão proximamente publicados no JACC imagens e somam muita evidência a favor do

reserva fraccional de flujo

Tratar lesões vulneráveis com FFR negativo será o futuro da prevenção?

Para muitos pacientes a primeira manifestação da doença coronariana é um infarto agudo do miocárdio ou inclusive a morte súbita.  As modificações do estilo de vida e o tratamento médico são os pilares fundamentais para evitar esses sérios eventos, mas é impossível não nos fazermos a pergunta: poderia uma angioplastia preventiva evitar o problema? O

Esquema corto y monoterapia, una práctica llena de evidencia

Esquema curto e monoterapia, uma prática com muita evidência

Um esquema de 1 a 3 meses de dupla antiagregação plaquetária (DAPT) seguido de monoterapia de um inibidor P2Y12 após o implante de um stent farmacológico (DES) de 2ª geração é mais seguro e tem a mesma efetividade de um esquema tradicional. A ideia é clara, mas por que não se testou continuar apenas com

Impacto del FFR post stent ¿dato útil o solo una curiosidad?

Impacto do FFR pós-stent: dado útil ou apenas uma curiosidade?

Um resultado subótimo do fluxo fracionado de reserva (FFR) após o implante do stent tem um impacto apenas moderado nos eventos clínicos duros, mas pode predizer uma chance muito maior de reintervenções.  O FFR demonstrou – e continua demonstrando – um enorme impacto na tomada de decisões na hora de revascularizar ou não uma lesão.

Tratamiento médico óptimo

É possível alcançar o tratamento médico ótimo fora dos estudos clínicos

No período de 12 semanas prévias à randomização do estudo ORBITA foi possível otimizar com sucesso toda a medicação antianginosa.  O mais importante é que a otimização foi muito bem tolerada pelos pacientes, com escassos efeitos adversos que obrigaram a suspender a droga responsável.  A prática clínica encara com certo ceticismo a possibilidade de alcançar

ticagrelor_enfermedad_vascular_periférica

Benefício clínico específico do ticagrelor a longo prazo

O ticagrelor reduz o risco isquêmico em pacientes com antecedente de infarto agudo do miocárdio, mas aumenta o risco de sangramento. Este delicado equilíbrio é fundamental na hora de indicar o ticagrelor a longo prazo nos pacientes com antecedente de infarto. O estudo PEGASUS-TIMI 54 randomizou 21.162 pacientes com antecedente de infarto a ticagrelor 60

El éxito en las CTO reduce la isquemia residual local y a distancia

É necessário revascularizar antes do TAVI

A prevalência de doença nos pacientes com estenose aórtica severa varia muito: a partir de 80% nos pacientes inoperáveis até somente 15% segundo os mais recentes trabalhos que incluíram pacientes de baixo risco.  Devido à alta complexidade observada nos pacientes com doença coronariana, os guias sugerem considerar a revascularização com by-pass coronariano naqueles que requerem

DES con polímero bioabsorbible vs Bare Metal Stents en angioplastia primaria

Cai o último bastião dos stents convencionais

Múltiplos estudos provaram a segurança e eficácia dos stents farmacológicos (DES) em pacientes com alto risco de sangramento. Restava um último bastião para os stents convencionais (BMS): as pontes venosas.  Com evidência controversa e uma fisiopatologia diferente, muitos ainda discutiam a segurança dos DES em pontes venosas.  Este trabalho multicêntrico randomizou pacientes com lesões em

Saltearse el desayuno y riesgo cardiovascular

Regressão de placas de alto risco com mudanças do estilo de vida

Uma intervenção na dieta e no estilo de vida de nossos pacientes somada à terapia médica ótima é capaz de diminuir o ritmo da progressão e reduzir o volume de placas moles em comparação com o tratamento médico unicamente. As mudanças no estilo de vida e na dieta estão entre as estratégias mais importantes para

Colchicina post infarto: buenos resultados y costo-efectivo

Reduzir a inflamação crônica da aterosclerose com uma velha droga

A inflamação tem um papel crucial na progressão da aterosclerose. Recentemente, o estudo COLCOT mostrou o benefício do uso da colchicina em eventos cardiovasculares. Esta velha e conhecida droga tem seu efeito anti-inflamatório atenuando a cascata mediada pelo NLRP3. Isso explica seu efeito sobre os cristais de ácido úrico na gota, mas o mesmo efeito

Top