Uma nova opção para a angioplastia da artéria femoral comum

Gentileza do Dr. Carlos Fava.

 angioplastia da artéria femoral comumA doença aterosclerótica da femoral comum era, até pouco tempo atrás, de resolução cirúrgica. Porém, na atualidade, com o maior treinamento dos intervencionistas e os novos balões, começou a haver avanços nessa área. As calcificações severas, no entanto, continuam sendo um grande limitante.

 

O objetivo deste trabalho foi avalizar a factibilidade e eficácia em um ano do tratamento endovascular da artéria femoral comum utilizando de forma combinada a aterectomia direcional e o balão eluidor de paclitaxel.

 

Foram incluídos 30 pacientes que apresentavam claudicação intermitente severa ou tinham isquemia crítica que receberam angioplastia periférica com balão eluidor de fármaco e aterectomia direcional.

 

A idade média foi de 78 anos, sendo a maioria homens e diabéticos. Cinco pacientes apresentavam deterioro severo da função renal (GFR < 30 ml/min), dos quais três requeriam diálise.

 

O sucesso técnico e do procedimento foi obtido em todos os pacientes e em somente 3 foi necessário o implante de stent.

 

Em um ano de seguimento, conseguiu-se a salvação do membro em todos os pacientes e não houve amputações maiores. A reestenose se apresentou em 2 pacientes e a necessidade de revascularização em um. A perviedade secundária foi de 96,7% e a liberdade de eventos maiores no membro tratado foi de 93,4%.

 

Conclusão

Este estudo prospectivo sugere que a combinação de aterectomia direcional e balão eluidor de paclitaxel é segura e efetiva como alternativa à cirurgia. Além disso, constitui-se em uma opção para o tratamento da artéria femoral comum e proporciona resultados alentadores nesse contexto.

 

Comentário editorial

As lesões da femoral comum são uma das mais desafiantes por sua localização anatômica e por sua limitada opção para colocar o stent.

 

A combinação dessas duas tecnologias poderia ajudar a resolver o problema mediante a estratégia endovascular, mas seria necessário o desenvolvimento de stents de maior flexibilidade e menor taxa de fraturas para esse território.

 

Gentileza do Dr. Carlos Fava. Fundação Favaloro, Buenos Aires, Argentina.

 

Título original: Combined use of directional atherectomy and drug-coated balloon for the endovascular treatment of common femoral artery disease: inmediate and one year outcomes.

Referência: Angel Cioppa et al. EuroIntervention 2017;12:1789-1794.


Gostaria de receber um resumo semanal com os últimos artigos científicos?








Sua opinião nos interessa. Pode deixar abaixo seu comentário, reflexão, pergunta ou o que desejar. Será mais que bem-vindo.

*

Top