Tag Archives: balão farmacológico

EuroPCR 2019 | BASKET-SMALL 2: balones farmacológicos vs DES en vasos pequeños

EuroPCR 2019 | BASKET-SMALL 2: balões farmacológicos vs. DES em vasos pequenos

EuroPCR 2019 | BASKET-SMALL 2: balões farmacológicos vs. DES em vasos pequenos

Este subestudo angiográfico respalda a segurança dos balões farmacológicos nos vasos pequenos. Os DES, apesar de um melhor resultado angiográfico, apresentaram 8 casos de trombose de stent vs. nenhum caso dos balões farmacológicos. A utilização de balões farmacológicos em pacientes com vasos pequenos parece segura e os resultados angiográficos após um ano são comparáveis aos

REVELATION: Balones liberadores de droga en infartos con supradesnivel del segmento ST

EuroPCR 2019 | REVELATION: Balões eluidores de droga em infartos com supradesnivelamento do segmento ST

Os balões eluidores de drogas no contexto de um infarto agudo do miocárdio com supradesnivelamento do segmento ST parecem ser seguros e factíveis sob certas circunstâncias. Este estudo unicêntrico deu o pontapé inicial para continuarmos estudando a possibilidade de “não deixar nada para trás” após uma angioplastia primária. Este pequeno estudo randomizado revitaliza os balões

Los DES de última generación presentan mejores resultados en puentes venosos que los DES antiguos y BMS

Balões vs. stents farmacológicos justo quando o paclitaxel está no olho do furacão

Depois de a FDA ter lançado um alerta sobre os dispositivos com paclitaxel em território femoropoplíteo e isso ter motivado a suspensão de alguns estudos em andamento, a verdade é que ditos dispositivos têm comprovada eficiência e continuam sendo utilizados. O aumento da mortalidade observada na metanálise que motivou o alerta da FDA tem várias

Los balones farmacológicos pasaron la prueba del tiempo en territorio femoropoplíteo

Alerta da FDA sobre balões e stents farmacológicos em território femoropoplíteo

A FDA publicou um alerta sobre o risco potencial a longo prazo dos balões recobertos com paclitaxel e dos stents eluidores de paclitaxel em pacientes com lesões em território femoropoplíteo. De acordo com o documentado em um estudo recente, estão sendo avaliados signos de aumento da mortalidade a longo prazo nos pacientes com doença da

Efecto a largo plazo de los balones liberadores con bajas dosis de paclitaxel

Efeito a longo prazo dos balões eluidores com baixas doses de paclitaxel

O efeito benéfico do tratamento com balões eluidores de baixas doses de paclitaxel se sustenta no tempo de acordo com o demonstrado pela primeira vez neste trabalho randomizado. Concretamente, este estudo demonstrou uma diferença estatisticamente significativa a favor dos balões eluidores de paclitaxel vs. angioplastia convencional em 2 anos. A segurança e eficácia da nova

El primer balón liberador de sirolimus probado en reestenosis intrastent demostró excelentes resultados

O primeiro balão eluidor de sirolimus provado em reestenose intrastent apresentou excelentes resultados

Houve muito progresso desde os estudos que mostraram mais de 40% de nova revascularização da angioplastia com balão convencional por reestenose de um stent BMS. Os stents farmacológicos chegaram para melhorar o problema, mas nunca alcançaram 0% de reestenose, motivo pelo qual surgiram tecnologias como os balões eluidores de paclitaxel, que mostraram uma eficácia razoável (reintervenções de entre 8% e

Resultados a 2 años del balón farmacológico Lutonix sobre la femoral superficial

Resultados de 2 anos de seguimento do balão farmacológico Lutonix sobre a femoral superficial

A bibliografia está cheia de estudos clínicos que avaliaram a angioplastia na doença vascular periférica com taxas de reestenose tão altas que chegavam a 40% e a 60% em 6 e 12 meses.   Os balões farmacológicos aumentaram significativamente a perviedade primária, mas na maioria das vezes foram testados em lesões curtas, com pouca calcificação e sem oclusões totais.

Diferentes técnicas para mejorar los resultados en claudicación intermitente

Diferentes técnicas para melhorar os resultados em claudicação intermitente

As doenças vasculares periféricas afetam ao redor de 20% da população geral, e pode chegar a até 30% dentre aqueles que têm fatores de risco cardiovasculares.   Os pontos mais importantes do tratamento incluem modificar os fatores de risco, fazer atividade física, tratamento médico ótimo e revascularização oportuna.   Dado o menor risco de complicações periprocedimento (em

angioplastia de la arteria femoral común

Uma nova opção para a angioplastia da artéria femoral comum

Gentileza do Dr. Carlos Fava. A doença aterosclerótica da femoral comum era, até pouco tempo atrás, de resolução cirúrgica. Porém, na atualidade, com o maior treinamento dos intervencionistas e os novos balões, começou a haver avanços nessa área. As calcificações severas, no entanto, continuam sendo um grande limitante.   O objetivo deste trabalho foi avalizar

balon liberador de paclitaxel eficacia a largo plazo

Balão eluidor de paclitaxel em femoral: eficaz em longo prazo?

Em pacientes com doença vascular periférica sintomática, o balão eluidor de paclitaxel mostrou uma eficácia superior a 3 anos quando comparado ao balão convencional. Ademais mostrou muito bons resultados em um ano quando foi testado no mundo real fora dos estritos critérios de inclusão e exclusão dos ensaios clínicos.   Tanto o IN.PACTA SFA Trial

Top