Risco isquêmico e riso de sangramento após uma angioplastia primária

Os pacientes com um infarto com supradesnivelamento do segmento ST em curso que são submetidos a angioplastia primária apresentam um alto risco, tanto de eventos isquêmicos como hemorrágicos, e ambos afetam significativamente a morbidade e a mortalidade. A seleção ótima de antitrombóticos em termos de potência e duração deve levar em conta o momento do processo, já que o risco de ambas as complicações pode variar com o tempo.

Trombosis y riesgo de sangrado

No estudo HORIZON-AMI (Harmonizing Outcomes with Revascularization and Stents in Acute Myocardial Infarction) foram incluídos 3.602 pacientes e todos os eventos isquêmicos e hemorrágicos foram classificados de acordo com o momento em que se apresentaram: agudos (≤ 24 horas após a angioplastia), subagudos (de 1 a 30 dias) ou tardios (entre 30 dias e um ano). Todos os pacientes receberam aspirina e clopidogrel por um ano. Os eventos isquêmicos incluíram morte cardíaca, reinfarto e trombose definitiva. Os eventos hemorrágicos foram todos os sangramentos maiores e menores não relacionados à cirurgia de revascularização miocárdica.


Leia também: A complexidade da angioplastia pode definir o tempo de dupla antiagregação”.


Ambos os riscos diminuíram exponencialmente à medida que o tempo foi passando (p < 0,001). Na fase aguda, a chance de sangramento e trombose foi similar, mas na fase subaguda o risco de sangramento foi maior. Após o primeiro mês e até um ano (fase tardia) o risco isquêmico excedeu acentuadamente o risco de sangramento (p < 0,001).

 

Conclusão

Tanto o risco de trombose quanto o de sangramento diminuíram significativamente com o transcorrer do tempo após uma angioplastia primária. Embora o risco de sangramento seja maior a princípio, após 30 dias o risco isquêmico o excede significativamente, o que favorece a ideia de continuar com a dupla antiagregação por um ano.

 

Comentário editorial

Muitos eventos trombóticos ocorreram com a suspensão da antiagregação após um sangramento, e muitos eventos hemorrágicos foram consequência do aumento da dose ou de drogas antiagregantes e antitrombóticas após um evento isquêmico. No entanto, tal inter-relação foi menor que a esperada e a maioria dos eventos foram independentes em termos temporais.

 

O trabalho tem várias limitações:

  • Por um lado, foram utilizados somente stents farmacológicos de primeira geração, o que com certeza afetou a taxa de tromboses.
  • Não houve um ramo que tenha utilizado somente heparina, que é o mais frequente na prática cotidiana atual de nosso meio.
  • Mais de 90% dos procedimentos foram feitos por acesso femoral, o que com certeza afetou a taxa de sangramento.

 

Título original: Characterization of the Average Daily Ischemic and Bleeding Risk After Primary PCI for STEMI.

Referência: Gennaro Giustino et al. J Am Coll Cardiol 2017;70:1846–57.


Gostaria de receber um resumo semanal com os últimos artigos científicos?




Sua opinião nos interessa. Pode deixar abaixo seu comentário, reflexão, pergunta ou o que desejar. Será mais que bem-vindo.

3 Comments

  1. Edilene said:

    Bom dia! Gostaria que me tirassem uma dúvida, minha mãe estava internada ha mais ou menos um mês por causa de um infarto, ela tava tratando tbm de outros problemas de saúde para poder fazer um cateterismo, teve uma melhora e fez o cateterismo, correu tudo bem, depois de uns dois oi três dias, fez uma angioplastia, foi um sucesso, porém ficou um sangramento por onde foi colocado o cateter e teve uma piora e quando foi a noite faleceu em decorrência dessa hemorragia que não conseguiram estancar e ela teve três parada cardíaca antes de falecer e não teve jeito. Ela tava boa e viva até o momento que fez a angioplastia. Alguém por favor me explica o porquê disso. Se ela não tivesse feito essa angioplastia, ela iria viver quantos tempos mais. Será que ela poderia ficar sem fazer a angioplastia? E porque que ocorreu essa hemorragia? Me tirem todas as dúvidas por favor!

  2. Zelair dos Santos Gonçalves said:

    Meu esposo teve infarte e colocou atento fazem uns três meses, agora começou a sangrar o nariz, quais os perigos disso estar acontecendo?

    • solaci said:

      Estimada, nuestra sociedad no puede hacer diagnósticos o evaluaciones particulares. Le recomendamos que consulte a su médico. Saludos cordiales

*

Top