Síndromes Coronarios Agudos articles

Nuevo dispositivo para tener mayor protección en la angioplastia carotídea

Acesso percutâneo axilar para dispositivos de assistência ventricular

Acesso percutâneo axilar para dispositivos de assistência ventricular

A evidência existente para a utilização da artéria axilar como acesso na colocação de um balão de contrapulsação é escassa, e quando falamos de um dispositivo microaxial de assistência ventricular (a família de dispositivos Impella) a evidência é inexistente.  Têm aumentado as indicações clínicas para utilização, durante um curto período, de um dispositivo de assistência.

Desafíos pendientes con el acceso radial

Desafios pendentes em relação ao acesso radial

O recente estudo SAFARI-STEMI comparou o acesso radial com o femoral em pacientes cursando um infarto com supradesnivelamento do segmento ST sem encontrar diferenças significativas entre as duas estratégias. Os resultados deixaram um sabor amargo nos entusiastas do acesso radial, convencidos de seus benefícios e não dispostos a voltar atrás.  Dito sabor amargo não está

El uso del ultrasonido intravascular en la angioplastia de tronco no protegido se asocia con mejores resultados en comparación con la angioplastia guiada solo por angiografía.

Imagens intravasculares, a abordagem universal para a otimização das angioplastias

Apesar da robusta informação que respalda o uso das imagens intravasculares durante as angioplastias coronarianas, seu uso na prática clínica continua sendo muito limitado. Este trabalho propõe incorporar um algoritmo prático para a tomada de decisões em cada passo do procedimento e assim poder ampliar sua utilização.  A taxa de falha do stent não mudou

El acceso radial se asocia a menor mortalidad y menor sangrado en los pacientes cursando un infarto con supradesnivel del segmento ST que reciben angioplastia primaria.

O acesso radial continua sendo a melhor opção para a angioplastia primária

O acesso radial se associa a menor mortalidade e menos sangramento nos pacientes cursando um infarto com supradesnivelamento se segmento ST que são submetidos a angioplastia primária.  Isso tinha sido colocado em dúvida pelo recente estudo SAFARI-STEMI, mas após incluir seus resultados para realizar uma nova metanálise a balança se inclinou claramente a favor do

AHA 2020 | En gran medida, las imágenes encuentran la causa de MINOCA

AHA 2020 | Em grande parte as imagens encontram a causa da MINOCA

As imagens intravasculares com tomografia de coerência ótica (OCT) e a ressonância magnética permitem identificar a causa do infarto em 85% das mulheres sem obstruções coronarianas na angiografia.  Os infartos sem doença coronariana obstrutiva (MINOCA) afetam desproporcionalmente às mulheres e durante muito tempo nós consideramos ditos eventos como “falsos positivos”. O estudo HARP incluiu 301

ticagrelor vs. aspirina

Ticagrelor ou prasugrel em infartos com supradesnivelamento do ST

Em pacientes cursando um infarto com supradesnivelamento do segmento ST (STEMI) que são submetidos a angioplastia primária não foram observadas diferenças significativas entre o prasugrel e o ticagrelor. Isso se associou com um número significativamente maior de infartos recorrentes quando o evento é considerado separadamente.  As comparações de eficácia e segurança entre os dois mais

Antiagregantes em população idosa: são seguros os novos inibidores do P2Y12?

Os pacientes idosos devem se resignar ao clopidogrel? O primeiro grande estudo com prasugrel mostrou um inaceitável aumento do sangramento na população idosa, sugerindo utilizar 5 mg (embora com uma população pequena na qual era difícil conhecer a eficácia de dita dose).  Depois chegou o ticagrelor com evidência de maior eficácia vs. o clopidogrel sem

STEMI

10 mandamentos das novas diretrizes de infartos sem supradesnivelamento do ST

No ano 2020 foram apresentadas as novas diretrizes para o manejo dos pacientes com síndromes coronarianas agudas sem supradesnivelamento do segmento ST (NSTEMI) da Sociedade Europeia de Cardiologia (ESC).  Este documento passou algo despercebido no contexto da pandemia por COVID-19, motivo pelo qual parece um bom momento para revisá-lo e estabelecer alguns “mandamentos” práticos (algo

Seguridad de combinar los nuevos anticoagulantes y la doble antiagregación

É conveniente a dupla antiagregação nas SCA sem ST?

O pré-tratamento com um inibidor do receptor P2Y12 dos pacientes cursando uma síndrome coronariana aguda SEM supradesnivelamento do segmento ST (SCA sem ST) não se associa a uma melhora clínica e sim a um aumento do risco de sangramento. Tratar com antiagregantes plaquetários os pacientes com SCA sem ST é frequente na prática clínica diária

TCT 2020 | Nueva información sobre el valor del FFR antes y después de la angioplastia

TCT 2020 | O mito de polímero biodegradável parece chegar ao fim

Este é o maior e mais novo estudo que comparou stents farmacológicos com polímero durável vs. polímero biodegradável ou bioabsorvível. Como já ocorreu tantas outras vezes, as teorias não condizem com a realidade. O estudo mostrou que o polímero não parece ter um papel importante no desempenho dos stents farmacológicos ou ao menos é isso

TCT 2020 | Guiar com IVUS todas as angioplastias deveria ser o nosso próximo objetivo

O benefício de guiar todas as angioplastias realizadas com DES de 2ª geração com ultrassonografia intravascular coronariana (IVUS) persiste após 3 anos de seguimento. Estes dados surgem do seguimento estendido do estudo ULTIMATE apresentado no Congresso TCT 2020 virtual e simultaneamente publicado no JACC Int A falha do vaso alvo no seguimento de 3 anos continuou sendo

Top