TCT 2019 | Mitral Valve-in-Valve: resultados do primeiro ano de seguimento da Sapien 3 em posição mitral para biopróteses com mau funcionamento

Gentileza da SBHCI.

O objetivo deste trabalho foi avaliar os resultados contemporâneos do valve-in-valve em posição mitral usando a prótese Sapien 3, ver as diferenças com os acessos transapical e transeptal e determinar os preditores de mortalidade em um ano.

Highlights TCT 2019

Os dados do registro STS/ACC/TVT foram analisados com 1.576 pacientes que receberam este procedimento em 271 centros. Para a maioria o acesso foi transeptal (n = 1.326) e em uns poucos foi transapical (n = 203).

Este tratamento se associou a uma alta taxa de sucesso (97,1% por acesso transeptal e 94,5% para o acesso transapical), poucas complicações e uma taxa de mortalidade em 30 dias muito menor (5% por acesso transeptal e 8% por acesso transapical).

A maioria dos pacientes apresentou uma melhora significativa de sua qualidade de vida em 30 dias, o que se manteve em um ano.

Gentileza da SBHCI.

Link a publicação da SBHCI AQUI

Descargar (PDF, Unknown)

Título do artigo original: Mitral Valve-in-Valve: 1-Year Outcomes of Transcatheter Mitral Valve Replacement for Degenerated Mitral Bioprotheses.

Autor do artigo original: Mayra Guerrero.


Gostaria de receber um resumo semanal com os últimos artigos científicos?

Sua opinião nos interessa. Pode deixar abaixo seu comentário, reflexão, pergunta ou o que desejar. Será mais que bem-vindo.

*

Top