Válvula Mitral articles

MitraClip no “Mundo Real”

MitraClip no “Mundo Real”

Gentileza do Dr. Carlos Fava. A insuficiência mitral (IM) é a valvopatia mais frequente na Europa e nos Estados Unidos, alcançando aproximadamente 10% dos pacientes com mais de 75 anos e implicando uma maior morbidade e mortalidade. O tratamento de escolha é a reparação em vez do implante para manter o aparato subvalvar que contribui

TAVI en bajo riesgo con “cero” mortalidad y “cero” stroke

A importância da etiologia da insuficiência mitral

Gentileza do Dr. Carlos Fava. A etiologia da insuficiência mitral (IM) pode ser primária, orgânica ou degenerativa e secundária ou funcional. Estas duas entidades apresentam uma fisiopatologia diferente. A estratégia para seu tratamento é diferente e na atualidade a terapia edge-to-edge com MitraClip surge como uma alternativa válida nos pacientes de alto risco. Analisaram-se 943

Más coincidencias de las esperadas entre válvulas bicúspides y tricúspides

Qual a importância da insuficiência tricúspide associada ao TAVI?

Gentileza do Dr. Carlos Fava. A insuficiência mitral severa ou moderada a severa se associa a uma pior evolução no TAVI, mas não devemos esquecer a valva tricúspide que – embora não esteja muito estuda – também se associaria a um impacto negativo em sua evolução. Realizou-se uma metanálise de 12 estudos com um total

A reparação da valva mitral com MitraClip demonstrou ser factível e segura

A reparação percutânea da valva mitral (TMVR) com o dispositivo MitraClip demonstrou ser factível e segura, constituindo-se em uma opção válida para os pacientes sintomáticos com insuficiência mitral severa com risco proibitivo. Neste estudo, o procedimento alivia os sintomas, a insuficiência cardíaca e tem um potencial benefício sobre o remodelamento ventricular. No entanto, muitos pacientes

La reparación de la válvula mitral con Mitraclip es segura en pacientes de alto riesgo

MitraClip “Off Label” com bons resultados

Gentileza do Dr. Carlos Fava. A insuficiência mitral é a doença valvar mais frequente, chegando a atingir mais de 6% dos idosos a partir de 65 anos. Atualmente, a cirurgia é a estratégia de escolha, sendo o tratamento percutâneo uma alternativa válida.   Na atualidade, não se avaliou qual é a evolução a longo prazo

MitraClip: ¿debemos intervenir antes a nuestros pacientes?

Monitoramento da pressão atrial durante o MitraClip além da ecocardiografia

O objetivo deste trabalho foi avaliar a utilidade adicional de medir a pressão no átrio esquerdo como complemento das imagens do ecocardiograma Doppler transesofágico. A eficácia do procedimento é medida em sala pelos resultados do eco. No entanto, estas medições dependem do operador e podem ser influenciadas pela função do ventrículo esquerdo e pela complacência

TCT 2018 | REDUCE-FMR: Anuloplastia indirecta en insuficiencia mitral secundaria

TCT 2018 | REDUCE-FMR: Anuloplastia indireta em insuficiência mitral secundária

Estudos prévios como o AMADEUS, TITAN ou TITAN II mostraram redução da insuficiência mitral (IM) com o dispositivo Carillon. Este trabalho randomizado e controlado com procedimento simulado (sham procedure) testou a efetividade deste dispositivo em insuficiência mitral secundária. O desfecho primário foi a redução da IM avaliado por ecocardiografia (core lab cego) e o secundário

TCT 2018 | COAPT: MitraClip en pacientes con insuficiencia mitral secundaria

TCT 2018 | COAPT: MitraClip em pacientes com insuficiência mitral secundária

Os pacientes com insuficiência cardíaca (ICC) e insuficiência mitral (IM) secundária à dilatação e disfunção do ventrículo têm um prognóstico reservado. O tratamento percutâneo da valva mitral nestes pacientes poderia melhorar ao menos os sintomas. O estudo foi realizado em 78 centros dos Estados Unidos e do Canadá e foram incluídos pacientes com insuficiência mitral

La reparación de la válvula mitral con Mitraclip es segura en pacientes de alto riesgo

Reparação da valva mitral em pacientes com insuficiência cardíaca

A valva mitral é um complexo aparelho cujo funcionamento está subordinado ao funcionamento do átrio e do ventrículo esquerdo. A dilatação de ambas as cavidades pode influir na morfologia do anel mitral e levar à incompetência da válvula, gerando um quadro de insuficiência mitral (IM). Este tipo de IM é chamada de funcional, já que

valve in valve

Reoperação mitral vs. valve-in-valve em próteses biológicas disfuncionais

Nos pacientes que receberam implante percutâneo da valva mitral (TMVR) – apesar de um maior risco cirúrgico – não se observaram diferenças de mortalidade em 1 ano ao compará-los com os que foram submetidos a reoperação para substituir uma prótese biológica disfuncional em posição mitral. Em um mês, os achados ecocardiográficos foram similares, embora em

MITRA-FR: Reparação percutânea ou tratamento médico para a insuficiência mitral secundária

Gentileza do Dr. Adolfo Ferrero. INTRODUÇÃO: Em pacientes com insuficiência cardíaca crônica e fração de ejeção ventricular esquerda reduzida, a regurgitação da valva mitral secundária, quando grave, associa-se a mal prognóstico. Não a ciência certa se a reparação percutânea da valva mitral melhora os resultados clínicos nesta população de pacientes, embora registros multicêntricos prévios assim

Top