TCT 2019 | PARTNER 3 Baixo Risco: Subestudo de Tomografia Computadorizada: Trombose Subclínica de Folhetos em Biopróteses Valvares Cirúrgicas e por Transcateter

Gentileza da SBHCI.

A presença de trombose subclínica dos folhetos das biopróteses aórticas implantadas, sejam por cirurgia (SAVR) ou por cateter (TAVR), são observadas em imagens de tomografia computadorizada (TC) como espessamento hipoatenuante dos folhetos (HALT) e acarretam alteração na mobilidade dos mesmos, podendo ou não alterar o gradiente valvar e, eventualmente, causar manifestações clínicas.

Highlights TCT 2019

O objetivo do PARTNER 3 Baixo Risco, Subestudo de Tomografia Computadorizada, foi (i) avaliar as diferenças nas biopróteses implantadas por cirurgia ou transcateter, (ii) a história natural da HALT e da redução da mobilidade dos folhetos e, (iii) o impacto hemodinâmico e resultados clínicos deste evento.

Foram realizadas tomografias computadorizadas com 30 dias e 1 ano após o implante cirúrgico ou transcateter das endopróteses, sendo as imagens analisadas por um corelab “cego” para as informações do paciente e tempo das tomografias, enquanto os operadores foram “cegos”em relação aos resultados das imagens tomográficas. Os eventos clínicos foram avaliados por um comitê de adjudicação específico. Dos 408 pacientes incluídos, 213 receberam TAVR e 195 receberam SAVR. Das imagens de TC com 30 dias (n=346), 184 ocorreram no grupo TAVR e 162 no grupo SAVR e, com 1 ano (n=312), 168 no grupo TAVR e 144 no grupo SAVR. A presença de HALT foi maior em 30 dias no grupo TAVR (13,3% vs 5,0%, p=0,03) mas similar após 1 ano (27,5% vs 20,2%, p=0,19). Um dado interessante encontrado nos pacientes com HALT em 30 dias (n=25) foi o desaparecimento em 56% (n=14) no final de 1 ano, independente da técnica utilizada e todos sem anticoagulação oral.

Todos os pacientes com HALT apresentavam algum grau de alteração na mobilidade, de forma parcial em 32 pacientes e de forma importante em 2 pacientes, nas TCs de 30 dias. A presença de HALT no gradiente transvalvar médio foi de 13,2, enquanto naqueles sem tal achado foi de 11,7 (p=0,08) na TC com 30 dias e de 13,7 vs 12,6 (p=0,24) nas TC com 1 ano. Os eventos clínicos ocorreram em 2,9% no grupo HALT e 0,3% no grupo sem HALT, com 30 dias e, 5,7% no grupo HALT e 2,6% no grupo sem HALT, entre o 31 dia e 1 ano de seguimento.

Gentileza da SBHCI.

Link a publicação da SBHCI AQUI

Descargar (PDF, Unknown)

Título do artigo original: PARTNER 3 Low-Risk Computed Tomography Substudy: Subclinical Leaflet Thrombosis in Transcatheter and Surgical Bioprosthetic Valves

Autor do artigo original: Raj Makkar


Gostaria de receber um resumo semanal com os últimos artigos científicos?

Sua opinião nos interessa. Pode deixar abaixo seu comentário, reflexão, pergunta ou o que desejar. Será mais que bem-vindo.

*

Top