AHA 2020 | Ácidos graxos ômega 3 sem benefício cardiovascular e com mais fibrilação atrial

Os resultados confirmam a análise interina em que o estudo foi suspenso por futilidade. Os ácidos graxos ômega 3 não reduzem os eventos cardiovasculares em pacientes com triglicerídeos elevados e HDL baixo.

Estudos anteriores como o REDUCE-IT mostraram resultados positivos, mas, à luz deste novo trabalho (apresentado no congresso AHA 2020 e publicado simultaneamente no JAMA), devemos estar convencidos de que os ácidos graxos ômega 3 não oferecem nenhum benefício. 

O problema do REDUCE-IT foi o braço controle que recebeu óleo mineral. Este tem efeitos pró-inflamatórios, aumentando o LDL, a apolipoproteína B e a proteína C reativa. Isso levou a interpretar que a diferença entre os braços de tratamento era pelo benefício dos óleos ômega 3 quando, na verdade, provavelmente tenha sido pelos efeitos adversos do braço controle.  

Em compensação, o STRENGTH utilizou óleo de milho no braço controle, que tem um efeito neutro.

O estudo incluiu 13078 pacientes sob tratamento com estatinas, com um risco alto de eventos cardiovasculares, com triglicerídeos elevados (180 a 500 mg/dl) e HDL baixo (<42 mg/dl para homens e <47 mg/dl para mulheres).


Leia também: AHA 2020 | RIVER: Rivaroxabana como alternativa à varfarina em pacientes com fibrilação atrial e prótese mitral biológica.


Os participantes foram randomizados a óleo de milho vs. ácidos graxos ômega 3 (como ácido eicosapentaenoico e ácido docosa-hexaenoico).

Com uma média de acompanhamento de 42 meses, os ácidos graxos ômega 3 não reduziram a morte cardiovascular, os infartos, a revascularização coronariana ou a hospitalização por angina instável (12,0% vs. 12,2%; HR 0,99; IC 95% 0,90-1,09).

Observou-se um aumento do risco de nova fibrilação atrial (2,2% vs. 1,3%; HR 1,69; IC 95% 1,29-2,21) com os ômega 3 de forma consistente com os resultados do REDUCE-IT.

Descargar (PDF, Unknown)

Título original: Effect of high-dose omega-3 fatty acids vs corn oil on major adverse cardiovascular events in patients at high cardiovascular risk: the STRENGTH randomized clinical trial.

Referência: Nicholls SJ et al. JAMA. 2020; Epub ahead of print y presentado en el congreso AHA 2020.


Gostaria de receber um resumo semanal com os últimos artigos científicos?

*

Top