Antiagregantes Plaquetários articles

EuroPCR 2020 | FABOLUS FASTER: buscando la inhibición plaquetaria más potente y rápida

EuroPCR 2020 | FABOLUS FASTER: buscando a inibição plaquetária mais potente e rápida

EuroPCR 2020 | FABOLUS FASTER: buscando a inibição plaquetária mais potente e rápida

Este pequeno estudo testou os efeitos farmacodinâmicos de várias drogas antiplaquetárias. Sua conclusão foi que a tirofibana (Agrastat) proporciona a mais potente e consistente antiagregação plaquetária ao ser comparada com o cangrelor em pacientes com infarto agudo do miocárdio com supradesnivelamento do segmento ST que são submetidos angioplastia primária.  Trinta minutos depois de iniciar o

La FDA aprueba el ticagrelor en pacientes de alto riesgo como prevención primaria

A FDA aprova o ticagrelor em pacientes de alto risco como prevenção primária

A FDA aprovou esta nova indicação do ticagrelor como prevenção primária em pacientes sem antecedente de infarto ou AVC, mas com diagnóstico de doença coronariana e um perfil de risco alto.  O laboratório que produz o ticagrelor informou que a FDA tomou esta decisão com base no estudo THEMIS, que incluiu quase 20 000 pacientes

doble antiagregacion plaquetaria sexo

Momento ideal para intervir em infartos sem ST e sem carga de antiagregantes

Os pacientes com uma síndrome coronariana aguda SEM elevação do segmento ST (NSTEMI) em curso e que NÃO são tratados previamente com um inibidor do receptor P2Y12 se beneficiam com uma estratégia invasiva muito precoce.  O momento ótimo para realizar a intervenção nestes pacientes com NSTEMI continua sendo um tema de debate apesar dos diversos

Balancear el riesgo de sangrado vs trombótico para definir el tiempo de doble antiagregación

Antiagregar ou anticoagular após uma angioplastia periférica?

A verdade é que a pergunta acima não tem uma resposta categórica e o que fazemos com os stents periféricos é utilizar a evidência que temos dos stents coronarianos dada a falta de padronização e a escassez de relatos em relação à terapia antitrombótica nos estudos randomizados de tratamentos endovasculares.  Essa heterogeneidade provavelmente seja ainda

Doctor con tabletas de aspirinas

As lesões não responsáveis são realmente “inocentes”?

Nos últimos tempos tem surgido muita evidência sobre a redução da duração ou da intensidade do tratamento antiplaquetário após uma angioplastia coronariana para além de sua indicação inicial. Toda essa evidência pode estar falhando no tocante a mostrar-nos o risco das lesões não responsáveis após um evento coronariano agudo.  A terapia antitrombótica potente e prolongada

ACC Virtual 2020 | TICO: monoterapia de ticagrelor en síndromes coronarios agudos

ACC Virtual 2020 | TICO: monoterapia de ticagrelor em síndromes coronarianas agudas

Continuar com monoterapia de ticagrelor após 3 meses de dupla antiagregação plaquetária reduz os sangramentos maiores sem pagar um preço em termos de eventos isquêmicos em comparação com a dupla antiagregação por um ano em pacientes que cursaram uma síndrome coronariana aguda e receberam angioplastia com um stent farmacológico de segunda geração.  Suspender a aspirina

ACC 2020 Virtual | TWILIGHT-COMPLEX: monoterapia de ticagrelor nas angioplastias mais “perigosas”

Os achados originais do TWILIGHT em mais de 9000 pacientes submetidos a angioplastia foram apresentados no ano passado no congresso TCT e mostraram uma redução absoluta de risco de 3,1% dos sangramentos BARC 2, 3 ou 5 sem incremento da mortalidade, dos infartos ou dos AVC nos pacientes medicados que receberam ticagrelor e placebo vs.

ACC 2020 Virtual | TWILIGHT-DM: monoterapia de ticagrelor em pacientes diabéticos

Assim como ocorreu como o subestudo do TWILIGHT em pacientes com angioplastias complexas, o Dr. Angiolillo apresentou de forma virtual o subestudo em pacientes diabéticos. Dito subestudo foi simultaneamente publicado no J Am Coll Cardiol. Este trabalho faz foco na complexidade clínica dos pacientes e não em uma complexidade técnica do procedimento.  O TWILIGHT-DM analisou

ACC 2020 Virtual | TAILOR PCI: indicar clopidogrel en base a los genes no cambia la historia

ACC 2020 Virtual | TAILOR PCI: indicar clopidogrel com base nos genes não muda a história

Este interessante trabalho nos deixa um sabor amargo pelo fato de não poder alcançar seu desfecho primário. Utilizar o genótipo para individualizar o tratamento com um inibidor do receptor P2Y12 em pacientes cursando uma síndrome coronariana aguda ou estáveis pós-angioplastia programada em comparação com o tratamento convencional com clopidogrel não diminui o risco de eventos

ARTE: ¿AsEl fin de la aspirina para los pacientes anticoagulados que reciben angioplastiapirina o aspirina más clopidogrel post TAVI?

Alternativas para pacientes alérgicos à aspirina

A intolerância à aspirina é um fato relativamente frequente e não existe outro anti-inflamatório não esteroide que a substitua.  As novas diretrizes de síndromes coronarianas crônicas dão uma recomendação classe IIb para usar prasugrel ou ticagrelor em pacientes que não toleram a aspirina. Isso não significa uma substituição em um paciente que precisa de dupla

Top