Miocardite e vacinas de RNA mensageiro contra a COVID-19: qual é o risco?

Agências da Europa e dos Estados Unidos (como a CDC) estão esperando para avaliar relatórios sobre o desenvolvimento de miocardite em pessoas que receberam alguma das vacinas para a COVID-19 baseadas na tecnologia do RNA mensageiro (Pfizer/BioNTech e Moderna). 

Miocarditis y vacunas de ARN mensajero

Esta possível associação ainda não está estabelecida e, mesmo que se confirme no futuro, de nenhuma maneira opacaria o enorme benefício das vacinas. 

O Centro de Controle e Prevenção de Doenças (CDC, por suas siglas em inglês) recentemente alertou a comunidade médica sobre o possível risco de miocardite com mencionado tipo de vacinas. 

O alerta surgiu do grupo de trabalho VaST (que se dedica exclusivamente à segurança das vacinas contra a COVID-19) a partir de uns poucos relatórios sobre pessoas que desenvolveram miocardite após a inoculação. 

Os casos ocorreram majoritariamente em adolescentes e adultos jovens (mais frequentemente do sexo masculino) que desenvolveram miocardite dentro dos quatro dias de administrada a segunda dose. 

A maioria dos casos foram leves e neste momento está sendo feito um seguimento para levantar mais dados sobre a evolução. 


Leia também: EuroPCR 2021 | CELEBRATE-02: Novo inibidor da glicoproteína IIb IIIa para infartos com ST.


Por enquanto, a taxa de miocardite não parece ser diferente da relatada na população geral com anterioridade à pandemia. O comunicado da CDC tem como objetivo fazer com que os médicos reportem todas as miocardites para que se possa confirmar ou descartar sua associação com a vacinação. 

O comitê de segurança da agência de medicina Europeia também comunicou que estava avaliando relatórios de miocardite e pericardite em pessoas que tenham recebido alguma das vacinas baseadas em RNA mensageiro (a maioria dos casos com a Pfizer/BioNTech), embora não haja, por enquanto, evidência alguma de associação. 

O benefício da vacinação excede sobremaneira o eventual risco de miocardite, se é que tal risco realmente existe. 

Título original: COVID-19 VaST Work Group Technical Report – May 17, 2021.

Referência: https://www.cdc.gov/vaccines/acip/work-groups-vast/technical-report-2021-05-17.html


Gostaria de receber um resumo semanal com os últimos artigos científicos?

*

Top