Surpresa na fisiopatologia da isquemia crítica

Oclusões trombóticas luminais associadas com aterosclerose não significativa são comumente observadas em pacientes com isquemia crítica de membros inferiores, sugerindo a possibilidade de doença tromboembólica como uma das grandes responsáveis pela isquemia. Isto foi especialmente observado nos vasos infrapatelares, o que nos indica o possível mecanismo de progressão da doença vascular periférica à isquemia crítica e também o possível o papel dos antitrombóticos.

¿Es durable el TAVI a más de 5 años?Foram estudadas as artérias de 95 pacientes (121 amputações), dentre os quais 15 foram amputados por isquemia crítica e os restantes por outras razões. Foram registradas as características patológicas separadamente da artéria femoral, artéria poplítea e as artérias infrapatelares.

 

De 239 artérias de pacientes com isquemia crítica foram encontradas placas ateroscleróticas mais frequentemente em território femoropoplíteo, em comparação com o território infrapatelar (67,6% vs. 38,5%; OR: 5,47, p = 0,003). Destas 239 artérias 69% tinha estenose ≥ 70% devido a um engrossamento patológico da íntima, fibroateromas, lesões fibrocalcificadas ou reestenose. Outras tinham trombo endoluminal (23,6%) associado ou trombo sem lesões ateroscleróticas significativas.


Leia também: TAVI em baixo risco com “zero” mortalidade e “zero” AVC.


A presença de trombo crônico endoluminal foi mais frequente em artérias com aterosclerose não significativa (OR: 16,7; p = 0,002) e isso foi mais frequente nas artérias infrapatelares que nas femoropoplíteas (p = 0,0041). No entanto, a oclusão aguda com trombo fresco foi mais frequente nas artérias de maior diâmetro.

 

Conclusão

A oclusão luminal com trombo esta frequentemente associada a aterosclerose não significativa e usualmente é observada em pacientes com isquemia crítica que requereram amputação. A trombose poderia ser um mecanismo de progressão da claudicação intermitente à isquemia crítica e também sugere um possível papel para os antitrombóticos.

 

Título original: Pathology of Peripheral Artery Disease in Critical Limb Ischemia.

Referência: Navneet Narula et al. J Am Coll Cardiol 2018. On line before print.


Gostaria de receber um resumo semanal com os últimos artigos científicos?








Sua opinião nos interessa. Pode deixar abaixo seu comentário, reflexão, pergunta ou o que desejar. Será mais que bem-vindo.

*

Top