Risco cardiovascular, suspensão de dupla antiagregação e idade: o que é imprescindível saber?

A não aderência à dupla antiagregação varia com a idade e os pacientes com 75 anos ou mais são os que com maior frequência suspendem o tratamento. No entanto, esta característica dos pacientes idosos não se associou a mais eventos cardiovasculares.

Doble antiagregación: menos es más en añosos.

Cumprir o tratamento protegeu os pacientes com menos de 75 anos de eventos, ao passo que representou um aumento do risco cardiovascular quando a população mais jovem descontinuou a dupla antiagregação.

Este trabalho do registro PARIS (Patterns of Non-Adherence to Antiplatelet Regimens in Stented Patients) analisou os eventos clínicos após 2 anos, a incidência e os efeitos de suspender a dupla antiagregação de acordo com a idade (≤ 55, 56 a 74 e ≥ 75)

Suspender a dupla antiagregação incluiu as seguintes causas: por indicação do médico de família, por causa de uma cirurgia, por sangramento e, finalmente, por falta de aderência.


Leia também: Monitoramento ambulatorial do ritmo pós-TAVI: poderia nos ajudar a evitar o uso de tantos marca-passos?


Os eventos clínicos foram uma combinação de morte cardíaca, trombose do stent definitiva ou provável, infarto espontâneo ou revascularização justificada pela clínica. Os desfechos secundários foram a taxa de sangramento e o desfecho primário excluindo a revascularização (MACE2).

Um total de 1.192 pacientes (24%) tinham menos de 55 anos, 2.869 (57%) tinham entre 56 e 74 anos e 957 (19%) tinham 75 anos ou mais.

Os pacientes a partir de 75 anos foram os que mais frequentemente suspenderam o tratamento e que ao mesmo tempo apresentaram maior risco de MACE2, morte, morte cardíaca e sangramento em comparação com os pacientes mais jovens.

Suspender a dupla antiagregação só se associou a um aumento do risco de eventos nos pacientes mais jovens (≤ 75 anos) e quando o motivo da interrupção foi o sangramento ou o abandono do tratamento por decisão do paciente. O mesmo não pôde ser provado no grupo dos pacientes com mais de 75 anos.


Leia também: Mortalidade y dispositivos com paclitaxel, as dúvidas vão se esclarecendo.


Em nenhum grupo etário a suspensão se associou a eventos quando o motivo da suspensão foi a indicação médica ou uma cirurgia.

Poderíamos concluir que a não aderência (suspender por conta própria) parece ser perigosa somente nos pacientes jovens ou quando o motivo da suspensão está relacionado com o sangramento.

Título original: Dual-Antiplatelet Therapy Cessation and Cardiovascular Risk in Relation to Age Analysis From the PARIS Registry.

Referência: Lauren C. Joyce et al. J Am Coll Cardiol Intv 2019;12:983–92.


Gostaria de receber um resumo semanal com os últimos artigos científicos?

Sua opinião nos interessa. Pode deixar abaixo seu comentário, reflexão, pergunta ou o que desejar. Será mais que bem-vindo.

One Comment;

  1. manoel maximo filho said:

    Parabéns ao site por nos trazer modernização e maior conhecimento do que está acontecendo no mundo cientifico.

*

Top