O FFR global como prognóstico em vez da isquemia

O fluxo fracionado de reserva (FFR) global consiste em somar o resultado da medição nos três principais vasos coronarianos. O número resultante representa o valor aterosclerótico fisiológico e pode predizer eventos a longo prazo que produzem isquemia em pacientes sem lesões estenóticas. 

Efecto a largo plazo de los balones liberadores con bajas dosis de paclitaxel

Este recente estudo publicado no JAHA analisou os eventos cardiovasculares maiores (morte, infarto e revascularização) em 5 anos de seguimento de 1122 pacientes que não apresentavam lesões estenóticas significativas (todos com FFR < 0,8; n = 275) ou que apresentavam ao menos uma lesão significativa que foi tratada com sucesso (FFR pós-angioplastia > 0,8; n = 847).

O FFR foi medido nos três vasos coronarianos e seus resultados foram somados para estratificar os pacientes em tercis de FFR global (baixo ≤ 2,80, intermediário 2,80 a 2,88 e alto ≥ 2,88).

Os pacientes no tercil mais baixo apresentaram significativamente mais eventos em 5 anos em comparação com aqueles no tercil intermediário ou alto de FFR global (27,5% vs. 22,0% e 20,9%, respectivamente; p = 0,040).

A maior taxa de eventos no grupo com FFR global baixo foi conduzida principalmente por mais revascularizações (16.4% vs. 11.3% e 11.8%, respectivamente; p = 0,038).


Leia também: Bom desempenho da Sapien 3 em “trabalhos” para os quais não está desenhada.


Por cada 0,1 de FFR a foi observada uma significativa redução em eventos totais (HR 0,988; IC 95%, 0,977 a 0,998; p = 0,023), em infartos (HR 0,982; IC 95%, 0,966 a 0,998; p = 0,032) e em revascularizações (HR 0,985; IC 95%, 0,972 a 0,999; p = 0,040).

Este trabalho é um dos que mais claramente mostram o conceito do FFR como uma variável contínua com um grande espectro de cinzas em vez da simples interpretação do índice como uma variável binária em mais ou menos 0,8.

Conclusão

O FFR global (soma das medições nos três vasos) é capaz de predizer eventos em 5 anos de seguimento inclusive em ausência de isquemia produzida por lesões estenóticas. O FFR global pode ser interpretado com a carga aterosclerótica fisiológica. 

Descargar (PDF, Unknown)

Título original: Global Fractional Flow Reserve Value Predicts 5-Year Outcomes in Patients With Coronary Atherosclerosis But Without Ischemia.

Referência: Stephane Fournier et al. J Am Heart Assoc. 2020;9:e017729.  DOI: 10.1161/JAHA.120.017729.


Gostaria de receber um resumo semanal com os últimos artigos científicos?

(Visited 1 times, 1 visits today)

*

Top