Tag Archives: Fluxo Fraccionado de Reserva

El FFR ahorra síntomas a los pacientes y costos a los financiadores de salud

FFR e IFR: falamos do mesmo?

FFR e IFR: falamos do mesmo?

Para a avaliação de lesões coronarianas limítrofes (entre 40 e 70% de obstrução) é fundamental poder determinar a isquemia associada. Para isso é importante a medição de gradientes de pressão através da estenose, medições que podem ser hiperêmicas – como o fluxo fracionado de reserva (FFR) – ou em repouso – como o índice diastólico

El uso de imágenes intravasculares para guiar la angioplastia reduce el riesgo de muerte cardiovascular en comparación con la angiografía

Eventos cardiovasculares em 5 anos após postergação da revascularização guiada por FFR. Devemos nos guiar somente pelo valor obtido com o FFR?

O fluxo fracionado de reserva (FFR) demonstrou sua segurança e eficácia em diferentes estudos mas ainda não sabemos se o mesmo se mantém em 5 anos.  O objetivo deste registro multicêntrico foi avaliar o impacto do risco trombótico (medido pelo escore de CREDO-Kyoto) como preditor de eventos cardiovasculares em 5 anos em pacientes nos quais

ACC 2022

ACC 2022 | há diferença entre o IVUS e a fisiologia nas lesões intermediárias

O FLAVOUR é um estudo randomizado prospectivo de não inferioridade em pacientes com lesões coronarianas intermediárias (40%-70%) que comparou o uso de 2 modalidades de imagem: o IVUS (imagem intravascular) e o FFR (fluxo fracionado de reserva). Leia também: ACC 2022 | Estudo CLASP TR: Reparação tricúspide com o dispositivo PASCAL. Por outro lado, tampouco

ESC 2021 | RIPCORD-2: A avaliação rotineira com FFR de todos os vasos epicárdicos durante a angiografia

O antecessor deste trabalho, o RIPCORD, publicado em 2014, mostrou que o uso do FFR modifica a estratégia de tratamento em aproximadamente 25% dos pacientes. Esse foi o momento de auge do FFR. Efetivamente, os estudos DEFER, FAME e FAME 2 apresentaram resultados em consonância com o RIPCORD original.  Os autores deste estudo contrastaram a

Impacto del FFR post stent ¿dato útil o solo una curiosidad?

Impacto do FFR pós-stent: dado útil ou apenas uma curiosidade?

Um resultado subótimo do fluxo fracionado de reserva (FFR) após o implante do stent tem um impacto apenas moderado nos eventos clínicos duros, mas pode predizer uma chance muito maior de reintervenções.  O FFR demonstrou – e continua demonstrando – um enorme impacto na tomada de decisões na hora de revascularizar ou não uma lesão.

Efecto a largo plazo de los balones liberadores con bajas dosis de paclitaxel

O FFR global como prognóstico em vez da isquemia

O fluxo fracionado de reserva (FFR) global consiste em somar o resultado da medição nos três principais vasos coronarianos. O número resultante representa o valor aterosclerótico fisiológico e pode predizer eventos a longo prazo que produzem isquemia em pacientes sem lesões estenóticas.  Este recente estudo publicado no JAHA analisou os eventos cardiovasculares maiores (morte, infarto

AHA 2020 | El riesgo aumenta cuando los operadores no “escuchan” al FFR

AHA 2020 | O risco aumenta quando os operadores não “escutam” o FFR

Quando a decisão de avançar com uma angioplastia é tomada apesar do resultado negativo do FFR (algo frequente na prática clínica diária) os resultados em 5 anos são muito piores. Esta informação surge de um grande registro canadense que foi apresentado nas sessões científicas da AHA 2020 e simultaneamente publicado no JAMA. Realizar uma angioplastia

TCT 2020 | Nueva información sobre el valor del FFR antes y después de la angioplastia

TCT 2020 | Nova informação sobre o valor do FFR antes e depois da angioplastia

Os estudos TARGET FFR e DEFINE-FLOW foram apresentados no congresso TCT 2020 e aprofundaram a informação proporcionada pelo FFR não somente antes mas também depois da angioplastia.  TARGET FFR O TARGET FFR incluiu 260 pacientes randomizados após uma angioplastia bem-sucedida (do ponto de vista angiográfico) a otimizar a angioplastia com FFR vs. medição cega de

La coronariografía precoz reduce la mortalidad en SCA sin supradesnivel del ST de alto riesgo

Subestudo do Compare-Acute: história natural das lesões não culpadas pelo infarto

O objetivo deste trabalho foi determinar o valor prognóstico do fluxo facionado de reserva (FFR) nas artérias não culpadas dos pacientes admitidos com um infarto com supradesnivelamento do segmento ST. Foram analisados os dados de todos os pacientes do estudo Compare-Acute (Comparison Between FFR Guided Revascularization Versus Conventional Strategy in Acute STEMI Patients With MVD)

La morfología de la placa podría modificar las mediciones funcionales

A morfologia da placa poderia modificar as medicações funcionais

As características vulneráveis das placas se relacionam de maneira independente com as medições funcionais realizadas sob hiperemia, de forma muito mais precisa que as medições realizadas em estado basal com o iFR. Estes achados sugerem que não só a severidade da estenose mas também as características da placa afetam o resultado da medição funcional.  Este

Top