INPACT AV ACCESS | Balões farmacológicos em fístulas de diálise

O estudo IN.PACT AV Access publicado recentemente no NEJM provou a superioridade dos balões farmacológicos para tratar lesões estenóticas em fístulas arteriovenosas de diálise vs. balões convencionais. 

Balones farmacológicos en fístulas para diálisis

As fístulas de diálise são um território desconhecido para os balões eluidores de paclitaxel, já que a recomendação formal das diretrizes é a angioplastia convencional (a qual, por certo, tem um resultado bastante pobre). 

O IN.PACT AV Access foi um estudo prospectivo e simples cego que incluiu 330 pacientes de 29 centros internacionais. 

Todos os pacientes com lesões novas ou reestenóticas de fístulas de diálise em membros superiores foram elegíveis. Após uma angioplastia bem-sucedida que insuflou balões a alta pressão, os pacientes foram randomizados a balão farmacológico vs. tratamento convencional. 

O desfecho primário foi a perviedade da lesão, definida como a ausência de uma nova revascularização ou trombose do acesso dentro dos 6 meses do procedimento índice. 


Leia também: Resultados de 2 anos de seguimento do balão farmacológico Lutonix sobre a femoral superficial.


Após 6 meses de seguimento a perviedade no grupo que recebeu balão farmacológico foi de 82,2% vs. 59,5% da angioplastia convencional (p < 0,001). Os balões farmacológicos foram não inferiores no que se refere ao desfecho de segurança. 

Conclusão

Os balões farmacológicos são superiores a angioplastia convencional para tratar fístulas arteriovenosas de diálise com lesões estenóticas. 

Título original: Drug-Coated Balloons for Dysfunctional Dialysis Arteriovenous Fistulas.

Referencia: Robert A. Lookstein et al. N Engl J Med 2020;383:733-42. DOI: 10.1056/NEJMoa1914617.


Gostaria de receber um resumo semanal com os últimos artigos científicos?

Sua opinião nos interessa. Pode deixar abaixo seu comentário, reflexão, pergunta ou o que desejar. Será mais que bem-vindo.

*

Top