A elevação de marcadores após uma angioplastia eletiva não deviria nos preocupar?

Após uma angioplastia coronariana em pacientes estáveis tratados com stents farmacológicos de última geração a elevação de marcadores continua sendo algo comum. No entanto, somente a elevação da Ck-Mb deveria nos preocupar, já que se associou a um aumento da mortalidade em um ano. Segundo este trabalho recentemente publicado no J Am Coll Cardiol Intv., quando após o procedimento é observada a elevação somente da troponina não há associação com eventos futuros. 

Este trabalho explorou a associação entre a elevação de biomarcadores (Ck-Mb e troponina) após uma angioplastia coronariana e a mortalidade em um ano em pacientes estáveis com valores basais de biomarcadores dentro de faixas normais. 

Vários estudos prévios associaram o aumento da Ck-Mb com um aumento da mortalidade pós-procedimento, mas a informação acerca da elevação da troponina é contraditória e escassa. 

Neste trabalho foram reunidos os resultados de 5 estudos contemporâneos de stents farmacológicos de um grande registro. Avaliou-se então a mortalidade em pacientes estáveis com biomarcadores basais normais que depois da angioplastia programada apresentaram elevação de ditos biomarcadores vs. aqueles pacientes nos quais os biomarcadores permaneceram normais. 


Leia também: Primeiros resultados do ticagrelor em angioplastias coronarianas eletivas.


Foram analisados 13.452 pacientes, observando-se uma elevação da Ck-Mb de 23,9% e da troponina de 68,4%. Realmente a elevação de marcadores pós-angioplastia eletiva foi um evento muito frequente, com quase 1 de cada 4 pacientes para a Ck-Mb e quase 3 de 4 para a troponina. 

Na coorte de pacientes nos quais as duas análises estiveram disponíveis (n = 8.859), 2,4% do total teve ambos os biomarcadores elevados (Ck-Mb ≥ 5 vezes acima do valor normal e troponina ≥ 35 vezes acima do ponto de corte), ao passo que em 92% ambas estiveram abaixo destes pontos de corte. 

Entre os pacientes que mostraram uma elevação da Ck-Mb, praticamente todos também mostraram uma elevação da troponina, ao passo que o contrário não foi assim, já que quase 65% daqueles pacientes com elevação da troponina mostraram valores normais de Ck-Mb. 


Leia também: Endocardite infecciosa pós-TAVI.


A análise multivariada mostrou que a idade, o antecedente de infarto agudo do miocárdio, a complexidade das lesões, a dislipidemia e uma Ck-Mb 10 vezes acima do ponto de corte se associaram a um aumento da mortalidade em um ano. O mesmo não ocorreu com os aumentos isolados de troponina. 

Conclusão

O aumento de biomarcadores após uma angioplastia é um evento muito frequente. O aumento da Ck-Mb se associou a uma maior mortalidade em um ano mas o mesmo não ocorreu com o aumento da troponina. 

Título original: Impact of Periprocedural Myocardial Biomarker Elevation on Mortality Following Elective Percutaneous Coronary Intervention.

Referência: Hector M. Garcia-Garcia et al. J Am Coll Cardiol Intv 2019;12:1954–62.


Gostaria de receber um resumo semanal com os últimos artigos científicos?

Sua opinião nos interessa. Pode deixar abaixo seu comentário, reflexão, pergunta ou o que desejar. Será mais que bem-vindo.

*

Top