Mais stents somam evidência ao esquema curto e aproximamo-nos do “efeito de classe”

Os pacientes com alto risco de sangramento que são submetidos a angioplastia coronariana com stent Orsiro podem ser considerados para um esquema curto de dupla antiagregação plaquetária. 

Más stents suman evidencia al esquema corto y nos acercamos al “efecto de clase”

Estes dados surgem do estudo SMART-CHOICE, recentemente publicado no JAHA e somam o stent Orsiro à lista dos dispositivos com evidência que respalda somente 3 meses de dupla antiagregação. 

Este trabalho incluiu 2993 pacientes que foram submetidos a angioplastia coronariana randomizados a 3 meses de dupla antiagregação seguidos de monoterapia de um inibidor do receptor P2Y12 vs. 12 meses de dupla antiagregação. 

No protocolo original estava pré-especificada uma análise dos pacientes que receberam o stent Orsiro. Além disso, uma análise post hoc comparou o Orsiro com o stent eluidor de everolimus. 

Entre os 972 pacientes que receberam o stent Orsiro, 481 foram randomizados a um esquema curto e 491 a 12 meses de dupla antiagregação. 


Leia também: Efeito pleiotrópico do metoprolol poderia diferenciá-lo de todos os betabloqueadores.


Após um ano de seguimento, a taxa de falha do vaso alvo (combinação de morte cardíaca, infarto relacionado com o vaso e revascularização do vaso alvo) ocorreu em 1,7% do grupo com esquema curto vs. 2,9% dos que receberam 12 meses de antiagregação (HR: 0,58; IC 95%: 0,24 a 1,39; p = 0,22).

Na população geral que recebeu 3 meses de dupla antiagregação (n = 1495) não foram observadas diferenças no desfecho entre os que receberam o dispositivo Orsiro vs. os que receberam o stent eluidor de everolimus (1,7% vs. 1,8%; HR: 0,96; IC: 95%, CI: 0,41 a 2,22; p = 0,92).

O estudo Leaders Free (NEJM 2015) foi pioneiro em provar a eficácia e a segurança do stent livre de polímero Biofreedom na população de alto risco de sangramento com um esquema de apenas um mês de dupla antiagregação. 


Leia também: É possível esterilizar as máscaras N95 e as máscaras cirúrgicas.


Vários anos transcorreram e o Biofreedom permaneceu incólume nessa população, mas recentemente surgiram muitos trabalhos que foram acrescentando opções para tratar esses pacientes. Talvez seja só questão de tempo para considerar todos os stents farmacológicos contemporâneos como adequados para um esquema curto de dupla antiagregação plaquetária. 

Conclusão

Em pacientes que recebem o stent Orsiro, os eventos clínicos em um ano são similares entre 3 meses de dupla antiagregação seguidos de monoterapia de um inibidor do receptor P2Y12 vs. 12 meses de antiagregação. No grupo com esquema curto os eventos foram praticamente idênticos entre o stent Orsiro e o stent eluidor de everolimus. 

Descargar (PDF, Unknown)

Título original: Safety of 3-Month Dual Antiplatelet Therapy After Implantation of Ultrathin Sirolimus- Eluting Stents With Biodegradable Polymer (Orsiro): Results From the SMART-CHOICE Trial.

Referência: Kyeong Ho Yun et al. J Am Heart Assoc. 2021;10:e018366. DOI: 10.1161/JAHA.120.018366.


Gostaria de receber um resumo semanal com os últimos artigos científicos?

*

Top