Stents Eluidores de Fármacos articles

Highlights TCT 2019

TCT 2019 | MODEL U-SES: Mais dispositivos para alto risco de sangramento e dupla antiagregação curta

TCT 2019 | MODEL U-SES: Mais dispositivos para alto risco de sangramento e dupla antiagregação curta

Gentileza da SBHCI.. Este trabalho testou a segurança da antiagregação plaquetária por somente três meses após o implante de um stent eluidor de sirolimus com polímero bioabsorvível (Ultimaster). Foi objetivo secundário deste trabalho investigar a possibilidade de continuar com monoterapia de um inibidor do receptor P2Y12 após os três meses em vez de aspirina. Foram

Highlights TCT 2019

TCT2019 | EVOLVE Short DAPT: apenas 3 meses de dupla antiagregação em alto risco de sangramento

Gentileza da SBHCI. Este trabalho utilizou o stent de cromo-platina de hastes finas com polímero biodegradável na superfície abluminal e eluidor de everolimus (basicamente o stent Synergy). A eluição da droga e a degradação do polímero dentro dos meses facilitam a endotelização, o que permitiria um tempo mais curto de dupla antiagregação. Apresentado durante as

Highlights TCT 2019

TCT 2019 | IDEAL-LM: DES com polímero absorvível vs. permanente para o tronco da coronária esquerda

Gentileza da SBHCI. Este trabalho demonstrou que a estratégia de utilizar um stent eluidor de everolimus com polímero degradável (Synergy) com posterior esquema de dupla antiagregação plaquetária de 4 meses foi segura e efetiva em comparação com a utilização de um stent eluidor de everolimus com polímero permanente (Xience) com os convencionais 12 meses posteriores

Highlights TCT 2019

TCT 2019 | Onyx ONE: Polímero durável vs. stent sem polímero com somente um mês de dupla antiagregação

Gentileza da SBHCI. Este é o primeiro estudo randomizado que comparou um stent farmacológico com polímero permanente (Onyx eluidor de zotarolimus) vs. um stent farmacológico sem polímero (BioFreedom eluidor de biolimus A9) com somente um mês de dupla antiagregação plaquetária em pacientes com alto risco de sangramento. O Onyx ONE foi um estudo do qual

Zotarolimus con polímero permanente vs. biolimus con polímero degradable

Exerce o polímero alguma função nos stents farmacológicos?

O fato de o polímero poder se degradar após a eluição da droga parece uma hipótese interessante quando há alguma evidência de que esse pode produzir inflamação (fundamentalmente infiltração de eosinófilos) com as possíveis consequência de tal fenômeno. No entanto, as teorias aparentemente perfeitas muitas vezes se chocam contra a parede da realidade, e a

Struts finos, muy finos y ultrafinos con polímero permanente o degradable ¿Cuál es la mejor combinación?

Struts finos, muito finos e ultrafinos com polímero permanente ou degradável: qual é a melhor combinação?

Os resultados de três anos do estudo BIO-RESORT, que proximamente serão publicados no JACC Intv. mostram que apesar das significativas diferenças entre os stents no que se refere à espessura dos struts e à capacidade de reabsorver o polímero, não parece haver por isso uma diferença significativa entre os dispositivos em relação à sua segurança

synergy vs XIENCE

Vantagens teóricas mas traduzidas em piores resultados clínicos: Synergy vs. Xience

Dados recentes de um registro do “mundo real” que serão proximamente publicados no J Am Coll Cardiol Intv sugerem que o stent Synergy (stent com struts finos, eluidor de everolimus e polímero biodegradável) se associaria a um maior risco de trombose aguda em comparação com o clássico Xience (com struts mais grossos, eluidor de everolimus

DES con polímero bioabsorbible vs Bare Metal Stents en angioplastia primaria

DES com polímero bioabsorvível vs. Bare Metal Stents em angioplastia primária

Depois de os guias de revascularização miocárdica terem sentenciado que já não existem razões médicas para continuar utilizando os Bare Metal Stents, surge este trabalho que refresca os velhos estudos que contrapunham os DES aos Bare no contexto da angioplastia primária. O problema para muitos países é que a angioplastia primária, por motivos óbvios, é

EuroPCR 2019 | CHOICE: válvula balón expandible vs autoexpandibles en pacientes de alto riesgo

EuroPCR 2019 | MeRes-1: As plataformas bioabsorvíveis voltam com forças renovadas

Um pequeno e altamente selecionado número de pacientes apresentaram bons resultados com a nova plataforma bioabsorvível MeRes, embora seja necessário gerar mais evidência para reabilitar o conceito. O estudo MeRes-1 testou a nova geração da plataforma bioabsorvível Meril Life Sciences, um dispositivo com hastes mais finas em comparação com o Absorb (de 150 µm do

EuroPCR 2019 | Stent Firehawk continúa con sus buenos resultados a 2 años frente al Xience

EuroPCR 2019 | Stent Firehawk continua com seus bons resultados após 2 anos em comparação com o Xience

De acordo com os resultados do estudo TARGET, apresentado ontem no EuroPCR 2019 e simultaneamente publicado no J Am Coll Cardiol Intv, este dispositivo fabricado na China, eluidor de sirolimus por sua face abluminal e com polímero biodegradável mostrou uma eficácia e segurança muito similar à do stent “gold standard” eluidor de everolimus Xience após

BIO-RESORT y registro SCAAR: Struts ultrafinos también en vasos pequeños

EuroPCR 2019 | BIO-RESORT e registro SCAAR: hastes ultrafinas também em vasos pequenos

Os dados dos estudos randomizados são respaldados também pelo registro SCAAR, no qual os stents com hastes ultrafinas mostram vantagens também no mundo real. De acordo com o estudo BIO-RESORT, apresentado no primeiro dia do congresso anual do PCR e simultaneamente publicado no JAMA, os pacientes com vasos pequenos que receberam stents com hastes ultrafinas

Top