Oclusões totais articles

Recanalização coronariana vs. intraplaca: os resultados se modificam?

Recanalização coronariana vs. intraplaca: os resultados se modificam?

As recanalizações coronarianas são difíceis e há várias estratégias para conseguir realizá-las e melhorar seu sucesso técnico. Algumas destas estratégias implicam fazer o cruzamento do segmento ocluído por via subintimal e outras intraplaca sem sair do lúmen verdadeiro. No entanto, há escassa ou nenhuma informação sobre os resultados de ambas as estratégias.  Foram analisados 75

Highlights TCT 2019

TCT 2019 | EURO-CTO: resultados do seguimento de 3 anos de recanalização de oclusões vs. tratamento médico

Gentileza da SBHCI. Entre 16% e 18% das lesões em pacientes com doença crônica estável são oclusões totais crônicas. A revascularização das mesmas pode beneficiar pacientes sintomáticos, mas não temos definições categóricas em relação à segurança de um procedimento tão complexo a longo prazo devido aos resultados de outros estudos sobre angioplastia em doença crônica

Medicação antianginosa antes e depois de uma recanalização

O incremento ou a redução da medicação antianginosa foi menos comum que a manutenção de todo o tratamento sem mudanças após uma recanalização de uma oclusão total crônica com pequenas variações. É necessário realizar mais estudos para saber que pacientes se beneficiariam ou não com estas drogas bem como desenvolver estratégias para ajustar o tratamento

TAVI en insuficiencia aórtica pura, nuevos dispositivos con nuevos resultados

A FDA afirma sinais de mortalidade com os dispositivos com paclitaxel

Evidentemente, não temos absolta clareza sobre o tema. A informação vai em outra direção (inclusive em nosso próprio site), expressando as idas e vindas no que se refere a esta informação nas principais publicações do mundo. Após dois dias de debate do painel da FDA dedicado a dispositivos do sistema circulatório fica confirmada a tendência

Costos hospitalarios y de las complicaciones de las oclusiones totales crónicas

Custos hospitalares e das complicações das oclusões totais crônicas

Vale a pena recanalizar uma oclusão total crônica? Esta pergunta ainda circula nos diferentes trabalhos, todos com foco nos desfechos clínicos. Este trabalho (que será proximamente publicado no J Am Coll Cardiol Intv.) analisa outro aspecto, que é o custo, não só da quantidade de materiais que podemos chegar a utilizar para ter sucesso, mas

Disnea y oclusiones totales crónicas: un síntoma que podemos aliviar (o al menos intentarlo)

Melhora clínica que não é acompanhada pela melhora da função ventricular após uma CTO

Ainda não há clareza em termos de que benefícios proporcionamos aos pacientes ao tentar a recanalização de uma oclusão total crônica. Ademais, a isso temos que somar o fato de que às vezes não temos uma dimensão exata dos riscos do procedimento. Com todas estas controvérsias à vista este trabalho tentou provar se a recanalização

8 artículos sobre Oclusiones Crónicas Totales que no puede dejar de leer

Vale a pena o esforço: recanalização de oclusões totais vs. tratamento médico ótimo

A recanalização bem-sucedida de uma oclusão total crônica (hoje estamos ao redor de 90%) leva a uma melhora significativa da qualidade de vida e da frequência dos sintomas em pacientes com angina crônica estável vs. apenas o melhor tratamento médico. Esses resultados são animadores e realmente são os que queríamos receber, embora os sintomas, com

SOLACI-SOCIME 2018 | Justification of PCI for Coronary Chronic Total Occlusion

Leia os artigos mais destacados do primeiro dia do Congresso SOLACI-SOCIME 2018. Neste caso, consulte a apresentação do Dr. Jaikirshan Khatri, intitulada “Justification of PCI for Coronary Chronic Total Occlusion”. Sua opinião nos interessa. Pode deixar abaixo seu comentário, reflexão, pergunta ou o que desejar. Será mais que bem-vindo.

O sucesso nas CTO reduz a isquemia residual local e à distância

A recanalização das CTO melhora a qualidade de vida

Gentileza do Dr. Carlos Fava. A presença de CTO é de aproximadamente 15% a 20% nas coronariografias dos pacientes com angina crônica estável, mas somente ao redor de 5% recebem angioplastia transluminal coronariana (ATC). Um dos impedimentos para realizar as recanalizações é a falta de estudos importantes que as justifiquem, embora disponhamos de diferentes estudos comparativos

dia-3-imagenes-consistent-compressor

Consistent CTO study: recanalização com as técnicas atuais e stent SYNERGY

Este trabalho observacional incluiu 231 pacientes de 6 centros com oclusões totais crônicas utilizando as técnicas disponíveis na atualidade e alcançando o sucesso da recanalização em 90% dos casos (210 pacientes). Em todos estes pacientes em que a recanalização foi bem-sucedida foi utilizado o stent SYNERGY e na maior parte dos casos IVUS (90,5%). Somente

Disnea y oclusiones totales crónicas: un síntoma que podemos aliviar (o al menos intentarlo)

Dispneia e oclusões totais crônicas: um sintoma que podemos aliviar (ou ao menos tentar aliviar)

A dispneia é um dos sintomas mais desafiantes de valorar e tratar em pacientes com doença coronariana devido ao fato de poder ter várias causas, tanto cardíacas como não cardíacas. Os pacientes que se apresentam com dispneia como único sintoma de sua doença coronariana estão mais expostos a não receber um tratamento adequado e têm uma

Top