Os artigos mais lidos de setembro em Solaci.org

1- ESC 2019 | Novas diretrizes Europeias sobre “síndromes coronarianas crônicas”

Foram apresentadas em Paris durante as sessões científicas do ESC 2019 as novas diretrizes para diagnóstico e tratamento do que se definiu como síndromes coronarianas crônicas. Este documento, simultaneamente publicado no Euro Heart J., atualiza as diretrizes de 2013 no que se refere à cardiopatia isquêmica estável e tira a palavra “estável” do vocabulário para enfatizar que esta doença não pode ser assim considerada.

Leia mais AQUI

2- Consenso de especialistas sobre a indicação de marca-passo pós-TAVI

Este novo consenso publicado nesta semana no J Am Coll Cardiol nos dá um algoritmo de tratamento sobre como manejar os transtornos de condução após o implante de uma válvula aórtica por cateter. Este consenso tem a intenção de reduzir as potenciais mortes por transtornos de condução pós-TAVI e, ao mesmo tempo, reduzir os implantes de marca-passo permanentes desnecessários.

Leia mais AQUI

3-ESC 2019 | DAPA-HF: Dapagliflozina mostra benefícios em todos os subgrupos

Segundo este novo trabalho apresentado nas sessões científicas do domingo durante o ESC 2019, realizado em Paris, a Dapagliflozina (um inibidor do cotransportador de glicose 2 ou SGLT2) quando indicada em concomitância com todo o tratamento médico padrão reduz significativamente o risco de piora da insuficiência cardíaca, os eventos cardiovasculares e os sintomas em pacientes com insuficiência cardíaca e função ventricular deteriorada.

Leia mais AQUI

4-Exerce o polímero alguma função nos stents farmacológicos?

O fato de o polímero poder se degradar após a eluição da droga parece uma hipótese interessante quando há alguma evidência de que esse pode produzir inflamação (fundamentalmente infiltração de eosinófilos) com as possíveis consequência de tal fenômeno. No entanto, as teorias aparentemente perfeitas muitas vezes se chocam contra a parede da realidade, e a discussão sobre os polímeros parece ser um desses casos. 

Leia mais AQUI

5-ESC 2019 | Pure: o índice de massa corporal não tem boa correlação com os eventos cardiovasculares

Este estudo populacional concluiu que o risco de mortalidade por qualquer causa diminui com o índice de massa corporal (BMI), mas não necessariamente menos BMI é melhor.

Leia mais AQUI

6-IAMST em dissecções coronarianas: quando devemos tratá-la e quais são os seus resultados?

Geralmente, a dissecção coronariana (DC) é pouco frequente em mulheres jovens e apresenta melhor evolução com tratamento médico. No entanto, em certas ocasiões se associa à elevação do segmento ST. Em tal cenário, a angioplastia com implante de stent é um verdadeiro desafio.

Leia mais AQUI

7-Devem os cardiologistas intervencionistas se envolver no AVC agudo?

Segundo este trabalho realizado em um só centro e publicado no J Am Coll Cardiol Intv, os cardiologistas intervencionistas podem realizar de forma segura e com uma alta probabilidade de sucesso técnico e clínico a revascularização dos AVC agudos. Este avanço dos cardiologistas sobre os neurologistas intervencionistas se deve simplesmente à escassez dos segundos, com a conseguinte impossibilidade de cobrir os 365 dias do ano durante as 24 horas de cada dia. 

Leia mais AQUI

8-ESC 2019 | Complete: a evidência definitiva para infartos com múltiplos vasos

Para os pacientes com um infarto com supradesnivelamento do segmento ST e que além da artéria culpada apresentam outros vasos, a revascularização completa é superior ao tratamento de somente a artéria culpada no que se refere ao desfecho combinado de morte cardiovascular, infarto e revascularização justificada pela isquemia em uma média de seguimento de 3 anos. Esta informação se desprende do estudo randomizado Complete, por muito tempo esperado e finalmente apresentado nas sessões científicas do ESC 2019 (e simultaneamente publicado no NEJM).

Leia mais AQUI

9-O DK CRUSH continua sendo a melhor opção

Na lesão severa da bifurcação do tronco da coronária esquerda (TCE) não protegido a cirurgia continua sendo o tratamento de escolha, mas a angioplastia transluminal coronariana (ATC) tem avançado de forma vigorosa. Isso se deve ao fato de haver um número crescente de pacientes que não podem ser submetidos à cirurgia. Em tal cenário a estratégia ainda não está definida, mas a técnica de DK CRUSH demonstrou ser superior ao stent provisional (PS) em um ano de seguimento, embora não haja informação para além desse prazo.

Leia mais AQUI

10-ESC 2019 | ISAR-REACT 5 | Prasugrel ou ticagrelor na SCA, qual é a melhor opção?

A dupla antiagregação na síndrome coronariana aguda (SCA) demonstrou seu benefício há muito tempo e tanto o prasugrel quanto o ticagrelor proporcionaram melhores resultados que o clopidogrel. No entanto, na atualidade não está claro qual deles é superior a longo prazo, considerando que um começa antes sua ação.

Leia mais AQUI



Gostaria de receber um resumo semanal com os últimos artigos científicos?

Sua opinião nos interessa. Pode deixar abaixo seu comentário, reflexão, pergunta ou o que desejar. Será mais que bem-vindo.

*

Top