AHA 2020 | Efeito do evolocumabe em coronária complexa que requer revascularização

O evolocumabe, um inibidor do PCSK9, mostrou uma significativa redução do risco de desenvolver doença coronariana complexa que requer revascularização (seja angioplastia complexa ou cirurgia de revascularização miocárdica). 

AHA 2020 | Efecto del Evolocumab en coronaria compleja que requiere revascularización

Os inibidores da pró-proteína convertase subtilisina/quexina tipo 9 (PCSK9) induzem regressão das placas e poderiam eventualmente reduzir a necessidade de revascularização, especialmente as revascularizações complexas.  

O estudo FOURIER randomizou 27.564 pacientes com doença coronariana estável sob tratamento com estatinas a evolocumabe vs. placebo. Os pacientes foram seguidos durante uma média de 2,2 anos. 

Um comitê cego revisou e documentou a anatomia coronariana, a necessidade de revascularização e as características do procedimento.

Considerou-se revascularização complexa a combinação de angioplastia complexa (angioplastia em múltiplos vasos, ≥ 3 stents, ≥3 lesões, bifurcações ou um total coberto por stents superior a 60 mm) ou cirurgia de revascularização miocárdica. 


Leia também: AHA 2020 | EMPATROPISM: Empagliflozina em não diabéticos com insuficiência cardíaca.


1724 pacientes requereram revascularização, dentre os quais 1482 foram submetidos a angioplastia, 296 a cirurgia e 54 a ambas. 37% dos pacientes cumpriram o critério de revascularização complexa. 

O evolocumabe reduziu o risco de qualquer revascularização coronariana em 22% (HR 0,78; p < 0,001), a necessidade de uma angioplastia simples em 22% (p < 0,001), a angioplastia complexa em 33% (p < 0,001) e a revascularização complexa em 29% (p < 0,001).

A magnitude do efeito do evolocumabe sobre as revascularizações foi aumentando com o passar do tempo, tendo partido de 20% no primeiro ano e chagando a mais de 40% após os dois anos. 

Conclusão

Acrescentar evolocumabe à terapia com estatinas reduz significativamente a necessidade de novas revascularizações, especialmente as angioplastias complexas e a cirurgia de revascularização miocárdica. 

Descargar (PDF, Unknown)

Título original: Effect of Evolocumab on Complex Coronary Disease Requiring Revascularization.

Referência: Kazuma Oyama et al. J Am Coll Cardiol. 2020 Nov 11;S0735-1097(20)37776-7. doi: 10.1016/j.jacc.2020.11.011. Online ahead of print y presentado simultáneamente en el congreso AHA 2020.


Gostaria de receber um resumo semanal com os últimos artigos científicos?

*

Top