Tag Archives: cirurgia de revascularização miocárdica

TAVI en insuficiencia aórtica pura

O TAVI proporciona melhor qualidade de vida aos pacientes de baixo risco

O TAVI proporciona melhor qualidade de vida aos pacientes de baixo risco

Gentileza do Dr. Carlos Fava. Como todos sabemos, o TAVI está avançando de forma categórica nos pacientes de baixo risco. A novidade é que, além da análise dos eventos mais significativos, também se está estudando cada vez mais intensamente o conforto que o procedimento proporciona, não somente no âmbito hospitalar mas também em um ano. 

Highlights TCT 2019

TCT 2019 | EXCEL: a angioplastia do tronco da coronária esquerda apresenta resultados favoráveis no seguimento de 5 anos

Gentileza do Dr. Carlos Fava. A ATC do tronco da coronária esquerda não protegido (TCE NP) com stents eluidores de droga emergiu como uma estratégia aceitável em um grupo selecionado de pacientes, com resultados comparáveis aos da cirurgia de revascularização miocárdica (CRM) em 2 ou 3 anos. No entanto, para além desse período não dispúnhamos

Tasa de stroke post cirugía vs angioplastia coronaria en un análisis de más de 10.000 pacientes

Os melhores dutos e os melhores cirurgiões para o melhor resultado

A cirurgia de revascularização miocárdica continua sendo uma das estratégias de tratamento mais efetivas para a doença coronariana. Uma das maiores vantagens da cirurgia com relação à angioplastia é a possibilidade de alcançar uma revascularização completa. Isso comprovadamente melhora a sobrevida dos pacientes e reduz a incidência de eventos cardiovasculares. A escolha dos dutos para

ESC 2019 | SYNTAXES: os resultados do SYNTAX após 10 anos de seguimento!

O estudo SYNTAXES (SYNTAX Extended Survival) foi apresentado no ESC 2019 com resultados algo inesperados a favor da angioplastia. Por isso, o SYNTAX continua sendo um dos melhores trabalhos com o qual nós, cardiologistas intervencionistas, contamos. O estudo SYNTAX original testou a mortalidade (desfecho primário) da angioplastia comparada com a cirurgia em pacientes com múltiplos

FFR para guiar la revascularización en SCA

FFR para predizer o resultado das pontes: puro benefício em uma população demasiadamente pura?

As pontes coronarianas anastomosadas a um vaso com FFR (fluxo fracionado de reserva) normal ou quase normal têm menor perviedade após um ano em comparação com as pontes anastomosadas a vasos com lesões funcionalmente significativas demonstradas por FFR. No entanto, o recente estudo FARGO (Fractional Flow Reserve Versus Angiography Randomization for Graft Optimization) não mostrou

Balancear el riesgo de sangrado vs trombótico para definir el tiempo de doble antiagregación

A anticoagulação pode afetar a vida útil das pontes coronarianas?

A estratégia de tratamento antiplaquetária que balanceie de forma ótima o risco trombótico e o de sangramento nos pacientes que são submetidos a cirurgia de revascularização miocárdica não está claro. Entretanto, parece certeiro afirmar que alguma anticoagulação é necessária para evitar a trombose precoce, principalmente no que se refere às pontes venosas. Também devemos considerar

Infartos periprocedimiento em angioplastia vs. em cirurgia do tronco da coronária esquerda

Segundo o estudo EXCEL os infartos periprocedimento foram mais comuns após a cirurgia do tronco da coronária esquerda em comparação com a angioplastia, o que se associou de maneira contundente com um aumento da mortalidade após 3 anos depois do controle de todos os possíveis elementos de confusão. Este aumento da mortalidade foi observado somente

angioplastia a tronco de coronaria izquierda vs cirugia

Surpreendem os dados do EXCEL em diabéticos com lesão de tronco

Neste trabalho – especialmente desenhado para comparar a angioplastia com a cirurgia em pacientes com lesão do tronco da coronária esquerda e um escore de Syntax baixo o intermediário – os eventos após 30 dias e 3 anos dos stents eluidores de everolimus vs. cirurgia de revascularização miocárdica foram consistentes, tanto em pacientes diabéticos como

El uso del ultrasonido intravascular en la angioplastia de tronco no protegido se asocia con mejores resultados en comparación con la angioplastia guiada solo por angiografía.

A angiografia continua sendo o método adequado para a cirurgia

A cirurgia de revascularização miocárdica guiada por fluxo fracionado de reserva (FFR) tem uma taxa de falha das pontes e desfechos clínicos similares a quando é guiada somente por angiografia. O valor do FFR para estimar uma lesão que se encontra em plano de angiografia é indiscutível, mas não podemos fazer a mesma afirmação de

La meseta por la que transcurre la cirugía desde hace varios años

Resultados do MAIN-COMPARE: 10 anos de seguimento para uma rivalidade eterna

A angioplastia e a cirurgia de revascularização miocárdica disputam o tronco da coronária esquerda há muito tempo. Vários podem ser os pontos de vista para os resultados dos estudos. Se para os cirurgiões o tronco da coronária esquerda é cirúrgico (exceto por contraindicação cirúrgica), para os cardiologistas intervencionistas a angioplastia é factível e tem resultados

Top