O dilema da DAPT vs. monoterapia também está presente após a cirurgia

Os pacientes que são submetidos a cirurgia de revascularização miocárdica e recebem alta com um esquema de dupla antiagregação plaquetária (DAPT) com aspirina e clopidogrel se beneficiam com uma redução de eventos cardiovasculares e cerebrovasculares maiores em comparação com aqueles que recebem monoterapia de aspirina. 

doble antiagregación plaquetaria

Além disso, aqueles que recebem DAPT não têm que pagar custos em termos de sangramento. 

Esta informação surge de um registro de mais de 18.000 pacientes recentemente publicado no Journal of the American Heart Association (JAHA). 

Todos os pacientes que foram submetidos a cirurgia de revascularização miocárdica isolada entre 2013 e 2017 foram incluídos neste registro contemporâneo. 60,1% do total recebeu alta com DAPT de clopidogrel e aspirina, ao passo que o resto recebeu somente aspirina. 

Foram feitos múltiplos ajustes para evitar elementos de confusão entre a indicação de DAPT e outras variáveis que poderiam ter afetado os resultados. 

Os pacientes que receberam DAPT mostraram uma menor incidência do desfecho combinado em 6 meses (morte por qualquer causa, infarto do miocárdio, AVC ou revascularização repetida) em comparação com aqueles que receberam somente aspirina (2,9% vs. 4,9%; HR: 0,65; IC 95%: 0,55 a 0,77; p < 0,001). 

A diferença continuou sendo significativa ao considerar cada um dos componentes por separado, isto é, morte por qualquer causa (HR: 0,61; IC 95%: 0,41–0,90), infarto (HR: 0,55; IC 95%: 0,40–0,74) e AVC (HR: 0,58; IC 95%: 0,46–0,74).


Leia também: A infecção primária por COVID-19 protege de possíveis reinfecções?


A incidência de sangramentos maiores não foi distinta entre os que receberam DAPT e monoterapia de aspirina. Tampouco foram observadas diferenças ao analisar múltiplos subgrupos de risco. 

Conclusão

Os pacientes que são submetidos a cirurgia de revascularização miocárdica se beneficiam com o tratamento de 6 meses de DAPT com aspirina e clopidogrel em comparação com aqueles que recebem a prescrição de monoterapia de aspirina. Essa estratégia implicou uma significativa redução de eventos cardiovasculares e cerebrovasculares maiores e não repercutiu negativamente em termos de sangramentos. 

Descargar (PDF, Unknown)

Título original: Dual Antiplatelet Therapy with Clopidogrel and Aspirin Versus Aspirin Monotherapy in Patients Undergoing Coronary Artery Bypass Graft Surgery.

Referência: Jianyu Qu et al. J Am Heart Assoc. 2021 Jun;10(11):e020413. doi: 10.1161/JAHA.120.020413.


Gostaria de receber um resumo semanal com os últimos artigos científicos?

*

Top