Tag Archives: mitraclip

Highlights TCT 2019

TCT 2019 | COAPT em 3 anos: o MitraClip alcançou os objetivos em insuficiência mitral funcional

TCT 2019 | COAPT em 3 anos: o MitraClip alcançou os objetivos em insuficiência mitral funcional

Gentileza da SBHCI. . Os pacientes com insuficiência cardíaca que desenvolvem secundariamente insuficiência mitral por dilatação têm um prognóstico reservado. O estudo COAPT foi feito em 78 centros dos Estados Unidos e Canadá e incluiu pacientes com insuficiência mitral moderada a severa (intensidade 3 ou 4) sintomáticos apesar do tratamento médico ótimo. Foram incluídos 614

La reparación de la válvula mitral con Mitraclip es segura en pacientes de alto riesgo

MitraClip no “mundo real”: evolução a médio prazo

Gentileza do Dr. Carlos Fava. É sabido que os resultados da estratégia edge-to-edge com MitraClip melhoraram, especialmente os resultados imediatos e a curto prazo. Isso se deve fundamentalmente à maior experiência dos operadores e à chegada do eco 3-D. No entanto, não dispomos de trabalhos com seguimento a médio prazo, exceto pelo estudo EVEREST, que

ESC 2019 | MITRA-FR: los resultados a 2 años de uno de los grandes estudios del MitraClip

ESC 2019 | MITRA-FR: os resultados após 2 anos de seguimento de um dos grandes estudos do MitraClip

Os resultados negativos do Mitra-FR após um ano de seguimento propiciaram várias discussões e hipóteses, especialmente após a publicação do COAPT apenas algumas semanas mais tarde. Para o COAPT o MitraClip foi capaz de reduzir as hospitalizações por insuficiência cardíaca bem como a mortalidade por qualquer causa em comparação com somente o tratamento médico ótimo.

MitraClip frecuencia ritmo cardíaco

Podemos resolver a insuficiência mitral residual severa após implante do MitraClip sem cirurgia?

Gentileza do Dr. Carlos Fava. A estratégia “edge-to-edge” com MitraClip demostrou ser efetiva e segura e seus resultados têm melhorado com a maior experiência que os operadores vêm adquirindo nos últimos anos. No entanto, um de seus grandes desafios se apresenta quando após o implante do dispositivo não conseguimos reduzir a insuficiência mitral (IM). Isso

EuroPCR 2019 | COAPT: la reducción de la insuficiencia mitral está asociada a menos hospitalizaciones y muerte

EuroPCR 2019 | COAPT: a redução da insuficiência mitral está associada a menos hospitalizações e menos morte

Esta nova análise nos mostra o mecanismo do benefício com o MitraClip e o grau de redução de insuficiência necessária para causar um impacto. Para além do tipo de intervenção, os pacientes com insuficiência cardíaca e insuficiência mitral secundária apresentam menos intervenções por insuficiência cardíaca, mortalidade por qualquer causa bem como melhora de sua qualidade

MitraClip no “Mundo Real”

Gentileza do Dr. Carlos Fava. A insuficiência mitral (IM) é a valvopatia mais frequente na Europa e nos Estados Unidos, alcançando aproximadamente 10% dos pacientes com mais de 75 anos e implicando uma maior morbidade e mortalidade. O tratamento de escolha é a reparação em vez do implante para manter o aparato subvalvar que contribui

TAVI en bajo riesgo con “cero” mortalidad y “cero” stroke

A importância da etiologia da insuficiência mitral

Gentileza do Dr. Carlos Fava. A etiologia da insuficiência mitral (IM) pode ser primária, orgânica ou degenerativa e secundária ou funcional. Estas duas entidades apresentam uma fisiopatologia diferente. A estratégia para seu tratamento é diferente e na atualidade a terapia edge-to-edge com MitraClip surge como uma alternativa válida nos pacientes de alto risco. Analisaram-se 943

A reparação da valva mitral com MitraClip demonstrou ser factível e segura

A reparação percutânea da valva mitral (TMVR) com o dispositivo MitraClip demonstrou ser factível e segura, constituindo-se em uma opção válida para os pacientes sintomáticos com insuficiência mitral severa com risco proibitivo. Neste estudo, o procedimento alivia os sintomas, a insuficiência cardíaca e tem um potencial benefício sobre o remodelamento ventricular. No entanto, muitos pacientes

La reparación de la válvula mitral con Mitraclip es segura en pacientes de alto riesgo

MitraClip “Off Label” com bons resultados

Gentileza do Dr. Carlos Fava. A insuficiência mitral é a doença valvar mais frequente, chegando a atingir mais de 6% dos idosos a partir de 65 anos. Atualmente, a cirurgia é a estratégia de escolha, sendo o tratamento percutâneo uma alternativa válida.   Na atualidade, não se avaliou qual é a evolução a longo prazo

Top