Válvula Aórtica articles

TAVI en insuficiencia aórtica pura

A durabilidade do TAVI passa a um segundo plano com os resultados do TRANSIT

O registro internacional TRANSIT mostra que é seguro e eficaz tratar as válvulas implantadas por cateter disfuncionais com um segundo TAVI. Este é um achado de crucial importância para a adoção definitiva do TAVI em populações mais jovens e de menor risco.  O implante percutâneo da valva aórtica (TAVI) determinou uma mudança de paradigma no

Incidencia, características y tratamiento de la trombosis valvular post TAVI

TAVI direto vs. pré-dilatação. Simplificar o procedimento tem seus custos?

Simplificar o TAVI tem seus custos? Ao menos para os pacientes de baixo risco incluídos no estudo PARTNER 3 a pergunta seria algo abstrata. A pré-dilatação e o TAVI direto foram igualmente seguros, embora o segundo tenha reduzido o tempo de procedimento e não implicou em maior necessidade de pós-dilatação.  Ambas as estratégias foram virtualmente

TAVI SURAVI

Consenso europeu sobre o manejo antitrombótico no TAVI

Levando em consideração toda evidência controlada e randomizada publicada nos últimos tempos, era imperioso elaborar um documento para atualizar o manejo antitrombótico no TAVI.  Embora as complicações trombóticas e hemorrágicas tenham diminuído ao longo do tempo graças ao aperfeiçoamento da técnica e ao avanço dos dispositivos, ainda podemos considerá-las eventos comuns no implante percutâneo da

Post-dilatación de válvulas autoexpandibles

5 anos da válvula autoexpansível em risco extremo

Os pacientes com estenose aórtica e risco cirúrgico extremo têm uma altíssima mortalidade devido às comorbidades já conhecidas. O benefício a curto prazo do TAVI com a válvula autoexpansível é muito claro e justifica o procedimento nesta população desafiante.  Os idosos com comorbidades que apresentam um risco cirúrgico extremo podem ser candidatos apropriados para o

Síndrome de Hiperperfusión cerebral post-angioplastia carotídea: una complicación prevenible

Embolia silente durante o TAVI: são somente imagens ou podem deteriorar a cognição?

Encontrar novas imagens isquêmicas cerebrais após o implante percutâneo da valva aórtica (TAVI) é quase a regra, especialmente para as válvulas autoexpansíveis. Ditas imagens podem chegar a desaparecer com os meses embora, infelizmente, se associem a uma pequena porém significativa deterioração cognitiva.  A maioria dos pacientes que são submetidos a TAVI desenvolvem lesões cerebrais isquêmicas

infarto peri-procedimiento

Síndromes coronarianas agudas pós-TAVI: qual é sua frequência e malignidade?

Após o implante percutâneo da valva aórtica (TAVI) as síndromes coronarianas agudas são pouco frequentes e em sua maioria se apresentam como eventos sem elevação do segmento ST. Em tal contexto, os poucos casos que apresentam um infarto com elevação do ST têm um mal prognóstico, com aproximadamente 30% de mortalidade em um mês.  Este

Sangrados mayores en pacientes con AAS más rivaroxabán

AAS vs. DAPT pós-TAVI: metanálise de estudos randomizados

A aspirina (AAS) como monoterapia reduz o risco combinado de eventos trombóticos e hemorrágicos em comparação com a dupla antiagregação plaquetária (DAPT) em pacientes submetidos a implante percutâneo da valva aórtica (TAVI). Esta metanálise reproduz os resultados dos estudos randomizados de menor tamanho e não inclui o registo OCEAN-TAVI, o único que por enquanto mostrou

Aspirina o clopidogrel post TAVI: Guías y estudios llenos de contradicciones

Aspirina ou clopidogrel pós-TAVI: guias e estudos cheios de contradições

Há um mês compartilhamos uma metanálise que colocava a aspirina como a melhor opção de antiagregação após o TAVI em comparação com a dupla antiagregação plaquetária de 3 a 6 meses que sugerem as diretrizes.  Naquele momento, a recomendação das diretrizes parecia obsoleta. Vários trabalhos tinham começado a se alinhar com a monoterapia como melhor

Top