Infrapatelar articles

Webinar SOLACI | Angioplastia de Miembros Inferiores.Presentación del Registro LATAM Peripheral.

Veja novamente nosso Webinar sobre Angioplastia de Membros Inferiores. Registro LATAM Peripheral

Veja novamente nosso Webinar sobre Angioplastia de Membros Inferiores. Registro LATAM Peripheral

Veja novamente nosso Webinar sobre “Angioplastia de Membros Inferiores. Registro LATAM Peripheral” em nossa conta do YouTube. 

Subutilización del tratamiento médico en enfermedad vascular periférica

Subutilização do tratamento médico na doença vascular periférica

Menos da metade dos pacientes que são submetidos a uma angioplastia nos membros inferiores recebem alta com tratamento médico ótimo.  Os fatores de risco tradicionais foram preditores de um tratamento mais completo, embora as mulheres e os pacientes com maior risco de trombose ou mais predispostos à perda do membro inferior tenham estado longe de

Diabetes y enfermedad vascular periférica: viejas drogas con nueva evidencia

Diabetes e doença vascular periférica: velhas drogas com nova evidência

Este trabalho recentemente publicado no JAHA mostrou que os pacientes com diabetes mellitus tipo 2 que apresentam doença vascular de membros inferiores se beneficiam com a combinação de cilostazol e clopidogrel.  O tratamento por ao menos 6 meses com 75 mg/dia de clopidogrel e 100 mg/2 vezes por dia de cilostazol reduz significativamente a incidência

balon farmacologico

Balões farmacológicos em isquemia crítica: o paradigma da evidência randomizada vs. os registros

Este trabalho com milhares de pacientes tratados com balões farmacológicos no contexto de uma isquemia crônica de membros inferiores não pôde mostrar a associação entre esses dispositivos e o aumento de mortalidade observado em alguns estudos randomizados.  A evidência a longo prazo de muitíssimos pacientes do mundo real se contrapõe com a dos estudos randomizados,

Nuevas estrategias en el territorio femoropoplíteo

Como dimensionar corretamente os balões na angioplastia infrapatelar?

Diferentemente do que ocorre com as coronárias e com a artéria femoral, a calcificação da camada média das artérias infrapatelares evita o remodelamento positivo e a capacidade para manter o lúmen do vaso.  A perviedade a longo prazo do tratamento endovascular é subótima mesmo com a utilização de balões farmacológicos, dispositivos de aterectomia ou stents. 

ACC 2020 Virtual | VOYAGER PAD: a rivaroxabana supera a aspirina no que se refere à prevenção de eventos

Em pacientes com doença vascular periférica que são submetidos a revascularização, a combinação de rivaroxabana (Xarelto) e baixas doses de aspirina são superiores à somente aspirina para prevenir eventos isquêmicos agudos dos membros inferiores, amputações, eventos cardiovasculares e AVC. Os resultados do VOYAGER PAD se somam aos do COMPASS, mostrando que a combinação de terapias

ACC 2020 Virtual | Sub-análisis del COMPASS: la diabetes aumenta el beneficio del rivaroxaban más AAS

ACC 2020 Virtual | Subanálise do COMPASS: a diabetes aumenta o benefício da rivaroxabana mais AAS

Nos pacientes com doença coronariana ou periférica estável a diabetes aumenta o benefício da combinação de baixas doses de rivaroxabana somada à aspirina vs. somente a aspirina.  Esta análise estava pré-especificada no protocolo do COMPASS e foi apresentada de forma virtual no ACC 2020 e simultaneamente publicada na revista Circulation.  Os pacientes com diabetes mostraram

Los balones farmacológicos pasaron la prueba del tiempo en territorio femoropoplíteo

Balões farmacológicos em território infrapatelar: muito barulho por nada.

A revascularização das artérias tibiais em pacientes com isquemia crítica de membros inferiores utilizando balões farmacológicos vs. angioplastia convencional mostrou resultados comparáveis a longo prazo, tanto em termos de eficiência quanto de segurança.  A exposição ao paclitaxel não se relacionou com um aumento do risco de amputação ou mortalidade por qualquer causa em 5 anos

isquemia crítica de miembros inferiores

Novas diretrizes europeias sobre isquemia aguda de membros inferiores

As diretrizes da prática clínica são sempre tediosas e, francamente, constituem um esforço enorme de muitos para que finalmente sejam cabalmente lidas por muito poucos.  Estas novas diretrizes europeias sobre isquemia aguda de membros inferiores representam um especial esforço de equipe, já que foram incluídos clínicos, cardiologistas, cirurgiões e intervencionistas. Entretanto, o resultado final não

Los balones farmacológicos pasaron la prueba del tiempo en territorio femoropoplíteo

Balões farmacológicos vs. convencionais abaixo do joelho

Esta metanálise é uma atualização sobre o papel dos balões farmacológicos em um território difícil para todas as estratégias: o infrapatelar.  O desfecho primário da metanálise foi a preservação, em período de 12 meses, do membro inferior tratado. Os desfechos secundários incluíram a sobrevida em 12 meses, a sobrevida livre de amputação, a reestenose e

doble antiagregacion plaquetaria sexo

Devemos indicar mais de 6 meses de DAPT na ATP dos membros inferiores

Gentileza do Dr. Carlos Fava. A doença vascular periférica avançada com frequência se associa a eventos cardiovasculares e amputação. Está demonstrado que a antiagregação com apenas uma droga (MAPT), seja ela a AAS ou o clopidogrel, proporciona certo benefício, mas são poucos os dados que temos sobre o papel da dupla antiagregação (DAPT) em tais

Top