Tag Archives: fibrilação atrial

AHA 2020 | RIVER: Rivaroxaban como alternativa a la warfarina en pacientes con fibrilación auricular y protesis mitral biológica

AHA 2020 | RIVER: Rivaroxabana como alternativa à varfarina em pacientes com fibrilação atrial e prótese mitral biológica

AHA 2020 | RIVER: Rivaroxabana como alternativa à varfarina em pacientes com fibrilação atrial e prótese mitral biológica

O rivaroxabana parece ser uma alternativa razoável à varfarina em pacientes com fibrilação atrial e prótese mitral biológica. Estes resultados surgem do estudo RIVER apresentado no congresso AHA 2020 e simultaneamente publicado no NEJM. Depois de 5 anos de acompanhamento, o rivaroxabana alcançou o critério de não inferioridade em relação ao desfecho primário de morte,

ESC 2020 | Guías de Fibrilación Auricular 2020: Novedades sobre diagnóstico, clasificación y tratamiento

ESC 2020 | Diretrizes de Fibrilação Atrial 2020: novidades sobre diagnóstico, classificação e tratamento

As novas diretrizes para o diagnóstico e tratamento da fibrilação atrial (FA) foram apresentadas no Congresso virtual da ESC 2020. Incorporam várias modificações que surgiram dos últimos estudos randomizados e, fundamentalmente, estabelecem uma “virada” em relação a como os médicos de diferentes especialidades devem se manejar e classificar a arritmia após o recente diagnóstico.  As

ESC 2020 | Fibrilación auricular y control del ritmo ¿Una cuestión de tiempo?

ESC 2020 | Fibrilação atrial e controle do ritmo: uma questão de tempo?

Iniciar de maneira rápida a terapia e controlar o ritmo em pacientes com fibrilação atrial de recente diagnóstico reduz o risco de eventos cardiovasculares em comparação com o tratamento usual de controle da frequência.  Estes dados surgem do estudo EAST-AFNET4, recentemente apresentado no ESC 2020 e publicado em simultânea no NEJM.  Os dados sugerem que

ACC 2020 Virtual | POPULAR TAVI: ¿anticoagulación sin clopidogrel post TAVI?

ACC 2020 Virtual | POPULAR TAVI: anticoagulação sem clopidogrel pós-TAVI?

Em pacientes que recebem implante percutâneo da valva aórtica (TAVI) e que ademais requerem anticoagulação por outra indicação (fibrilação atrial, na maioria das vezes), a incidência de sangramentos maiores no período entre 1 mês e 1 ano foi menor naqueles que receberam somente anticoagulação em vez de anticoagulação mais clopidogrel.  O presente trabalho, apresentado nas

¿El alcohol es bueno, malo o neutro para la salud cardiovascular?

Consumo de álcool e fibrilação atrial: mais razões para a moderação

A redução do consumo de bebidas alcoólicas deveria ser parte do “pacote” de recomendações em prevenção secundária e isso não somente pelas artérias mas também porque menos álcool impacta na redução da fibrilação atrial (FA).  A abstenção do consumo de álcool poderia melhorar os sintomas da arritmia e reduzir a chance de recorrência em pacientes

anticoagulated patients that receive angioplasty

Beneficio da anticoagulação em idosos com fibrilação atrial

As diretrizes recomendam a anticoagulação oral para todos os pacientes ≥ 75 anos com fibrilação atrial. Há, no entanto, escassa evidência do benefício clínico específico em idosos.  Este trabalho analisou o benefício clínico específico por toda a vida nos pacientes de mais de 75 anos com fibrilação atrial tratados com varfarina ou apixabana em comparação

Resultados a 5 años del cierre de orejuela

Benefício clínico específico da oclusão do apêndice atrial esquerdo vs. anticoagulação na FA

Esta análise nos mostra que a longo prazo o benefício clínico específico da oclusão do apêndice atrial esquerdo com o dispositivo Watchman é superior ao da varfarina em pacientes com fibrilação atrial (FA). Os riscos periprocedimento iniciais decorrentes do implante do dispositivo são compensados com o tempo com a redução do risco de sangramento e

Highlights TCT 2019

TCT 2019 | AUGUSTUS ACS: Apixabana vs. Varfarina e Aspirina vs. Placebo em FA e SCA

Gentileza da SBHCI. A segurança e eficácia dos tratamentos antitrombóticos e antiplaquetários nos pacientes com fibrilação atrial que estão cursando uma síndrome coronariana aguda (e recebendo tratamento médico ou angioplastia) pode ser diferente do que ocorre com aqueles pacientes que são tratados de maneira eletiva. Os pacientes foram randomizados depois de 14 dias de terem

ESC 2019 | AFIRE: monoterapia de rivaroxabán en fibrilación auricular y enfermedad coronaria estable

ESC 2019 | AFIRE: monoterapia de rivaroxabana na fibrilação atrial e doença coronariana estável

Em pacientes com fibrilação atrial e doença coronariana estável que não foram submetidos a procedimentos de revascularização no último ano, a monoterapia com rivaroxabana é aparentemente a melhor estratégia de tratamento em comparação com o rivaroxabana mais antiagregação plaquetária. Essa é a conclusão do estudo AFIRE, apresentado durante as sessões científicas do ESC 2019 de

Filtros carotídeos permanentes em pacientes com fibrilação atrial.

Esta nova estratégia para diminuir o risco de AVC em pacientes com fibrilação atrial é tecnicamente factível e segura, embora ainda tenha que passar na prova do tempo e superar a evidência que têm, por exemplo, os dispositivos de oclusão do apêndice atrial esquerdo. É bem verdade que uns e outros poderiam ser usados simultaneamente,

Top