Cardiopatia crónica articles

¿Qué usar para medir funcionalmente una lesión coronaria en el contexto de estenosis aórtica severa?

O que usar para medir funcionalmente uma lesão coronariana no contexto de uma estenose aórtica severa?

O que usar para medir funcionalmente uma lesão coronariana no contexto de uma estenose aórtica severa?

Esta análise sistemática mediu a pressão intracoronariana nas diferentes fases do ciclo cardíaco e a velocidade de fluxo em pacientes com estenose aórtica severa e doença coronariana para os quais estava planejado um implante percutâneo da valva aórtica (TAVI). A ideia era conhecer o impacto da estenose aórtica sobre: 1) o fluxo em suas diferentes

El alta en el mismo día luego de una angioplastia coronaria es cada vez más popular pero todavía no es regla

Dar a alta durante o fim de semana pós-cirurgia cardíaca não se associa a reintervenções

Segundo este novo trabalho (que será publicado proximamente no Ann Thorac Surg), dar a alta a um paciente pós-cirurgia cardíaca durante o fim de semana ou feriado não se associa a uma maior taxa de reintervenções em comparação com os pacientes que deixam o hospital durante os dias de semana. Um total de 4.877 pacientes

TCT 2018 | CorMicA trial: función coronaria en pacientes con angina y coronarias normales

TCT 2018 | CorMicA trial: função coronariana em pacientes com angina e coronárias normais

A angina de peito sem estenose nas coronárias epicárdicas é um problema comum e com várias possíveis causas subjacentes. O objetivo principal deste trabalho foi testar a hipótese de que a terapia médica estratificada e guiada por um procedimento diagnóstico intervencionista poderia melhorar os resultados. Os pacientes sem lesões coronarianas e com angina foram imediatamente

Nuevo dispositivo para medición del FFR permite cruzar la lesión con nuestra guía preferida

Segurança de diferir lesões com iFR ou FFR em pacientes estáveis e agudos

Globalmente, diferir lesões para revascularização é seguro tanto com FFR quanto com iFR, associando-se a uma baixa taxa de eventos (de aproximadamente 4%). As lesões foram mais frequentemente diferidas quando se utilizou iFR para a avaliação funcional que quando se utilizou FFR. As lesões diferidas apresentaram significativamente mais eventos nos pacientes agudos que nos crônicos

TCT 2018 | ULTIMATE: Implante de DES guiado por IVUS, para todos los vasos, para todas las lesiones

TCT 2018 | ULTIMATE: Implante de DES guiado por IVUS para todos os vasos e para todas as lesões

O implante de stents farmacológicos guiado por ultrassonografia intravascular coronariana (IVUS) está associado a menos eventos adversos quando o procedimento é guiado somente por angiografia. Isto é bastante claro em determinadas populações (com a angiografia no tronco como paradigma) mas não estava tão claro em populações não selecionadas “all comers”. Foram randomizados 1:1 1.448 pacientes

TCT 2018 | SYNTAXES: el seguimiento a 10 años se puso de moda

TCT 2018 | SYNTAXES: o seguimento de 10 anos virou moda

O estudo SYNTAX teve um seguimento de 5 anos, mas o SYNTAXES (o “ES” de sobrevida estendida) foi especificamente desenhado para conhecer a mortalidade comparativa de ambos os tratamentos (angioplastia ou cirurgia) em 10 anos em pacientes com lesão de três vasos e/ou lesão do tronco da coronária esquerda. Este trabalho comparou retrospectivamente os dados

TCT 2018 | PREPARE-CALC: aterectomía rotacional vs Cutting Balloon en lesiones calcificadas

TCT 2018 | PREPARE-CALC: aterectomia rotacional vs. Cutting Balloon em lesões calcificadas

Comparada com uma pré-dilatação convencional com balão, a aterectomia rotacional se associa a um maior sucesso do procedimento em lesões altamente calcificadas. Os balões com capacidade para modificar a placa como o Flextome Cutting Balloon ou o AngioSculp Scoring Balloon – entre outros – poderiam alcançar resultados similares à aterectomia rotacional, embora não haja estudos

TCT 2018 | OAC-ALONE: solo anticoagulación luego del año de un stent en pacientes fibrilados

TCT 2018 | OAC-ALONE: somente anticoagulação após um ano de um stent em pacientes com fibrilação

Até o momento não havia trabalhos randomizados que tivessem avaliado a anticoagulação oral isolada vs. anticoagulação oral mais antiagregação plaquetária em pacientes com fibrilação atrial um ano depois do implante de um stent no contexto de doença coronariana estável. Esta foi a pergunta que tentou responder este trabalho apresentado no TCT 2018 e publicado simultaneamente

TCT 2018 | FAST-FFR: FFR derivado de la angiografía, sin hiperemia y sin necesidad de cruzar la lesión

TCT 2018 | FAST-FFR: FFR derivado da angiografia, sem hiperemia e sem necessidade de cruzar a lesão

Em todo o mundo, a medição funcional das lesões continua sendo subutilizada, dada a necessidade de hiperemia (pode ser evitada com iFR) e, sobretudo, a necessidade de cruzar a lesão com o cateter-guia para realizar a medição. Ditos guias melhoraram muito, mas estão longe de ter a capacidade de navegar que têm os cateteres “work

Tasa de stroke post cirugía vs angioplastia coronaria en un análisis de más de 10.000 pacientes

Taxa de AVC pós-cirurgia vs. angioplastia coronariana em uma análise de mais de 10.000 pacientes

A taxa de novas revascularizações tem sido, historicamente, o ponto fraco da angioplastia quando comparada à cirurgia: ainda não podemos competir com uma boa ponte mamária esquerda conectada à artéria descendente anterior.   As novas revascularizações são, por sua vez, a debilidade dos desfechos que os trabalhos classicamente avaliam. Vários estudos já nos mostraram que

FUTURE: una piedra en el zapato para el FFR y más preguntas que respuestas

ESC 2018 | FUTURE: uma pedra no sapato para o FFR e mais perguntas que respostas

Como foi observado na análise preliminar que motivou a finalização prematura do estudo FUTURE, o uso de fluxo fracionado de reserva (FFR) para guiar a revascularização em uma população não selecionada com múltiplos vasos se associou ao dobro de mortalidade após um ano, sem benefício em outros desfechos. Embora no desfecho primário combinado de mortalidade

Top