Cardiopatia crónica articles

AHA 2018 | Safenectomía endoscópica en pacientes para cirugía de revascularización miocárdica

AHA 2018 | Safenectomia endoscópica em pacientes para cirurgia de revascularização miocárdica

AHA 2018 | Safenectomia endoscópica em pacientes para cirurgia de revascularização miocárdica

Para aqueles pacientes que forem ser submetidos a revascularização miocárdica, a extração endoscópica das veias safenas em mãos experientes é similar ao método tradicional em termos de eventos segundo este trabalho randomizado apresentado no Congresso da AHA e simultaneamente publicado no NEJM. Este trabalho, chamado REGROUP, pôde demonstrar que os pacientes se recuperam mais rapidamente

Utilidade clínica para tomar decisões com base no FFR derivado da tomografia

Nesta grande população de um registro multicêntrico o FFR derivado da tomografia modificou a recomendação de tratamento em dois terços dos pacientes em comparação com somente a angiografia por tomografia e esteve associado a muito menos angiografias invasivas negativas. Por outro lado, também previu a revascularização e identificou os pacientes de baixo risco. Poder conhecer

Seguridad de combinar los nuevos anticoagulantes y la doble antiagregación

Segurança de combinar os novos anticoagulantes e a dupla antiagregação

A fibrilação atrial é a arritmia mais comum e sua associação com o antecedente de infarto agudo do miocárdio ou angioplastia coronariana é bastante frequente. Segundo este estudo (recentemente publicado no JACC) feito em uma população do mundo real, a combinação de anticoagulantes diretos com dupla antiagregação plaquetária diminui significativamente o risco de sangramento e

La meseta por la que transcurre la cirugía desde hace varios años

O platô no qual se instalou a cirurgia há vários anos e onde se mantém

Muitas esperanças tinham sido colocadas no estudo ARTS; e grande foi a posterior desilusão ao comprovar que não beneficiou com a técnica de dupla mamária sobre uma mamária mais pontes venosas em 10 anos de seguimento. Somente um subestudo do mencionado trabalho pôde mostrar alguma vantagem com as pontes radiais. Similares esperanças foram postas na

perforación coronaria en angioplastia

Manejo prático das perfurações coronarianas

A perfuração coronariana tem uma incidência de 0,5% e está relacionada à ocorrência de 13 vezes mais eventos intra-hospitalares e 5 vezes mais mortalidade em 30 dias. O catastrófico deste evento faz com que seu manejo deva ser um conhecimento indispensável para todos os cardiologistas intervencionistas. Este acidente é mais frequentemente provocado por uma superdilatação

iFR en lesiones no culpables: el momento de la medición parece cambiar la historia

O iFR se consolida para avaliar lesões intermediárias no contexto da estenose aórtica

O que foi um grande vazio durante muito tempo e fez-nos tratar “por via das dúvidas” muitas lesões intermediárias (com a desculpa de que era impossível valorar realmente seu comprometimento funcional e de que caso fosse necessário fazer o tratamento uma vez implantada a válvula seria mais complicado) agora, de repente, começa a ficar claro

¿Qué usar para medir funcionalmente una lesión coronaria en el contexto de estenosis aórtica severa?

O que usar para medir funcionalmente uma lesão coronariana no contexto de uma estenose aórtica severa?

Esta análise sistemática mediu a pressão intracoronariana nas diferentes fases do ciclo cardíaco e a velocidade de fluxo em pacientes com estenose aórtica severa e doença coronariana para os quais estava planejado um implante percutâneo da valva aórtica (TAVI). A ideia era conhecer o impacto da estenose aórtica sobre: 1) o fluxo em suas diferentes

El alta en el mismo día luego de una angioplastia coronaria es cada vez más popular pero todavía no es regla

Dar a alta durante o fim de semana pós-cirurgia cardíaca não se associa a reintervenções

Segundo este novo trabalho (que será publicado proximamente no Ann Thorac Surg), dar a alta a um paciente pós-cirurgia cardíaca durante o fim de semana ou feriado não se associa a uma maior taxa de reintervenções em comparação com os pacientes que deixam o hospital durante os dias de semana. Um total de 4.877 pacientes

TCT 2018 | CorMicA trial: función coronaria en pacientes con angina y coronarias normales

TCT 2018 | CorMicA trial: função coronariana em pacientes com angina e coronárias normais

A angina de peito sem estenose nas coronárias epicárdicas é um problema comum e com várias possíveis causas subjacentes. O objetivo principal deste trabalho foi testar a hipótese de que a terapia médica estratificada e guiada por um procedimento diagnóstico intervencionista poderia melhorar os resultados. Os pacientes sem lesões coronarianas e com angina foram imediatamente

Nuevo dispositivo para medición del FFR permite cruzar la lesión con nuestra guía preferida

Segurança de diferir lesões com iFR ou FFR em pacientes estáveis e agudos

Globalmente, diferir lesões para revascularização é seguro tanto com FFR quanto com iFR, associando-se a uma baixa taxa de eventos (de aproximadamente 4%). As lesões foram mais frequentemente diferidas quando se utilizou iFR para a avaliação funcional que quando se utilizou FFR. As lesões diferidas apresentaram significativamente mais eventos nos pacientes agudos que nos crônicos

TCT 2018 | ULTIMATE: Implante de DES guiado por IVUS, para todos los vasos, para todas las lesiones

TCT 2018 | ULTIMATE: Implante de DES guiado por IVUS para todos os vasos e para todas as lesões

O implante de stents farmacológicos guiado por ultrassonografia intravascular coronariana (IVUS) está associado a menos eventos adversos quando o procedimento é guiado somente por angiografia. Isto é bastante claro em determinadas populações (com a angiografia no tronco como paradigma) mas não estava tão claro em populações não selecionadas “all comers”. Foram randomizados 1:1 1.448 pacientes

Top